O Por Dentro de Minas é um portal de notícias de Belo Horizonte e todo o estado de MG. Últimas notícias, informações em tempo real do trânsito, previsão do tempo, agenda cultural, emprego, colunas, blogs e coberturas especiais.

Mortes por febre amarela em Minas Gerais chega a 61

Já foram confirmados em Minas Gerais 164 casos de febre amarela, sendo a maior em pacientes dos sexo masculino.
Aedes aegypti – Foto: Reprodução

O governo de Minas Gerais divulgou nesta terça-feira (6) o balanço sobre a febre amarela no estado. Neste último informe epidemiológico, o número de morte chega a 61 em Minas.

Ainda conforme o informe, no estado já foram registrados 164 casos de febre amarela, sendo que 151 são de pacientes do sexo masculino, e 13 do sexo feminino.

A febre amarela em Minas Gerais se concentra principalmente na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Região Central, Zona da Mata e o Sul de Minas.

Mortes causa pela febre amarela por número:

  • seis em Nova Lima, na Região Metropolitana;
  • seis em Mariana, na Região Central;
  • três em Belo Horizonte;
  • três em Barão de Cocais, na Região Central;
  • três em Brumadinho, na Região Metropolitana;
  • três em Juiz de Fora, na Zona da Mata;
  • duas em Barra Longa, na Zona da Mata;
  • duas em Caeté, na Região Metropolitana;
  • duas em Conceição dos Ouros, Sul de Minas;
  • duas em Ponte Nova, na Zona da Mata;
  • duas em Porto Firme; na Zona da Mata;
  • duas em Rio Acima, na Região Metropolitana;
  • duas em Rio Preto, na Zona da Mata;
  • uma em Aguanil, Centro-Oeste de Minas;
  • uma em Alvinópolis, na Região Central;
  • uma em Belo Vale, Região Central;
  • uma em Carmo da Mata, no Centro-Oeste;
  • uma em Ervália, na Zona da Mata;
  • uma em Goianá, na Zona da Mata;
  • uma em Itaverava, na Região Central;
  • uma em Mar de Espanha, na Zona da Mata;
  • uma em Maripá de Minas, na Zona da Mata;
  • uma em Mateus Leme, na Região Metropolitana;
  • uma em Ouro Branco; na Região Central;
  • uma em Passa Tempo, no Centro-Oeste;
  • uma em Piranga, na Zona da Mata;
  • uma em Poço Fundo; no Sul de Minas;
  • uma em Presidente Bernardes, na Zona da Mata;
  • uma em Raposos, na Região Metropolitana;
  • uma em Rio Manso, na Região Central;
  • uma em Rio Novo, na Zona da Mata;
  • uma em Santa Bárbara, na Região Central;
  • uma em Santos Dumont, na Zona da Mata;
  • uma em São Tomé das Lestras, na Região Sul;
  • uma em Senhora de Oliveira, na Zona da Mata;
  • uma em Viçosa, na Zona da Mata.
Total
0
Shares

Relacionados