Redes Sociais

Educação

Escola de Brumadinho é a vencedora do programa ambiental “Minha Galera faz Eco”

Iniciativa da Coca-Cola FEMSA Brasil teve, entre os finalistas, instituições de ensino públicas das cidades de Brumadinho, Itabirito, Moeda e Nova Lima.

Os estudantes da Escola Municipal Maria Solano Menezes Diniz, de Brumadinho (MG), foram os vencedores da primeira edição do programa ambiental “Minha Galera faz Eco”, promovido pela Coca-Cola FEMSA Brasil. O evento de premiação foi realizado ontem (29 de junho), em Nova Lima (MG), e teve a participação de 132 alunos de cinco escolas finalistas, que apresentaram seus projetos para uma banca examinadora composta por profissionais da área de sustentabilidade.

O projeto vencedor, denominado “Sustenta Já”, elaborado por alunos do 8º e 9º anos do ensino fundamental da escola Maria Solano Menezes Diniz, consistiu na elaboração de um sistema de captação de água da chuva para reaproveitamento na comunidade do Tejuco, que sofre com a crise hídrica e também com a poluição dos rios da região. O primeiro passo dos estudantes foi conscientizar os moradores do Tejuco sobre a gravidade do problema de falta de água e a necessidade do uso responsável. Posteriormente, os jovens apresentaram à comunidade o projeto de recolhimento de água da chuva com materiais de baixo custo instalados nas calhas dos telhados das casas.

De acordo com a diretora da escola, Marcellia de Deus, o objetivo agora é mobilizar mais pessoas e levar o projeto para outras comunidades da região. “Nós acreditávamos muito no projeto, pois ele era de baixo custo e com uma grande porcentagem de aplicabilidade. A princípio, pensamos na necessidade da comunidade do Tejuco, que enfrenta uma grande escassez de água na seca e, na época de chuva, ela ficava barrenta e imprópria para o consumo. Assim, com um projeto simples, mas eficaz, conseguimos suprir as necessidades da população. Implantamos em duas residências do povoado e ficamos impressionados com a receptividade da família”, declara.

Em relação à participação no “Minha Galera Faz Eco”, a diretora revela que os alunos foram muito empenhados e participaram o tempo todo das atividades, inclusive na parte prática. “Eles estavam muito motivados, montaram protótipos, foram às residências. Por isso, essa premiação foi recebida com muita alegria por todos nós. A nossa meta é convidar toda a comunidade para conhecer o projeto, que está montado na escola, e replicar a informação de que com menos de R$ 100 é possível adquirir o material. Além disso, como o Plano Diretor da cidade de Brumadinho está sendo revisado, queremos sugerir a inclusão de calhas nas casas dos povoados da comunidade rural para auxiliar na captação da água da chuva”, acrescenta Marcellia.

Durante o evento de premiação, o gerente de Assuntos Corporativos da Coca-Cola FEMSA Brasil, Rodrigo Simonato, destacou que a iniciativa da empresa tem o objetivo de disseminar a importância da preservação ambiental entre os jovens estudantes, além de fomentar a educação sustentável. “A participação e o engajamento dos professores, estudantes e comunidades foram fundamentais para o sucesso do programa”, afirmou.

Todos os cinco projetos ambientais finalistas —de escolas públicas das cidades de Brumadinho, Itabirito, Moeda e Nova Lima— receberam R$ 1 mil para aplicarem em seus projetos. Além disso, a escola campeã vai receber, como prêmio, um passeio em um parque ecológico da região.

A primeira edição do “Minha Galera faz Eco” foi focada em projetos relacionados ao tema “Água”. Os estudantes desenvolveram cases com o objetivo de gerar benefícios diretos ao meio ambiente – incluindo questões de economia, reutilização ou recuperação de fontes de água – com impactos positivos na comunidade, município ou Estado. Eles contaram com um tutor on-line, que respondeu as dúvidas e deu suporte ao desenvolvimento dos projetos, oferecendo base pedagógica voltada à conservação ambiental e ao tema (artigos, reportagens, vídeos, fotos e links).

Banca examinadora

Os projetos finalistas foram avaliados pela especialista em recuperação de águas e rios urbanos Stela Goldstein, pelo gerente de Águas da The Nature Conservance (TNC), Gilberto Tiepolo, pelo especialista em meio ambiente Gilberto Souza, pela gerente de recursos humanos Anna Paola Comini e pelo gerente de assuntos corporativos Rodrigo Simonato.

Para ler mais notícias do Por Dentro de Minas, clique em noticias.pordentrodeminas.com.br. Siga também o Por Dentro de Minas no Twitter e Facebook e pelo RSS.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Inscrições abertas para o Mestrado em Biotecnologia da Funed

Mestrado tem como área de concentração a Biotecnologia em Saúde e é constituído por duas linhas de pesquisa

Estão abertas as inscrições para a primeira turma do Mestrado Profissional em Biotecnologia da Fundação Ezequiel Dias (Funed). As aulas iniciarão em março de 2019 e serão ofertadas 15 vagas aos profissionais com nível superior completo, conforme disponibilidade dos orientadores do Programa. As inscrições para o processo seletivo podem ser feitas até às 16h do dia 1º de fevereiro, horário de Brasília.

O Programa visa promover a formação de recursos humanos qualificados para atuação em setores produtivos, empresas de base biotecnológica e instituições de ciência e tecnologia, contribuindo para o desenvolvimento de produtos, processos e novas técnicas de análise e diagnóstico de base biotecnológica.

