Mineiro condenado por matar homem é extraditado de Portugal

Vítima foi morta em razão de desentendimento pela utilização de uma máquina de música
Mineiro condenado por matar homem é extraditado de Portugal - Foto: Divulgação/PF
Mineiro condenado por matar homem é extraditado de Portugal – Foto: Divulgação/PF


Um homem, de 37 anos, natural de Ipatinga, no Vale do Rio Doce, condenado por homícidio foi extraditado de Portugal e desembarcou nesta sexta-feira (9) no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins.

O homem foi preso em solo lusitano em 12 de setembro do ano passado após publicação de alerta na difusão vermelha da Interpol. Ele foi condenado pelo Tribunal do Júri e sentenciado pelo juízo da 2° Vara Criminal de Ipatinga/MG a 14 anos de prisão.

O homicídio ocorreu em um bar na cidade de Ipatinga no dia 8 de julho de 2012. O preso desferiu facadas nas costas da vítima em razão de desentendimento pela utilização de uma máquina de música.

Após regular tramitação do processo de extradição para o Brasil, formalizado pelo juízo de Ipatinga, o pedido foi concedido pelas autoridades portuguesas e executado por policiais federais brasileiros, que desembarcaram hoje no Aeroporto Internacional em Confins.

O preso será custodiado no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, onde permanecerá à disposição da Justiça Mineira.

Comentários
Total
0
Shares

Relacionados
Total
0
Share