Redes Sociais

Educação

Escola de Brumadinho é a vencedora do programa ambiental “Minha Galera faz Eco”

Iniciativa da Coca-Cola FEMSA Brasil teve, entre os finalistas, instituições de ensino públicas das cidades de Brumadinho, Itabirito, Moeda e Nova Lima.

Os estudantes da Escola Municipal Maria Solano Menezes Diniz, de Brumadinho (MG), foram os vencedores da primeira edição do programa ambiental “Minha Galera faz Eco”, promovido pela Coca-Cola FEMSA Brasil. O evento de premiação foi realizado ontem (29 de junho), em Nova Lima (MG), e teve a participação de 132 alunos de cinco escolas finalistas, que apresentaram seus projetos para uma banca examinadora composta por profissionais da área de sustentabilidade.

O projeto vencedor, denominado “Sustenta Já”, elaborado por alunos do 8º e 9º anos do ensino fundamental da escola Maria Solano Menezes Diniz, consistiu na elaboração de um sistema de captação de água da chuva para reaproveitamento na comunidade do Tejuco, que sofre com a crise hídrica e também com a poluição dos rios da região. O primeiro passo dos estudantes foi conscientizar os moradores do Tejuco sobre a gravidade do problema de falta de água e a necessidade do uso responsável. Posteriormente, os jovens apresentaram à comunidade o projeto de recolhimento de água da chuva com materiais de baixo custo instalados nas calhas dos telhados das casas.

De acordo com a diretora da escola, Marcellia de Deus, o objetivo agora é mobilizar mais pessoas e levar o projeto para outras comunidades da região. “Nós acreditávamos muito no projeto, pois ele era de baixo custo e com uma grande porcentagem de aplicabilidade. A princípio, pensamos na necessidade da comunidade do Tejuco, que enfrenta uma grande escassez de água na seca e, na época de chuva, ela ficava barrenta e imprópria para o consumo. Assim, com um projeto simples, mas eficaz, conseguimos suprir as necessidades da população. Implantamos em duas residências do povoado e ficamos impressionados com a receptividade da família”, declara.

Em relação à participação no “Minha Galera Faz Eco”, a diretora revela que os alunos foram muito empenhados e participaram o tempo todo das atividades, inclusive na parte prática. “Eles estavam muito motivados, montaram protótipos, foram às residências. Por isso, essa premiação foi recebida com muita alegria por todos nós. A nossa meta é convidar toda a comunidade para conhecer o projeto, que está montado na escola, e replicar a informação de que com menos de R$ 100 é possível adquirir o material. Além disso, como o Plano Diretor da cidade de Brumadinho está sendo revisado, queremos sugerir a inclusão de calhas nas casas dos povoados da comunidade rural para auxiliar na captação da água da chuva”, acrescenta Marcellia.

Durante o evento de premiação, o gerente de Assuntos Corporativos da Coca-Cola FEMSA Brasil, Rodrigo Simonato, destacou que a iniciativa da empresa tem o objetivo de disseminar a importância da preservação ambiental entre os jovens estudantes, além de fomentar a educação sustentável. “A participação e o engajamento dos professores, estudantes e comunidades foram fundamentais para o sucesso do programa”, afirmou.

Todos os cinco projetos ambientais finalistas —de escolas públicas das cidades de Brumadinho, Itabirito, Moeda e Nova Lima— receberam R$ 1 mil para aplicarem em seus projetos. Além disso, a escola campeã vai receber, como prêmio, um passeio em um parque ecológico da região.

A primeira edição do “Minha Galera faz Eco” foi focada em projetos relacionados ao tema “Água”. Os estudantes desenvolveram cases com o objetivo de gerar benefícios diretos ao meio ambiente – incluindo questões de economia, reutilização ou recuperação de fontes de água – com impactos positivos na comunidade, município ou Estado. Eles contaram com um tutor on-line, que respondeu as dúvidas e deu suporte ao desenvolvimento dos projetos, oferecendo base pedagógica voltada à conservação ambiental e ao tema (artigos, reportagens, vídeos, fotos e links).

Banca examinadora

Os projetos finalistas foram avaliados pela especialista em recuperação de águas e rios urbanos Stela Goldstein, pelo gerente de Águas da The Nature Conservance (TNC), Gilberto Tiepolo, pelo especialista em meio ambiente Gilberto Souza, pela gerente de recursos humanos Anna Paola Comini e pelo gerente de assuntos corporativos Rodrigo Simonato.

Para ler mais notícias do Por Dentro de Minas, clique em noticias.pordentrodeminas.com.br. Siga também o Por Dentro de Minas no Twitter e Facebook e pelo RSS.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Estácio abre processo seletivo para o Mega Vestibular

Grande chance de realizar o sonho de fazer sua faculdade em 2019 com bolsas de estudo e isenção de taxa de inscrição

As inscrições para o Mega Vestibular 2019.1 da Estácio já estão abertas e podem ser feitas por meio do site //portal.estacio.br/megavestibular. O vestibular, com inscrição gratuita, acontecerá em 19 de janeiro, próximo sábado, às 10, 12, 14 e 16h em todas as modalidades (presencial e EaD) e, por isso, basta os interessados selecionarem o campus, o curso, a modalidade e o horário de sua prova. Poderá participar do vestibular qualquer pessoa interessada em ingressar no ensino superior que já possua comprovante e/ou declaração de conclusão do Ensino Médio.

