ÚLTIMASSaiba quem são os 16 pré-candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte saiba mais
Gerais

Efeito sanfona: médico dá dicas de como evitá-lo

Goiânia 27/8/2020 – Isso é comum, por exemplo, em projetos de emagrecimento sem acompanhamento de profissionais

Reeducação alimentar, reposição hormonal e vitaminas podem ser chave para o equilíbrio e manutenção do peso corporal, frisa Arthur Rocha

O interminável ciclo de “engorda / emagrece” traz uma série de impactos negativos ao corpo humano. Um estudo desenvolvido por mais de 15 anos e publicado recentemente no Journal of Clinical Endocrinology e Metabolism, conceituada publicação médica da Universidade de Oxford (Reino Unido), mostrou que o efeito sanfona tende a aumentar significativamente a atividade inflamatória em todo o organismo.

Além disso, pode desencadear o surgimento de doenças como a diabetes e as alterações cardiovasculares. O estudo foi realizado com 3.678 participantes e quanto mais alto era o índice de variabilidade média de peso, mais elevados eram os níveis de pressão arterial. A perda de massa muscular, queda na imunidade e aumento do colesterol também merecem destaque.

O médico Arthur Rocha, membro da ABESO – Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, explica que o efeito sanfona é o ciclo em que uma pessoa apresenta dificuldades em manter o peso após um período de eliminação dos quilos extras. Mas, afinal, por que ele acontece?

Segundo Arthur, este efeito ocorre basicamente quando o indivíduo opta por um novo estilo de vida muito diferente do que possuía anteriormente, sem planejamento para sustentar esse novo padrão. “Isso é comum, por exemplo, em projetos de emagrecimento sem acompanhamento de profissionais”, salienta.
Portanto, analisa o membro da ABESO, quando o paciente opta por uma transformação radical sem a baliza técnica de um médico pode acontecer do corpo não compreender o que está havendo e se defender, criando um estado constante de alerta. “O resultado disso é uma bagunça em seu metabolismo”, alerta.

Como evitar o efeito sanfona
Arthur Rocha dá algumas dicas:
• Reeducação alimentar, reposição hormonal e vitaminas podem ser chave para o equilíbrio e manutenção do peso corporal.
• Os programas de emagrecimento devem ser adaptados ao estilo de vida e às condições de saúde de cada pessoa.
• Projetos sem auxílio de profissionais que não se sustentam com o passar do tempo trazem desânimo e geram o efeito sanfona.
• Antes de começar seu projeto de emagrecimento, fale com um profissional.

Website: http://drarthurrocha.com.br