ÚLTIMASSaiba quem são os 16 pré-candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte saiba mais
Gerais

Ferramentas de comunicação são decisivas para as organizações nas linhas de frente da COVID-19

São Paulo, SP 27/8/2020 – Investir em comunicação digital sempre foi importante, mas nos dias de hoje as prioridades são informar e prestar serviços com excelência.

Em um mundo em que os mais diferentes tipos de negócios são realizados on-line, o engajamento e a comunicação digital são essenciais para todas as instituições.

Em um mundo em que os mais diferentes tipos de negócios são realizados on-line, o engajamento e a comunicação digital são essenciais para todas as instituições. Mas, agora, agilizar a comunicação por meio de plataformas digitais é mandatório para as organizações que prestadoras de serviços, especialmente para aquelas que trabalham nas linhas de frente da crise da COVID-19.

Nesse aspecto, a elaboração rápida de um site que possa engajar clientes e público de modo eficiente é questão crucial em tempos de pandemia. A capacidade de projetar, criar e lançar novos recursos e atualizações nos endereços eletrônicos tem de ser compatível com a grande velocidade que novas informações surgem em um momento de crise como este. Além da plataforma com flexibilidade e escalabilidade dinâmicas, é preciso ter um suporte confiável.

Vale destacar, em especial, o papel central que a comunicação digital exerce neste momento para agências governamentais, institutos de educação e de saúde e organizações sem fins lucrativos. Aquelas que se prepararam, estão comunicando informações em tempo real ou prestando assistência ao público e aos funcionários durante a crise com eficiência.

Mas as instituições que não se prepararam, ou que estão insatisfeitas com as ferramentas atuais, podem se adaptar. A escolha do parceiro certo, no entanto, deve considerar dois aspectos fundamentais para que o apoio à prestação de serviço não se torne uma dor de cabeça.
Partindo dessas duas premissas, é possível verificar muitos casos de sucesso em comunicação digital nessa crise gravíssima atual.

Por exemplo, organizações médicas e de saúde que estão aproveitando a personalização digital, com base na geolocalização, para engajar pacientes e público com as informações mais relevantes para eles.
No setor público, as agências governamentais estão aproveitando esses recursos para comunicar informações críticas de saúde e emergência aos contribuintes por meio de páginas de destino e campanhas eletrônicas.
Já as empresas privadas em geral, estão usando a tecnologia de segmentação para personalizar a comunicação em situações específicas e perfis exclusivos de clientes. Há diversas instituições de serviços financeiros, por exemplo, alavancando essa tecnologia para fornecer atualizações aos mercados financeiros.

Enquanto as pessoas buscam maneiras de contribuir com o bem-estar de suas comunidades, várias organizações sem fins lucrativos estão usando soluções digitais para se conectar com doadores e coletar fundos. Há ONGs, igrejas e instituições religiosas que estão prestando serviços remotamente e precisam, agora, digitalizar coletas, doações e digitalizar inteirações.

Também as instituições de ensino superior estão transferindo suas salas de aula para o ambiente on-line e recorrendo à tecnologia de e-learning para continuar a educar seus alunos digitalmente.
Por fim, as comunicações entre funcionários e líderes estão mais críticas do que nunca. Mas utilizar redes sociais fechadas e portais de intranet para manter os colegas informados e envolvidos tem se mostrado uma saída possível.

Investir em comunicação digital sempre foi importante, mas nos dias de hoje as prioridades são informar e prestar serviços com excelência. As organizações que fizerem isso com eficiência irão superar essa crise com mais força e relevância.

*Diretor-geral da Acquia para América Latina

Relacionados
Gerais

Polícia realiza operação de combate ao tráfico de drogas em Poços de Caldas

Ação teve como objetivo o combate ao tráfico de drogas
Gerais

Polícia Civil prende suspeitos por tráfico de drogas em BH

Suspeitos por envolvimento com o tráfico foram presos
Gerais

Ficco apreende mais de 23 quilos de cocaína em Uberaba

Droga estava escondida na lataria de um veículo

Deixe uma resposta