O Por Dentro de Minas é um portal de notícias de Belo Horizonte e todo o estado de MG. Últimas notícias, informações em tempo real do trânsito, previsão do tempo, agenda cultural, emprego, colunas, blogs e coberturas especiais.
Seguir

Suspeito de participação de tortura casal de PMs em Igarapé é preso

Três suspeitos do crime contra casal de PMs foram mortos
Carro da mulher foi usado na fuga e em seguida incendiado - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Carro da mulher foi usado na fuga e em seguida incendiado – Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Polícia Civil prendeu um homem de 22 anos, suspeito de ter participado da tortura a um casal de policiais militares em um sítio de Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O crime aconteceu no início do ano passado.

Segundo a Polícia Civil, a prisão ocorreu na última quinta-feira (18) pela 1ª Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) com apoio da Delegacia Regional em Juiz de Fora.

O crime

O coronel reformado Alex de Melo, de 50 anos, e a cabo Raiana Rodrigues Figueiredo, de 34, foram baleados e torturados no sítio deles, no conjunto residencial Ouro Verde, quando foram surpreendidos pelos bandidos, que invadiram o local e anunciaram um assalto no dia 5 de janeiro de 2020.

O coronel reformado foi atingido por dois tiros no rosto. A cabo foi ferida por um tiro nas costas e outro na cabeça. Ambos também tiveram cortes e fraturas. Com apoio do helicóptero da PM, eles foram socorridos para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na capital.

Suspeitos mortos

Três homens morreram e dois foram presos, suspeitos crime após uma troca de tiros com agentes da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) que atuavam nas buscas por suspeitos de torturar dois militares dentro de casa em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Ao chegar no local em Ibirité, os suspeitos reagiram, e três foram baleados no confronto. Eles foram socorridos para uma unidade de pronto atendimento da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Um quarto suspeito, foi preso também no local. Outro suspeito já havia sido preso em Santa Luzia, e indicado o local onde os outros suspeitos estavam. Três armas foram apreendidas.

Carro da mulher foi usado na fuga e em seguida incendiado - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Carro da mulher foi usado na fuga e em seguida incendiado – Foto: Reprodução/Redes Sociais
Total
1
Shares

Relacionados