Gerais

Corpo é encontrado por Bombeiros em caixa de fiação da Cemig em Belo Horizonte

Corpo é encontrado por Bombeiros em caixa de fiação da Cemig em Belo Horizonte - Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Corpo é encontrado por Bombeiros em caixa de fiação da Cemig em Belo Horizonte - Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
  • Vítima estaria no local para tentar roubar a fiação

O corpo de um pessoa foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros na manhã deste domingo (30), dentro de uma caixa de fiação da Cemig, no bairro João Pinheiro, Região Noroeste de Belo Horizonte.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima estaria no local para tentar roubar a fiação. O corpo foi encontrado carbonizado. Um princípio de incêndio dentro do compartimento de energia chegou a ocorrer, mas foi controlado pelos militares.

O tenente Sérgio Magalhães falou sobre o caso: “Fomos acionados para um princípio de incêndio na rede elétrica subterrânea. Constatamos que a pessoa morreu ao cortar o fio errado. O lugar é bem protegido e para alguém cair lá é preciso romper o cimento”.

A Cemig realizou a interrupção da energia para a retirada do corpo que ainda não foi identificado. A perícia da Polícia Civil esteve no local e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Corpo é encontrado por Bombeiros em caixa de fiação da Cemig em Belo Horizonte - Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Corpo é encontrado por Bombeiros em caixa de fiação da Cemig em Belo Horizonte – Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

470 Publicações

Sobre
Editora do Por Dentro de Minas responsável pela sessão de notícias Gerais.
Artigos
Relacionados
Gerais

Homem é indiciado por homicídio após briga de trânsito em Contagem

Suspeitos teriam atirado contra o veículo de uma família
Gerais

Foragido da Justiça por feminicídio é preso em ação policial conjunta

Localização do suspeito foi possível graças a troca de informações de inteligência
Gerais

Avião decola do Aeroporto Internacional de BH com 100 cilindros de oxigênio rumo a Manaus

Ação contribuir para o abastecimento dos hospitais que sofrem hoje com uma grave crise

Deixe uma resposta