Suspeito de série de furtos em condomínio fechado é preso em Patos de Minas

Homem é suspeito de outros furtos e receptação de materiais ilícitos, já possui passagens policiais por roubo e tráfico de drogas
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)
Índice Fechar
  1. Roubo

Nesta terça-feira (30/3), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu um homem, de 28 anos, suspeito de envolvimento em uma série de furtos na cidade de Patos de Minas, Alto Paranaíba. A investigação começou após reiteradas ocorrências de crimes dessa natureza em um condomínio fechado da cidade.
Conforme apurado pela Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, um adolescente, morador do condomínio, aproveitou-se do livre acesso ao interior da propriedade para se aliar ao suspeito – preso nesta terça-feira – e realizar os furtos. Mais de uma casa foi assaltada este ano, sendo furtados veículo e eletrodomésticos.

O homem de 28 anos, suspeito de outros furtos e receptação de materiais ilícitos, já possui passagens policiais por roubo e tráfico de drogas. Ele foi preso em casa, encaminhado para o sistema prisional e irá responder por furto qualificado em continuidade delitiva, com pena de dois a oito anos de prisão, com aumento de 1/6 a 2/3, cumulado com corrupção de menores, com pena de um a quatro anos.

Roubo

Após investigação conduzida pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), um homem, de 25 anos, foi preso, investigado por roubo em uma loja de aparelhos celulares. O suspeito foi detido em ação da Polícia Militar e, contra ele, já havia mandado de prisão preventiva representado pela PCMG à Justiça. O crime ocorreu no dia 8 deste mês, no bairro Brasil, em Patos de Minas.

No dia dos fatos, o investigado, em posse de uma arma de fogo, chegou ao estabelecimento e determinou que todos os aparelhos fossem entregues a ele. Duas vítimas que estavam no local foram abordadas. A ação foi flagrada por câmeras de monitoramento e as imagens circularam em redes sociais.

Por meio de levantamentos, realizados por policiais da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, foi verificado que o suspeito já tinha diversas passagens policiais. O investigado está preso pelo crime de roubo qualificado, cuja pena é de quatro a dez anos, com aumento de 2/3.

Total
1
Comp.
Reportagem Anterior
Tarifas do transporte coletivo têm reajuste em Betim - Foto: Divulgação/Prefeitura de Betim

Tarifas do transporte coletivo têm reajuste em Betim

Próxima Reportagem
PF suspeita de falsidade de vacinas aplicadas em empresários em BH - Foto: Divulgação/PF MG

PF suspeita de falsidade de vacinas aplicadas em empresários em BH

Postagens Relacionadas