Homem estava foragido deste de 2010 acusado de homicídio.

 

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Uberlândia, localizou e prendeu, na sexta-feira (12), Francisco de Assis Gomes dos Anjos (conhecido como “Deda”), foragido desde 2010, pelo homicídio que vitimou Manoel Erisvaldo Cardoso, crime cometido em Petrolina (PE).

As investigações da PCMG tiveram início no dia 11 de janeiro, após Francisco ter sido conduzido até a Delegacia de Plantão em Uberlândia por agressão contra os enteados. Temendo a reação do envolvido, o qual é agressivo, os adolescentes foram assistidos pelo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e apresentados no dia seguinte na Delegacia de Mulheres.

Policiais civis constataram, então, a existência de um mandado de prisão em desfavor do investigado pelo crime de homicídio, no estado de Pernambuco. Durante interrogatório, Francisco confessou o homicídio. Diante dos fatos, o envolvido foi preso e encaminhado ao Sistema Prisional, encontrando-se à disposição da Justiça.

A Delegada responsável pelo caso, Alessandra Rodrigues Cunha, ressaltou que, em prosseguimento às oitivas em cartório, foi apurado que a vítima adolescente, atualmente com 14 anos, vinha sendo abusada sexualmente pelo padrasto desde os 13 anos. “O investigado irá responder por estupro de vulnerável e será providenciada a representação de sua prisão preventiva”, informou a Delegada.

Participaram também das investigações/prisão os Delegados Rafael Herrera e Eduardo Lemos, o subinspetor Sérgio Adriano e os investigadores Alexandre Nonaka, Flávia Stoque e Ana Laura.

comentários