Redes Sociais

Últimas Notícias

Polícia Civil indicia dois suspeitos por estupro ocorrido durante congresso em Bom Despacho

• atualizado em 21/12/2018 às 14:57

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu o inquérito que investigou o caso de estupro de uma jovem, de 19 anos, em um congresso, na cidade de Bom Despacho, no Centro-Oeste do Estado, no dia 4 de junho deste ano.

Dois suspeitos foram indiciados pelo crime de estupro de vulnerável em concurso de pessoa, ou seja, os dois suspeitos podem responder pelo crime, e assédio sexual (Art. 217 do Código Penal combinado com Art. 216).

A vítima registrou a denúncia, no dia 8 de junho, em Belo Horizonte, onde o inquérito foi instaurado, no mesmo dia. A Polícia Civil pediu, na mesma data, a prisão preventiva de dois suspeitos à Justiça.

Durante as investigações, com base no depoimento dos suspeitos, da vítima e de testemunhas, além de outros procedimentos investigativos, ficou evidenciada a participação de dois homens, um de 24 anos e outro de 25, no crime de estupro.

O caso segue em segredo de Justiça, motivo pelo qual os nomes dos indiciados não podem ser divulgados. A Polícia Civil não encontrou indícios de envolvimento de um dos investigados, que não está entre os indiciados nesse caso. O inquérito relatado foi encaminhado nesta segunda-feira, 4 de julho, ao Fórum de Belo Horizonte.

Para ler mais notícias do Por Dentro de Minas, clique em noticias.pordentrodeminas.com.br. Siga também o Por Dentro de Minas no Twitter e Facebook e pelo RSS.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Duas pessoas morrem em acidente com ônibus na BR-146 em MG

Ônibus fazia o transporte clandestino. Ele perdeu o freio e tombou na pista

Ônibus tombou na na BR-146, em Serra do Salitre — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

Um acidente envolvendo um ônibus que transportava passageiros de Maceió (AL) para São Paulo (SP) durante a madrugada deste domingo, 20, deixou um jovem de 20 anos e uma mulher de 46 anos mortos na altura do km 87, da BR-146, em Serra do Salitre, Alto Paranaíba.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ônibus fazia o transporte clandestino de 48 passageiros e contava com dois motoristas perdeu o freio e tombou na pista.

Cinco pessoas foram socorridas com ferimentos leves para o hospital da cidade. Os passageiros que não se feriram foram levados para o ginásio poliesportivo da cidade até que cada um possa ser encaminhado para a cidade de origem ou consiga seguir viagem.

Continua lendo

Últimas Notícias

Trabalhador terceirizado morre ao cair do prédio da Defensoria Pública, em BH

Vítima era funcionário de uma empresa prestadora de serviços de limpeza e manutenção em fachadas

Foto: Reprodução/Google Street View

Um trabalhador terceirizado de 58 anos morreu durante o inicio da tarde deste sábado, 19, após cair do prédio da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais, no bairro de Lourdes, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Conforme o Corpo de Bombeiro, o acidente ocorreu por volta das 13h30. O homem era funcionário de uma empresa prestadora de serviços de limpeza e manutenção em fachadas. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Peritos da Polícia Civil estiveram no local para apurar as causas do acidente. O resultado da perícia deve ficar pronto em 30 dias.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para ser submetidos a exames que podem ajudar a esclarecer o acidente.

Continua lendo

Últimas Notícias

Polícia prende 11 pessoas durante operação em Uberaba

Um suspeito encontra-se foragido e está sendo procurado

Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) participou, nesta quinta-feira (17), da Operação “Retorno” em conjunto com as forças de segurança que compõem o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em Uberaba. Ao todo, foram cumpridos oito mandados de prisão, sendo cinco contra investigados que estavam em liberdade e três em desfavor de pessoas que já estavam detidas no Sistema Prisional por outros delitos. Um suspeito encontra-se foragido e está sendo procurado.

Outras três prisões em flagrante foram efetuadas no curso da operação, duas por tráfico de drogas e uma por posse ilegal de munição calibre 9mm. A ação policial é um desdobramento da Operação “Dilúvio”, resultante de provas que foram compartilhadas com a Polícia Civil, a qual realizou diligências adicionais e conseguiu os mandados de prisão preventiva junto à Justiça em Uberaba.

A quadrilha investigada é especializada em roubos de veículos, inclusive é acusada de orquestrar e executar um roubo de um carro sedan de luxo ocupado por mulheres indefesas. O veículo teria sido utilizado em pelo menos mais uma ocorrência, o roubo de uma caminhonete de luxo.

“Retorno” refere-se ao retorno da prova produzida durante a Operação “Dilúvio”, ao retorno das operações conjuntas das forças de segurança e o retorno de pessoas perigosas à prisão.

Continua lendo