Policia prende avô suspeito de abusar sexualmente das netas em Uberlândia

Homem foi preso na Praça da Bíblia, em frente ao Terminal Rodoviário de Uberlândia
Delegada Ludmila Carneiro responsável pelo caso - Foto: Divulgação/PCMG
Delegada Ludmila Carneiro responsável pelo caso – Foto: Divulgação/PCMG
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, na noite de terça-feira (6/4), mandado de prisão preventiva contra um homem, de 53 anos, suspeito de abusar sexualmente das netas, de 7 anos e de 1 ano e quatro meses. O investigado foi preso na Praça da Bíblia, em frente ao Terminal Rodoviário de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, quando tentava viajar para o estado de São Paulo.

O caso referente à menina de 7 anos chegou ao conhecimento da polícia na última quinta-feira (1/4), mas suspeita-se que os abusos começaram em março. Um dia após a denúncia, a Polícia Militar apresentou o suspeito à Delegacia de Plantão e, em depoimento, ele admitiu os fatos. Reunidos elementos, a PCMG representou à Justiça pela prisão preventiva do investigado, que foi expedida no domingo (4/4).

As investigações, conduzidas pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), apontam, ainda, que o investigado também teria vitimado outra neta, de 1 ano e quatro meses. Esses fatos estão sendo apurados pela equipe.

De acordo com a delegada Ludmila Carneiro, da Deam em Uberlândia, o homem não resistiu à prisão. Caso venha a ser condenado pelo crime, conforme informa a delegada, o investigado pode ser submetido à pena de até 15 anos de reclusão. O inquérito policial deverá ser concluído dentro de dez dias. A vítima e a mãe dela, que fez a denúncia, e o próprio suspeito, já foram ouvidos.

O investigado foi encaminhado ao sistema prisional, ficando à disposição da Justiça.

Total
0
Comp.
Reportagem Anterior
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Vasco supera Tombense e avança na Copa do Brasil

Próxima Reportagem
Motorista de aplicativo é executado a tiros em Santa Luzia - Foto: Polícia Militar/Divulgação

Motorista de aplicativo é executado a tiros em Santa Luzia

Postagens Relacionadas