ELEIÇÕES 2020Veja os 15 nomes dos candidatos a Prefeito em Belo Horizonte saiba mais
Gerais

Polícia conclui inquérito sobre homicídio e tentativa de feminicídio em São Joaquim de Bicas

Polícia conclui inquérito sobre homicídio e tentativa de feminicídio em São Joaquim de Bicas - Foto: Divulgação/PCMG
Polícia conclui inquérito sobre homicídio e tentativa de feminicídio em São Joaquim de Bicas - Foto: Divulgação/PCMG
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)
  • Motivação dos crimes seria uma discussão entre o suspeito e a vítima fatal

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu as investigações acerca dos crimes de homicídio consumado e tentativa de feminicídio, ocorridos no dia 7 de setembro deste ano, em São Joaquim de Bicas, região metropolitana. O suspeito, de 27 anos, encontra-se no Sistema Prisional e foi indiciado pelos crimes. Outro indivíduo, de 30 anos, também foi indiciado como partícipe no homicídio.

A delegada Gabriela Pádua conta que o suspeito teria invadido a casa da ex-namorada e atirado contra a mulher e o atual namorado dela, ambos de 22 anos. “As vítimas estavam deitadas na cama, no momento do crime, com um bebê de dois meses de idade, da jovem. Segundo ela, o bebê é filho do suspeito”, relatou a delegada.

De acordo com as investigações, a motivação dos crimes seria uma discussão entre o suspeito e a vítima fatal, ocorrida no dia 5 de setembro. “A vítima (a jovem) compareceu ao armazém em que o suspeito estava, e o suspeito mexeu com ela, puxando o cabelo dela. Insatisfeita, ela retornou à residência dela e contou para o atual namorado. Ele foi ao armazém para tirar satisfação, perguntando porque ele teria feito isso”, detalhou a delegada ao acrescentar que, com isso, os dois acabaram se agredindo e se ameaçando.

Dois dias após esse desentendimento, o suspeito teria cometido os crimes e fugido em seguida. Entretanto, o homem foi localizado e preso, escondido na casa de parentes, na zona rural de Diamantina. “Logo depois do crime, ele foragiu e a Polícia Civil representou pela prisão preventiva, tendo conseguido encontrá-lo, depois de intensa investigação, no dia 10 de outubro, momento em que ele foi preso”, ressaltou Pádua.

O suspeito foi indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa do ofendido, já que a vítima fatal estava dormindo no momento em que foi atingida por disparos de arma de fogo, e por feminicídio tentado, sendo majorado pelo fato de o crime ter sido cometido na presença dos dois filhos da vítima, o bebê de dois meses e uma criança de dois anos. Além disso, “a lei prevê que se a vítima teve um parto em até três meses antes do crime, ele também deve ser majorado”, explicou a delegada.

Também foi apurada a participação de outro indivíduo, de 30 anos, que teria incentivado o suspeito a cometer o homicídio. Conforme Gabriela Pádua, “Restou apurado que a participação dele no homicídio foi em relação ao jovem. Ele incentivou o suspeito; instigou a cometer o crime. Ele foi indiciado por homicídio qualificado consumado na condição de partícipe”.

7943 Publicações

Sobre
A Por Dentro de Minas é um portal que traz as principais notícias do Estado de Minas Gerais.
Artigos
Relacionados
Gerais

Polícia Civil prende suspeito de abusar de adolescente em Mateus Leme

Homem foi preso em flagrante por estupro de vulnerável
Gerais

Casal suspeito de roubos é preso em Uberlândia

Foram realizadas buscas em cinco endereços que os investigados frequentavam
Gerais

Governo de Minas pagará salário de dezembro e parte do 13º a todos os servidores antes do Natal

Quase 40% da folha do abono natalino será paga no dia 23/12

Deixe uma resposta