Gerais

Governo de Goiás inova e acelera licenciamento ambiental de PCHs e CGHs

Goiânia – GO 27/8/2020 – A ideia é buscarmos aproximação do Setor produtivo com o Órgão Ambiental no sentido de estabelecer mais agilidade e eficiência aos processos de licenciamento

As mudanças promovidas pela Semad envolveram uma melhor divisão das etapas entre as gerências, o reordenamento das análises, o estabelecimento de árvores de decisão e melhorias no sistema de produtividade. 

Cerca de R$18 bilhões em investimentos, 7 milhões de megawatts (MW) e mais de 160 mil empregos a serem gerados. Estes são os números previstos para todos os eixos inventariados no Estado de Goiás com a construção de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e Centrais Geradoras de Energia (CGHs).

Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) apontam ainda que Goiás é hoje o estado com maior potencial para esta fonte no Brasil, com a perspectiva de 76 CGHs inventariadas, totalizando 246 MW e  151 empreendimentos de PCHs, totalizando mais 2.416 MW em geração de energia.

A informação foi divulgada nesta quarta-feira (19), em reunião virtual, realizada pelo Governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado e o Setor produtivo.

A diretoria da ABRAPCH foi representada pelo Presidente e Vice-presidente do Conselho de Administração, Pedro Dias e Sevan Naves, além da Vice-presidente da Diretoria Executiva, Alessandra Torres e pela Diretora de Assuntos Ambientais, Gleyse Gulin.

O objetivo da reunião foi o de estreitar o diálogo entre o órgão ambiental e os empresários do setor, visando acelerar os investimentos em Pequenas Centrais Hidrelétrica (PCH) e minigeração hídrica (CGH) em Goiás.

 “A ideia é buscarmos aproximação do Setor produtivo com o Órgão Ambiental no sentido de estabelecer mais agilidade e eficiência aos processos de licenciamento dos empreendimentos, o que já está ocorrendo no estado”, explicou a vice-presidente da Diretoria Executiva da Abrapch, Alessandra Torres.

Também participaram do encontro a secretária do Meio Ambiente e Desenvolvimento de Goiás, Andrea Vulcanis; o diretor geral da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, André Pepitone e os superintendentes Carlos Cabral e Gentil, representantes de Associações do AGPCH/GO, representado pelo vice-presidente, Epitacio Barzotto; da ABRAGEL, representada por Walter Pinheiro, e empresários do Estado.

PIONEIRISMO – Durante a reunião foi apresentado o projeto pioneiro de licenciamento ambiental, desenvolvido pelo Governo de Goiás, e que resultou no aumento em 150% da produtividade na área de licenciamento de empreendimentos no estado.

As mudanças promovidas pela Semad envolveram uma melhor divisão das etapas entre as gerências, o reordenamento das análises, o estabelecimento de árvores de decisão e melhorias no sistema de produtividade. 

A secretária estabeleceu metas mensais de emissão de licenças, definiu remunerações por cumprimento de metas e organizou o fluxo de análises para garantir os resultados esperados.

O objetivo do Governo de Goiás é que, remodelando o andamento dos processos e informatizando por completo o sistema, o Estado seja capaz de retomar com mais solidez o momento posterior à pandemia de Covid-19, que afetou a economia global.

 “Com praticamente o mesmo número de profissionais envolvidos, conseguimos, por meio das mudanças promovidas, aumentar em quase três vezes o número de processos analisados por mês, ainda sob o antigo modelo de análises e com base na legislação anterior. 

Já o presidente do Conselho de Administração da ABRAPCH, Pedro Dias, disse que a Secretaria do Meio Ambiente de Goiás é um exemplo para o país.  “A Secretaria inova no processo, demonstrando muito esforço para destravar processos que estavam parados há mais de dez anos e um grande contingente de pedidos”, destaca Dias.

Website: https://www.abrapch.org.br/

Relacionados
Gerais

Três homens são executadas a tiros na Região do Barreiro, em Belo Horizonte

Grupo usavam drogas em linha férrea, segundo relato de uma das vítimas
Gerais

Três pessoas morrem em acidente na BR-365, em Montes Claros

Vítimas estavam em carro que bateu de frente com carreta
Gerais

Mais de 190 mil doses da vacina de Oxford desembarcam no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte

Voo com os imunizantes contra a Covid-19 chegou neste domingo (24), às 9h45, ao Terminal de Cargas

Deixe uma resposta