O Mestrado tem como área de concentração a Biotecnologia em Saúde e é constituído por duas linhas de pesquisa: 1- Bioprodutos e 2- Bioensaios. As inscrições podem ser feitas, gratuitamente, pessoalmente ou enviadas pelos correios para o endereço informado no edital.

O processo seletivo será composto por três etapas. A primeira inclui o deferimento das inscrições, com a verificação da documentação completa e que atenda a todas as especificações do Edital. A segunda é composta por prova de conhecimentos específicos, de caráter eliminatório e classificatório. A prova será baseada em artigo científico em inglês e terá duração de 4 horas, sendo realizada na data prevista no cronograma (calendário do processo seletivo). A terceira etapa consiste na análise de currículo, de caráter apenas classificatório.

Acesse o edital completo do processo seletivo e confira aqui outras informações sobre o Mestrado Profissional em Biotecnologia da Funed.

Continua lendo

Educação

Unimontes abre inscrições para o processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada

Processo oferta 1.169 vagas e contempla 49 cursos regulares de graduação ministrados no campus e nos campi da Universidade

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), no âmbito da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), e demais instituições públicas de ensino superior do país, começam nesta terça-feira (22/1).

A Unimontes, atualmente, oferece 1.169 vagas em por meio SiSU. O Edital do Processo Seletivo 01/2019 também está disponível no site www.sisu.unimontes.br.

A seleção contempla 49 cursos regulares de graduação ministrados no campus-sede e nos campi de Almenara, Brasília de Minas, Espinosa, Janaúba, Januária, Paracatu, Pirapora, Salinas, São Francisco e Unaí – além do núcleo de Pompéu.

Deste total de vagas, 566 são para a categoria de “Ampla Concorrência” (ou Sistema Universal). As outras 603 são ofertadas pelo sistema de reserva de vagas, em consonância com a Lei Estadual, onde se lê: 234 vagas para negros – egressos de escola pública/carente; 234 vagas para egressos de escola pública/baixa renda; 49 para pessoas com deficiência; e 49 vagas para indígenas – egressos de escola pública.

Inscrição

O interessado deverá acessar o site específico do Ministério da Educação, no endereço eletrônico www.sisualuno.mec.gov.br. É necessário utilizar o número de inscrição e a senha utilizada no Enem/2018. Cada pessoa pode escolher até duas opções de curso.

O prazo encerra-se na próxima sexta-feira (25/1), às 23h59, somente pela Internet. O acesso à Unimontes pelo SiSU é feito com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio, que foram divulgadas no último dia 18 e podem ser consultadas neste link.

No sítio eletrônico, o estudante deverá informar o CPF e a senha pessoal. O candidato não pode ter “zerado” a redação para participar do processo de seleção do SiSU.

Cronograma

O resultado da Chamada Regular 1ª chamada será divulgado em 28 de janeiro. A matrícula on-line para a 1ª Chamada será efetuada entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro. Já a efetivação da matrícula deverá ser feita presencialmente, entre os dias 26 a 28 de fevereiro, com a entrega da documentação exigida no Edital 01/2019.

Importante ressaltar, ainda, que os candidatos do sistema de reserva de vagas deverão protocolar a documentação para comprovar as questões socioeconômicas entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro, na secretaria geral do campus-sede ou nas secretarias setoriais dos demais campi, tendo como referência o local em que o curso pleiteado é oferecido.

A manifestação para fazer parte da lista de espera – 2ª Chamada – deverá ser feita entre os dias 28 de janeiro e 4 de fevereiro.

Continua lendo

Educação

Sisu começa a receber inscrições de estudantes

Inscrição é feita exclusivamente pela interne no site do Sisu com o número de inscrição e senha do Exame Nacional do Ensino Médio

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abriu inscrições para cursos de graduação em universidades públicas de todo o país. O período de inscrição vai de terça-feira, 22, até a próxima sexta, 25. Esta edição, a primeira de 2019, vai oferecer 235.461 vagas, distribuídas em 129 instituições de educação superior. A inscrição é feita exclusivamente pela internet, devendo o candidato acessar a página eletrônica do Sisu com o número de inscrição e senha do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Por intermédio do Sisu, universidades públicas oferecem vagas em cursos de graduação aos estudantes que fizeram o Enem 2018 e tiveram nota superior a zero na prova de redação. Ao se inscrever, o candidato deve fazer até duas opções de curso, especificando, em ordem de preferência, a instituição de educação superior pretendida, local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência. Também pela página do Sisu na internet é possível ao candidato acompanhar a inscrição, ter acesso às classificações parciais e notas de corte, ver o resultado final e a lista de aprovados. Outra opção é baixar o aplicativo do Sisu, disponível para Android e IOS.

O resultado dessa etapa será divulgado em 28 de janeiro e os estudantes selecionados terão de 30 de janeiro até 4 de fevereiro para realizar a matrícula junto à instituição. Este processo é feito diretamente com a universidade; assim, é importante ficar atento aos dias, horários e locais de atendimento definidos pelas instituições. Essas informações estão disponíveis nos respectivos editais.

Espera – os candidatos ao Sisu que não tiverem sido selecionados na chamada regular podem ingressar na lista de espera, cujo prazo de inscrição vai de 28 de janeiro a 4 de fevereiro. Já a convocação dos candidatos da lista de espera acontece a partir de 7 de fevereiro.

A partir desta edição, candidatos selecionados na chamada regular, em primeira ou segunda opção, não poderão mais participar da lista de espera. Outra novidade é que os candidatos não selecionados na chamada regular poderão escolher, para a lista de espera, a primeira ou a segunda opção informada no período da inscrição. Antes era possível apenas a primeira opção.

Continua lendo