ELEIÇÕES 2020Veja os 15 nomes dos candidatos a Prefeito em Belo Horizonte saiba mais
Gerais

Morre João Miguel, que teve dinheiro de campanha desviado pelo pai para levar vida de luxo

Foto: Reprodução/Instagram
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

Morreu nesta quinta-feira (17) o menino João Miguel, de dois anos, em Belo Horizonte, que enfrentava uma atrofia muscular espinhal (AME), uma doença degenerativa grave.

A criança, que morava em Conselheiro Lafaiete ficou conhecida após o pai dele, Mateus Henrique Leroy Alves, de 37 anos, ser preso por suspeita de desviar cerca de R$ 600 mil do dinheiro arrecadado em uma campanha para custear o tratamento.

Ele chegou a ser internado no Hospital Infantil João Paulo II (HIJPII), localizado no Bairro Santa Efigênia, Região Leste da capital, mas morreu. O corpo do menino será liberado para funerária às 19h e será velado em Conselheiro Lafaiete, na Região Central de Minas, onde a família reside.

Prisão

A Polícia Civil prendeu Mateus Henrique Leroy Alves, de 37 anos, em julho deste ano, em um hotel de luxo, Salvador de frente para a praia, com custo mensal de R$ 2 mil, onde foram encontrados relógios, joias, objetos de luxo, uma porção de maconha e R$ 3 mil em espécie.

Segundo o delegado Daniel Gomes, dos cerca de R$ 1 milhão arrecadados, ele teria gasto mais de R$ 600 mil, somente em um único dia, chegou a sacar R$ 100 mil em espécie, sendo que os saques vem acontecendo deste abril, após denuncia da mãe da criança.

446 Publicações

Sobre
Editora do Por Dentro de Minas responsável pela sessão de notícias Gerais.
Artigos
Relacionados
Gerais

Polícia conclui investigações sobre homicídio em Uberaba

Suspeitos do crime são o filho da vítima
Gerais

Polícia conclui inquérito sobre homicídio e tentativa de feminicídio em São Joaquim de Bicas

Motivação dos crimes seria uma discussão entre o suspeito e a vítima fatal
Gerais

Seis pessoas são presas em flagrante por cárcere privado em Prudente de Morais

Proprietário do estabelecimento também foi autuado por crime ambiental

Deixe uma resposta