Quem realizar o Mega Vestibular e efetuar o pagamento da matrícula no ato garantirá desconto de 50% durante o primeiro semestre. Além disso, os candidatos com as melhores notas no vestibular (em cada cidade) ganharão bolsas de estudo de 100% durante o primeiro semestre (consulte informações no regulamento). Em caso de empate nas notas, a bolsa será atribuída ao estudante que se classificou no vestibular mais antigo da Estácio, é que a instituição conta várias datas até o término das inscrições para o 1º período de 2019. Somente terão acesso aos benefícios aqueles que realizarem o pagamento do boleto de confirmação de matrícula no dia da ação. Os pagamentos poderão ser realizados na hora, com cartão de débito ou crédito nas unidades participantes ou via boleto, no mesmo dia.

Para portadores de diploma de ensino superior e para aqueles que fizeram o Enem e desejam ingressar na Estácio, não é preciso prestar o vestibular. Nesse caso, basta comparecer em uma unidade munido do boletim (com nota acima de 300 na redação e no mínimo 100 em cada uma das provas objetivas do exame) e cópias e originais do RG, CPF, comprovante de residência, histórico de conclusão do Ensino Médio e diploma para quem já fez a primeira graduação.

Sobre a Estácio

A Estácio, um dos maiores e mais respeitados grupos do setor educacional do Brasil, atua há 48 anos no segmento de ensino superior. Presente em 23 estados e no Distrito Federal, por meio do ensino presencial, e em todo o Brasil com o EaD, conta com mais de 500 mil alunos matriculados. Atuante em projetos que contribuem para o desenvolvimento social e cultural do País, a Estácio promove o Programa de Responsabilidade Social Corporativa Educar para Transformar. O programa, que apoia iniciativas em cinco pilares – Esporte, Escola, Cidadania, Cultura, Inovação e Empreendedorismo – reflete o compromisso do Grupo Estácio de oferecer uma educação acessível e de qualidade e, assim, gerar um impacto positivo para a construção de uma sociedade mais justa.

Continua lendo

Enem

Inep divulga resultado do Enem

Resultados podem ser conferido pelo site do INEP

• atualizado em 18/01/2019 às 10:46

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão disponíveis na internet, na Página do Participante e no aplicativo oficial do Enem. Mais de 4,1 milhões de estudantes podem acessar o resultado individual em cada uma das provas: linguagens, ciências humanas, ciências da natureza, matemática e redação.

Para acessar os resultados individuais, é preciso usar a senha criada na hora da inscrição. Caso o participante não se lembre da senha, basta clicar no campo Esqueci minha senha. O estudante deverá, então, confirmar o e-mail cadastrado no sistema para receber uma senha temporária. Quem esqueceu a senha e também não tem acesso ao e-mail cadastrado tem a opção de informar novos contatos para receber a senha temporária.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgará no dia 18 de março o espelho da redação, ou seja, detalhes da correção dessa prova. Isso é feito após os processos seletivos dos programas federais. A correção tem função apenas pedagógica e não é possível interpor recurso.

A nota dos treineiros, aqueles que ainda não concluíram o ensino médio e fizeram a prova apenas para testar os conhecimentos, também será divulgada no dia 18 de março.

O Enem foi aplicado nos dias 4 e 11 de novembro de 2018. Desde o dia 14 de novembro, estão disponíveis as provas e os gabaritos oficiais. Também estão disponíveis vídeos com os enunciados e as opções de respostas da videoprova na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O que fazer com as notas?
Com os resultados, os estudantes poderão concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O primeiro processo que terá as inscrições abertas é o Sisu. Para participar é preciso fazer a inscrição online no período de 22 a 25 de janeiro. Os estudantes já podem consultar, na página do programa as vagas disponíveis. São mais de 235,4 mil, distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país. As inscrições para o ProUni poderão ser feitas de 22 a 25 de janeiro e, para o Fies, de 5 a 12 de fevereiro.Além dos programas nacionais, os estudantes podem usar as notas para cursar o ensino superior em Portugal. O Inep tem convênio com 37 instituições portuguesas. A lista está disponível na página da autarquia. Segundo o Inep, atualmente mais de 1,2 mil brasileiros usaram o Enem para ingressar nessas instituições.

Continua lendo

Educação

Cursos Técnicos do SENAI estão com matrículas abertas

São mais de 6 mil vagas e 30 cursos em 67 municípios em Minas

As matrículas para as mais de seis mil vagas para os cursos técnicos do SENAI em Minas Gerais estão abertas até o dia 01/02. No total serão mais de 30 cursos ofertados em 67 municípios no estado. O processo de inscrição deve ser realizado no site da instituição. O edital com a lista completa de cursos, vagas disponíveis e valores das mensalidades para cada município, dentre outras informações, estão disponíveis no site //www.senaimg.com.br/.

Os cursos têm duração entre seis e dezoito meses. Para se inscrever, o candidato deve estar matriculado ou ter concluído o Ensino Médio ou o EJA – Educação de Jovens e Adultos (nível médio) ou ainda ter sido aprovado parcialmente no Exame de Massa de Nível Médio.

Além disso, não existe prova de seleção. Os candidatos inscritos dentro do limite de vagas ofertadas serão classificados, mediante a comprovação dos pré-requisitos de escolaridade.

Cursos técnicos do SENAI 
Inscrições: 
até 01/02/2019
Informações: www.senaimg.com.br
Matrícula com valor único de R$ 199,00 para alunos novatos
O investimento das mensalidades dos cursos variam de R$ 300 a R$550 

Continua lendo