ELEIÇÕES 2020Veja os 15 nomes dos candidatos a Prefeito em Belo Horizonte saiba mais
Gerais

Polícia prende dupla por envolvimento em homicídio de mulher esfaqueada em BH

PCMG prende dupla por envolvimento em homicídio de mulher esfaqueada - Foto: Divulgação/PCMG
PCMG prende dupla por envolvimento em homicídio de mulher esfaqueada - Foto: Divulgação/PCMG
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)
  • Polícia apreendeu a roupa e a mochila utilizada pelo suspeito no dia do crime

As investigações conduzidas pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), referentes ao homicídio de uma mulher 34 anos, resultaram na prisão de duas pessoas, apontadas como mandante e executor do crime. A vítima foi morta com 40 facadas, no dia 14 de outubro deste ano, no bairro Paulo VI, capital. Durante operação policial, a polícia apreendeu a roupa e a mochila utilizada pelo suspeito no dia do crime.

Conforme apontam as investigações, a suspeita de ser mandante do homicídio, de 30 anos, teria convencido o colega de trabalho, de 33, a matar a vítima, já que o homem nutria por ela intentos amorosos. Os dois trabalhavam no setor de limpeza de um hospital de Belo Horizonte.

Ainda segundo levantamentos policiais, a suspeita mantinha um caso extraconjugal com o marido da vítima e pretendia, com a morte da mulher, assumir o relacionamento com o amante. O delegado que coordena as investigações, Leandro Alves, explica que o marido da vítima não tem envolvimento no crime e ficou bastante abalado com o desfecho do caso. Ele chegou a morar com a suspeita em 2019, mas, alguns meses depois, voltou a viver com a vítima.

Para tentar convencer o colega a cometer o crime, a suspeita chegou a alegar situações de animosidade com a vítima. “Ela teria relatado que estaria recebendo diversas ameaças da vítima por causa dessa relação extraconjugal”, contou o delegado que ainda acrescentou o fato de a suspeita, nesse processo de convencimento, ter prometido ficar com o colega caso matasse a vítima. Durante investigação, a polícia descobriu uma intensa troca de mensagens entre os envolvidos, inclusive de cunho erótico e com promessas amorosas.

No dia do homicídio, o suspeito estaria esperando a vítima passar por uma rua, trajeto que fazia para retornar do trabalho, para cometer o crime. Ao avistá-la, ele se aproximou e desferiu os golpes. A faca utilizada pelo suspeito teria sido comprada exclusivamente para o homicídio.

“O que nos chamou a atenção foi a frieza do executor e da mandante nesse crime. Nenhum dos dois tinha antecedentes criminais”, resume a chefe do Departamento Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegada-geral Letícia Gamboge.

7940 Publicações

Sobre
A Por Dentro de Minas é um portal que traz as principais notícias do Estado de Minas Gerais.
Artigos
Relacionados
Gerais

Polícia desarticula esquema de sonegação fiscal em operação conjunta em Minas

Operação é a terceira fase cuja investigação teve início nas operações Irmandade e Nerd, de 2018
Gerais

DER-MG prorroga prazo para indicação de condutor infrator e defesa prévia

Procedimentos podem ser realizados pelo site do departamento
Gerais

Fhemig abre vagas para contratações emergenciais em Patos de Minas e Belo Horizonte

Seleção busca profissionais para atuar no enfrentamento à covid-19

Deixe uma resposta