Suspeito de esquartejar a mãe e deixar corpo dentro de uma mala pagou R$ 50 para carreto

Crime aconteceu no final da tarde de sexta-feira, no Bairro Canaã
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

O homem de 30 anos acusado de matar e esquartejar a mãe pagou para o carreto R$ 50. O corpo da vítima, Riziomar Monteiro da Silva Ferreira, de 52 anos, foi encontrado por uma pessoa que passava por uma avenida, no bairro Canaã, limite entre Belo Horizonte e Santa Luzia.

De acordo com a Polícia Civil (PC), o homem suspeito do crime é o próprio filho. Ele foi preso em flagrante, em ação conjunta entre a PCMG e a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), em uma igreja do bairro Londrina, Santa Luzia.

A Polícia Civil deu mais informações do caso e informou que a cabeça da mulher ainda não foi encontrada.

A Delegada Adriana das Neves Rosa, titular da Delegacia Especializada de Homicídio em Santa Luzia, explicou que um motorista encontrou a mala abandonada e foi tentar pegar o objeto, momento em que, ao abrir a mala, se deparou com as partes do corpo e acionou a polícia. “Foi encontrado um documento, um manuscrito com o nome dela, de um curso de alfabetização. Na sequência, uma testemunha ocular disse as características do carro e o horário aproximado que teriam depositado essa mala”, explicou a Delegada.

Ainda segundo Neves Rosa, o objeto teria sido abandonado na rua por um homem que dirigia um veículo de carreto. O motorista afirmou que foi contratado pelo suspeito.

Segundo apurado, havia atritos frequentes entre a mãe e o filho, que apresentava transtornos mentais e fazia tratamento psiquiátrico, além de ser usuário de drogas. “No momento da prisão, ele não estava em condições de explicar a situação, mas ele será ouvido novamente”, acrescentou a Delegada.

O homem foi levado à delegacia, anteriormente, por uso de documento falso e também por estupro de vulnerável, quando chegou a ficar preso por cerca de dois meses e meio no ano de 2012.

A vítima do homicídio cometido na última quinta-feira (23) foi identificada pelas impressões digitais, após trabalhos realizados no Instituto Médico-Legal Dr. André Roquette. Já o homem foi preso pela equipe do Departamento de Homicídios e Investigação contra a Pessoa (DHPP), com o apoio da PMMG, e as investigações estão sob responsabilidade da Delegacia Especializada de Homicídios, em Santa Luzia. A princípio, o inquérito policial será concluído nos próximos dez dias.

O suspeito foi encaminhado ao Sistema Prisional.

Total
1
Comp.
1 comment

Comments are closed.

Reportagem Anterior
Foto: PMMG/Divulgação

Homem é morto na garagem de casa em Belo Horizonte

Próxima Reportagem
Duas pessoas ficam feridas em acidente na MG-329, em Caratinga - Foto: Gian Carlos Souza/Arquivo pessoal

Duas pessoas ficam feridas em acidente na MG-329, em Caratinga

Postagens Relacionadas