Dilma encontra Mark Zuckerberg



A presidente Dilma Rousseff se reuniu nesta sexta-feira (10) com o criador e presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, na Cidade do Panamá, onde ela participa da VII Cúpula das Américas. O encontro ocorreu em um hotel na capital do país.

A presidente mantém perfil na rede social e, em sua página, também publicou foto com o norte-americano. No texto, intitulado “Face to face”, Dilma citou o encontro e afirmou que ele também participou da cúpula internacional voltada a empresários.

Após o encontro, Dilma afirmou ter encaminhado “importante parceria” com o Facebook para que a população tenha acesso a serviços públicos por meio da rede social – ela, porém, não especificou quais seriam os serviços.

“O Facebook já tem uma parceria em Heliópolis [SP] e este é um exemplo do modelo que nós pretendemos adotar. Nós, a partir de agora, vamos fazer isso em conjunto, até que, quando chegar em junho, nós possamos desenhar um projeto comum cujo objetivo seja a inclusão digital. Mas não é inclusão digital pela inclusão digital, é inclusão digital que possa garantir acesso à educação, à saúde, à cultura à tecnologia”, disse.

“Nós precisamos olhar para alguns instrumentos para isso e consideramos o Facebook um recurso”, completou.

Na última segunda (7), ao lançar ações de combate à violação de direitos humanos na internet, a presidente afirmou que as redes sociais têm sido usadas como “palco” para publicação de mensagens de preconceito e discriminação.

A cúpula

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o tema da Cúpula das Américas deste ano será “Prosperidade com Equidade: o desafio de cooperação nas Américas”. O Itamaraty informou também que este tema reflete a “preocupação” dos países com a cooperação para o desenvolvimento e a inclusão social no continente.

Conforme a agenda oficial de Dilma, divulgada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência, ela ainda se reunirá nesta sexta com os presidentes da Colômbia, Juan Manuel Santos, e da Argentina, Cristina Kirchner, além do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon.

A cerimônia de abertura da cúpula ocorrerá na noite desta sexta, no Centro de Convenções Atlapa, na Cidade do Panamá. Após o evento, no qual Dilma não deverá discursar, a presidente seguirá para o Complexo Monumental de Panamá La Vieja, onde o presidente do país, Juan Carlos Varela Rodrigues, oferecerá jantar aos chefes de Estado e de governo que participarão da cúpula.

Total
0
Shares

Relacionados
Total
0
Share