O Por Dentro de Minas é um portal de notícias de Belo Horizonte e todo o estado de MG. Últimas notícias, informações em tempo real do trânsito, previsão do tempo, agenda cultural, emprego, colunas, blogs e coberturas especiais.

Fhemig mantém vagas emergenciais para médicos em Belo Horizonte

Edital prevê mais de 80 contratações com salários básicos que chegam a R$ 9 mil; inscrições vão até 21/6
Hospital Júlia Kubitschek - Foto: Fhemig/Divulgação
Hospital Júlia Kubitschek – Foto: Fhemig/Divulgação
Por Dentro de Minas - Google News

A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) permanece com editais abertos para contratações imediatas de médicos para atuarem nos leitos destinados aos pacientes da covid-19 dos hospitais Eduardo de Menezes e Júlia Kubitschek, em Belo Horizonte. As inscrições terminam no dia 21/6 e os salários básicos variam entre R$ 3,5 mil e R$ 9 mil.

No Hospital Eduardo de Menezes, são nove vagas para médicos generalistas, com carga horária de 12 horas e mais 15 vagas para 24 horas semanais. Para os especialistas, são 16 vagas para 12 horas e 14 para 24 horas semanais. São aceitas as especialidades: Terapia Intensiva, Infectologia, Clínica Médica, Anestesiologia, Pneumologia, Cardiologia ou Cirurgia Geral. Edital: https://bit.ly/3zvuP5L.

No Hospital Júlia Kubitschek, para médicos generalistas são nove vagas para 12 horas e outras nove para 24 horas semanais. Para os profissionais especialistas, são dez vagas para 12 horas e quatro vagas para 24 horas semanais. É aceita qualquer especialidade médica. Edital: https://bit.ly/3xzi9bY.

Para os médicos generalistas, os vencimentos básicos são de R$ 3,5 mil para a carga horária de 12 horas semanais e de R$ 7 mil para 24 horas semanais.

Para os médicos especialistas, é de R$ 4.595 para 12 horas semanais e R$ 9 mil para 24 horas semanais.

Esses valores podem ser acrescidos de vantagens inerentes ao local de atuação e à função exercida, a serem informadas na etapa de contratação.

Para ler mais notícias do Por Dentro de Minas, clique em pordentrodeminas.com.br. Siga também o Por Dentro de Minas no Facebook, no Twitter e por RSS
Total
0
Shares
Relacionados
Leia mais

Estudos comprovam, pensar de forma diferente enriquece e cria prosperidade

Ao contrário do que possa parecer pelo título, os assuntos voltados à prosperidade como “pensar para enriquecer” não têm muita ligação com a quantidade de dinheiro na conta bancária, mas a capacidade que o indivíduo tem em carregar pensamentos ricos que não limitem o seu potencial – sobre desenvolver a riqueza emocional, mais do que a financeira e, em quebrar crenças limitantes que impedem o crescimento.