O Por Dentro de Minas é um portal de notícias de Belo Horizonte e todo o estado de MG. Últimas notícias, informações em tempo real do trânsito, previsão do tempo, agenda cultural, emprego, colunas, blogs e coberturas especiais.
Seguir

Mais de 60 máquinas de cassino de luxo são apreendida em área nobre de BH

Cinco pessoas foram detidas em um estabelecimento localizado no bairro Serra
Mais de 60 máquinas de cassino de luxo são apreendida em área nobre de BH - Foto: Divulgação/PCMG
Mais de 60 máquinas de cassino de luxo são apreendida em área nobre de BH – Foto: Divulgação/PCMG

Na tarde dessa quinta-feira (18/11), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) apreendeu mais de 60 máquinas caça-níqueis em um estabelecimento localizado no bairro Serra, na Zona Sul de Belo Horizonte, durante a operação Las Vegas I. O local, com grande estrutura interna organizada, funcionava como um cassino clandestino.

Cinco pessoas foram detidas em flagrante no estabelecimento, sendo dois funcionários, duas jogadoras e um terceiro indivíduo que chegou ajudou na fuga de um dos operadores do jogo de azar. Todos foram encaminhados para a Delegacia Adida ao Juizado Especial Criminal (Deajec), responsável pelas investigações, e assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelas respectivas contravenções.

O delegado responsável pela ação policial, Daniel Guimarães, explicou que o imóvel, por fora, não apresentava qualquer característica ilícita, para que não se levantasse suspeitas das atividades ilícitas promovidas. “Nos deparamos com uma estrutura inimaginável, pela característica que o lugar se apresentava. Era um ambiente interno composto por um imenso salão com 62 máquinas caça-níqueis de dois metros de altura, em uma área residencial”, descreveu o delegado. Ele ainda informou que eram realizadas apostas esportivas no local.

Mais de 60 máquinas de cassino de luxo são apreendida em área nobre de BH - Foto: Divulgação/PCMG
Mais de 60 máquinas de cassino de luxo são apreendida em área nobre de BH – Foto: Divulgação/PCMG
Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão, os policiais recolheram quase R$ 4 mil em dinheiro. Guimarães adianta que a PCMG prosseguirá com os levantamentos para identificar o proprietário do imóvel e apurar outros crimes correlatos, como lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A coordenadora da Deajec, delegada Cristina Lopes, destacou que a ação policial faz parte de uma nova metodologia adotada pela unidade, no sentido de dar maior operacionalidade à repressão dos jogos de azar. “Essa é apenas a primeira fase de ações que daremos continuidade nos próximos meses, com investigações qualificadas e pontuais”, adiantou.

Para o chefe do 1º Departamento de Polícia Civil em Belo Horizonte, delegado Arlen Bahia, é fundamental o apoio da população para possíveis alertas diante da suspeição de atividades ilícitas como essa. “A operação Las Vegas I teve início a partir de uma denúncia anônima e, após quase dois meses de investigações, alcançamos êxito em desmantelar esse esquema. Pedimos à população que continue a contribuir com o trabalho policial por meio dos canais de denúncia, o 181 e o 197. Todo o sigilo é garantido”, concluiu.

Total
1
Shares

Relacionados