O Por Dentro de Minas é um portal de notícias de Belo Horizonte e todo o estado de MG. Últimas notícias, informações em tempo real do trânsito, previsão do tempo, agenda cultural, emprego, colunas, blogs e coberturas especiais.
Seguir

Polícia realiza operação como alvo servidores públicos e empresa de Araxá

Ação é resultado de inquérito que apura crimes contra a administração pública e de embaraço à investigação
Polícia realiza operação como alvo servidores públicos e empresa de Araxá - Foto: Divulgação/PCMG
Polícia realiza operação como alvo servidores públicos e empresa de Araxá – Foto: Divulgação/PCMG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu seis mandados de busca e apreensão, nessa quarta-feira (10/11), durante a operação Colludere, realizada em Araxá, no Alto Paranaíba. Foram realizadas buscas na Secretaria Municipal de Obras Públicas e Mobilidade Urbana e na sede de uma empresa da cidade. A ação é resultado de inquérito que apura crimes contra a administração pública e de embaraço à investigação.

Em razão desse procedimento investigativo, ainda foram determinadas pela Justiça medidas restritivas de quatro investigados, com a suspensão do exercício de função pública, a proibição de acesso ou frequência às repartições da Prefeitura de Araxá e a proibição de contato de investigados com servidores municipais.

Conforme apurado pela PCMG, haveria um conluio entre alguns funcionários da prefeitura e de uma empresa contratada para prestar serviços de pavimentação asfáltica na elaboração de documentos dirigidos à Procuradoria-Geral do Município para subsidiar respostas a requisições da Polícia Civil. Não foram encontrados indícios de que a procuradoria ou o gabinete do prefeito tivessem conhecimento do esquema.

Segundo o delegado Renato Alcino, “a Polícia Civil, há meses, vem investigando possíveis irregularidades em contratos de pavimentação asfáltica e foi identificado, nesse período, que determinados indivíduos, servidores da prefeitura e também ligados à empresa que presta serviço, estariam culiados para embaraçar as investigações”.

O nome da operação, Colludere, faz referência à palavra latina “colludium”, que significa fazer colusão, conluio. As investigações continuam.

Total
7
Shares

Relacionados