Gerais

Empresa de arquitetura e engenharia BORAnaOBRA dobra faturamento e contrata em meio a pandemia

Divulgação/MF Press Global
  • Diversos setores da economia foram prejudicados com a pandemia. Mas ao contrário do cenário negativo, empresas que atuam no mercado de construção e decoração para pequenas e médias obras, tiveram um crescimento considerável neste período, como é o caso da empresa de arquitetura e engenharia BORAnaOBRA, especialista no atendimento online para profissionais e leigos no assunto.

A pandemia levou à uma mudança nos hábitos da sociedade. Se por um lado as pessoas já buscavam atendimento de empresas como o BORAnaOBRA, que oferecem serviços como consultorias de decoração e Estudo de Viabilidade para obras de pequeno e médio porte, agora o período em que as pessoas passam mais tempo no lar, elevou o número de pessoas que procuram orientações para fazer reformas que não envolvem muita quebradeira.

O isolamento social requereu, durante muitos meses, a necessidade de ficar em casa. E depois de tanto tempo, muitas pessoas acabaram se adaptando a essa nova forma de viver, que dispensa muitos deslocamentos. No entanto, onde era comum que a família usasse a casa apenas para relaxamento e lazer, é necessária a adaptação dos espaços para que o trabalho de home office ou atividades escolares possam ser feitas com conforto e tranquilidade.

A surpresa é que nem sempre é preciso fazer uma grande reforma para que essas adequações sejam feitas. Assim, para ajudar nestes projetos, a empresa de arquitetura e engenharia BORAnaOBRA oferece atendimentos online para clientes de todo o Brasil.

Antes mesmo da pandemia, em dezembro de 2019, a empresa já oferecia este tipo de consultoria. Agora, com a pandemia, a adesão ao serviço triplicou! Como explica a arquiteta e empresária, Rafa Brasileiro: “O setor de obra, formado pelo quadro fixo administrativo, teve o crescimento de 100% enquanto a área de projetos expandiu 225%”, comemora.

Como este trabalho surgiu antes mesmo da pandemia, esta forma inovadora de atendimento ganhou a simpatia e o respeito dos seguidores: “Esse formato de atendimento online surgiu ouvindo o que o nosso público nos pedia: projetos viáveis sem envolver muita quebradeira. Uns acabam evoluindo para uma reforma com a solicitação dos próprios clientes. Mas, do jeito como formatamos, é perfeitamente possível atender pessoas que precisam melhorar a casa ou até o espaço comercial de forma 100% online. Temos clientes até fora do Brasil.”

Com mais de 170 mil seguidores no Instagram, o BORAnaOBRA se tornou uma referência para arquitetos, engenheiros ou cidadãos comuns que desejam realizar seus projetos com uma boa consultoria: “Temos uma presença forte nas redes sociais desde 2016… e os clientes percebem isso. Mesmo que a gente esteja ali na maior parte do tempo falando para outros profissionais, eles ficam de olho e entram em contato pelo direct. Vem cliente de toda parte nos procurar”, comenta Rafa.

Para manter o crescimento neste período difícil para a sociedade, Rafa Brasileiro deixa algumas dicas: “Aqui a gente trabalha muito em nós e na nossa equipe a mentalidade de sempre ser ágil! De pivotar rápido e estar sempre progredindo, se adaptando às circunstâncias, de nunca olhar o que está feito e achar pronto e que não há mais o que fazer. Também não se pode ficar parado. É preciso antecipar as demandas de mercado, antes que elas tornem seu modelo de negócios obsoleto.”, orienta. Mas tudo isso é claro, sempre pensando nas particularidades e nos desejos de cada cliente: “Nossa equipe fornece toda a orientação para a pessoa. Muitas vezes ela não tem dinheiro para fazer um grande projeto, mas um pequeno ajuste, uma orientação que a gente dá, já faz muita diferença na rotina daquele ambiente e na qualidade de vida de quem tá vivendo nesse espaço. São pequenas vitórias que vão gerando melhorias de grande impacto na vida das pessoas”.

Além disso, o BORAnaOBRA possui parceiros treinados, supervisionados pela equipe gerencial, já preparados para dar todo o suporte ao cliente: “O valor forte de nossa empresa é que estamos sempre preocupados com o bolso do cliente. Para nós, não adianta ter um projeto que a pessoa vai emoldurar e não ter dinheiro para executar. Aqui tudo é feito até a pessoa falar que gostou e que consegue fazer aquela arquitetura projetada se tornar obra construída”.

Crescimento significativo no setor

De acordo com uma pesquisa do Grupo Consumoteca, 55% das pessoas da classe A e 39% da C fizeram alguma mudança na decoração neste período. Este crescimento também pode ser observado em lojas ligadas a categorias de produtos para casa. No Mercado Livre, por exemplo, foi registrado no período de 24 de fevereiro a 3 de maio, o aumento em 84% em pedidos na categoria Casa, Móveis e Jardim, em comparação ao mesmo período do ano passado.
Enquanto isso, o IVCA, indicador de varejo da Cielo, mostra que o faturamento de materiais de construção foi o segundo que mais cresceu no período entre 1 de março a 25 de julho, com aumento de 5,5%. Perdeu apenas para o setor de super e hipermercados, que cresceu 16,1. Segundo a Associação Nacional dos Comerciantes de Materiais de Construção (Anamaco), a venda de materiais cresceu pelo menos 40% na pandemia.
Para mais dicas sobre como usar as mudanças no mercado para ser parte dos que conseguiram crescer ou realizar novos projetos no meio da pandemia acesse o Instagram @boranaobra e coloque em prática as orientações que são postadas diariamente na rede social.

486 Publicações

Sobre
Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa MF Press Global e não é de responsabilidade da Por Dentro de Minas
Artigos
Relacionados
Gerais

Mais de 190 mil doses da vacina de Oxford desembarcam no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte

Voo com os imunizantes contra a Covid-19 chegou neste domingo (24), às 9h45, ao Terminal de Cargas
Gerais

Operação Tempo Perdido prende suspeito de fabricar remédio clandestino em Uberlândia

Levantamentos indicaram que o foragido estaria fabricando clandestinamente remédios supostamente vendidos para emagrecimento
Gerais

Incêndio atinge supermercado no bairro Novo Aarão Reis, na Região Norte de Belo Horizonte

Chamas ficaram restritas no escritório da parte administrativa e o depósito do estabelecimento

Deixe uma resposta