ÚLTIMASSaiba quem são os 16 pré-candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte saiba mais
Gerais

Obras complexas em prazos recordes – RAC desponta no segmento de saúde com a construção de hospitais e laboratórios que atendem Covid, Câncer e Influenza

Curitiba-PR 27/8/2020 – “A Fiocruz identificou em nosso portfólio a expertise no segmento de saúde, além da nossa capacidade técnica para agir em situações de emergência”

Atuação nacional de empresa paranaense é pautada por robusto portfólio que destaca visão de inovação e sustentabilidade.

Ricardo Cansian e Carlos German, diretores da RAC Engenharia, estiveram recentemente no Rio de Janeiro a convite da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), instituição vinculada ao Ministério da Saúde, para a inauguração da Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19. A empresa paranaense desenvolveu os projetos em conjunto com a Fiocruz e executou a obra da central de testagem da doença, que tem capacidade de analisar, neste laboratório, 15 mil testes por dia. A iniciativa visa apoio aos Laboratórios Centrais de Saúde Pública dos Estados (Lacen) e ampliação da capacidade nacional de processamento de amostras, ação fundamental para o enfrentamento da pandemia.

Projetos e obras foram realizados em apenas 40 dias pelo time da RAC, envolvendo uma equipe de especialistas oriundos de Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro, entre outras cidades. O desafio surgiu na esteira da entrega do Hospital de Emergência dedicado a casos graves de Covid-19, que também levou a assinatura da RAC Engenharia S.A, no Rio de Janeiro, vencendo um enorme desafio de construir um hospital de alta complexidade, com quase 10.000 m2, em apenas 50 dias. “Grande parte da nossa equipe foi mobilizada para atender essas duas demandas da Fiocruz, que identificou em nosso portfólio a expertise no segmento de saúde e confiou ao nosso time esses dois projetos que nos trazem grande satisfação e evidenciam nossa capacidade técnica em agir em situações de emergência”, afirma Cansian.

Além do know-how da equipe, Cansian atribui o sucesso da execução da RAC ao domínio da ferramenta BIM (Building Information Modeling), metodologia que representa alto grau de inovação, capaz de aperfeiçoar e agilizar a condução de projetos, primeiramente, em ambiente digital. “Assim como a Fiocruz busca ser parte da resposta à crise humanitária, a atuação no segmento de saúde nos devolve a satisfação em realizar projetos que somem esforços à contenção da pandemia e que promovam, sobretudo, a vida”, frisa o diretor presidente da RAC.

Em tempo, a RAC Engenharia está em plena execução da construção do laboratório de vacinas contra a gripe Influenza, do Instituto Butantan, na cidade de São Paulo, e acabou de entregar, em julho deste ano, o primeiro hospital oncopediátrico do Paraná, o Hospital Erastinho, que desponta com o ineditismo de duas certificações internacionais de sustentabilidade, sendo a primeira certificação LEED for Healthcare do Brasil e WELL Building Certification, que serão conferidas após a inauguração e o início do atendimento à comunidade, agendado para setembro de 2020. “Transformar o Erastinho num Green Hospital é uma oportunidade sem precedentes.

Estamos gratos pela chance de aliar nossos conhecimentos de engenharia e sustentabilidade neste projeto que, certamente vai ajudar no tratamento dos pacientes que estarão em tratamento no hospital. Junto com outros parceiros pudemos viabilizar à edificação hospitalar esses parâmetros construtivos que estabelecem um novo patamar ao tratamento do câncer infantil”, celebra Cansian.

Website: http://SaibamaissobreaRACEngenhariapelosite:www.raceng.com.br

Relacionados
Gerais

Jorge Marra, acusado de matar candidato a vereador em Patrocínio, se entrega e é preso

Irmão do prefeito, se entregou na tarde deste domingo (27) e prestou depoimento na Delegacia Regional
Gerais

Ônibus é incendiado por criminosos próximo da Penitenciária Nelson Hungria em Contagem

Dois homens encapuzados e atearam fogo no veículo; ninguém foi preso
Gerais

Dupla é presa com 125 barras de maconha em Belo Horizonte

Dois homem já estavam sendo monitorados por atuarem no tráfico de drogas na Região de Venda Nova

Deixe uma resposta