O Por Dentro de Minas é um portal de notícias de Belo Horizonte e todo o estado de MG. Últimas notícias, informações em tempo real do trânsito, previsão do tempo, agenda cultural, emprego, colunas, blogs e coberturas especiais.

Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas em Diamantina

Investigações tiveram início há cerca de um mês e, no último dia 12, outros dois integrantes do grupo foram presos
Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas em Diamantina - Foto: Divulgação/PCMG
Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas em Diamantina – Foto: Divulgação/PCMG
Por Dentro de Minas - Google News

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu em flagrante, na tarde de segunda-feira (15/2), dois homens, de 19 e 21 anos, suspeitos de tráfico de drogas. O investigado de 19 anos seria o mentor intelectual de um grupo envolvido em um esquema de distribuição de drogas no bairro Pedra Grande, em Diamantina, região Central do estado.

As investigações tiveram início há cerca de um mês e, no último dia 12, outros dois integrantes do grupo foram presos. Na ocasião, ainda foram apreendidas drogas e outros materiais. Em continuidade aos trabalhos policiais, uma equipe da PCMG foi até o local onde reside o suspeito de chefiar o grupo criminoso. No interior do imóvel, além dos dois presos, uma mulher e dois adolescentes estariam realizando a dolagem de entorpecentes.

Durante a abordagem policial, o líder do grupo tentou fugir, mas foi capturado e preso pela PCMG. Na residência do suspeito, foi localizada uma porção de crack, duas barras de maconha com cerca de um quilo, uma barra menor de maconha prensada, além 16 pinos de cocaína e mais duas porções da mesma droga. Também foram apreendidos cinco celulares, mais de mil pinos vazios, balanças de precisão, documentos que serão analisados nas investigações e R$ 1.250 em cédulas de R$ 50, dinheiro que seria referente ao pagamento de drogas fornecidas a indivíduos de outros bairros da cidade.

O delegado Juliano Alencar pontua que o grupo continua sendo investigado. “Desta vez, o alvo considerado o líder na distribuição de maconha e crack no bairro Pedra Grande acabou preso. Ele ainda é considerado de alta periculosidade por ser suspeito de homicídios e por arquitetar os últimos relevantes crimes contra o patrimônio na cidade”, destaca.

Alencar ainda conta que o investigado já foi apreendido em outras três operações policiais pela mesma equipe da Delegacia Especializada Antidrogas. “Uma vez, ele estava com boa quantidade de entorpecentes e, nas outras duas, ele estava portando armas de fogo. Esse indivíduo acabou se tornando líder, valendo-se da menoridade, pois ele dizia que ‘nunca deu nada’ ao se referir aos atos infracionais”, detalha o delegado.

Os suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional, onde estão à disposição da Justiça.

A PCMG reforça a importância de denúncias para a repressão ao crime. Os registros podem ser feitos pelo Disque 181, de forma anônima, ou diretamente na unidade policial.

Total
0
Shares
Relacionados