fbpx
Redes Sociais

Eleições 2018

CNT/MBA divulga segunda pesquisa sobre eleições em Minas Gerais

Segundo pesquisa, em uma disputa entre Anastasia e Pimentel no segundo turno, o tucano leva a melhor, com 35,4%, contra 25,7% do petista

• atualizado em 23/08/2018 às 14:59

A CNT (Confederação Nacional do Transporte) divulgou nesta quinta-feira, 23, o resultado da Pesquisa CNT/MDA – Eleições 2018 sobre intenções de voto em Minas Gerais.

Foram realizadas 2.002 entrevistas, distribuídas em 84 municípios de todas as regiões do estado, entre os dias 17 e 20 de agosto. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada sob os números MG-02724/2018 e BR-06132/2018.

Essa é a segunda rodada de uma série que prevê levantamentos sobre as tendências de voto para as eleições de outubro em Minas Gerais e em São Paulo.

Intenções de voto para o governo estadual

Na pesquisa estimulada para o primeiro turno, o candidato do PSDB, Antonio Anastasia, aparece com 25,1% dos votos, seguido do atual governador, Fernando Pimentel, do PT, que obteve 18,6%. Em terceiro lugar, vem Romeu Zema, do Novo, com 4,3% das intenções de voto. Os votos nulos, em branco e de indecisos somam 47,0%.

Em cenário de segundo turno entre Antonio Anastasia e Fernando Pimentel, o candidato do PSDB obtém 35,4% dos votos contra 25,7% de Pimentel. Votos em branco, nulos e de indecisos somam 38,9%.

Intenções de voto para o Senado

A Pesquisa CNT/MDA também apurou as intenções de voto dos eleitores mineiros para o Senado.

Na pesquisa estimulada, em que os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados, a ex-presidente da República, Dilma Rousseff, do PT, aparece com 23,2%, seguida do jornalista Carlos Viana (PHS) com 7,9%. Depois deles, vêm o Professor Túlio Lopes (PCB), com 6,4%; e Diniz Pinheiro (Solidariedade), Rodrigo Pacheco (DEM) e Bispo Damasceno (PPL), com 5,4% cada um.

Intenções de voto para presidente da República

No levantamento estimulado para presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, obtém 38,2%; e Jair Bolsonaro, do PSL, alcança 20,2% dos votos dos mineiros. Em seguida, vêm Marina Silva (Rede), com 4,8%; Ciro Gomes (PDT), com 4,3%; Geraldo Alckmin (PSDB), com 4,1%; João Amoêdo (Novo), com 1,7%; e Alvaro Dias (Podemos), com 1,6%. Os outros candidatos aparecem com menos de 1,0% das intenções de voto.

No cenário estimulado para presidente sem a presença de Lula e com Fernando Haddad, Jair Bolsonaro (PSL) aparece com 21,9%; e Haddad alcança 12,6% da preferência em Minas Gerais. Em seguida, vêm Marina Silva (Rede), com 9,3%; Ciro Gomes (PDT), com 7,1%; Geraldo Alckmin (PSDB), com 5,9%; Alvaro Dias (Podemos), com 2,2%; João Amoêdo (Novo), com 1,9%; Henrique Meirelles (MDB), com 1,4%; e Guilherme Boulos (Psol), com 1,0%. Os demais candidatos obtiveram menos de 1%. Votos em branco, nulos e de indecisos somam 34,3%.

Interesse pelas eleições

Entre os entrevistados, 56,0% afirmam ter pouco ou nenhum interesse pelas eleições de outubro, e 21,2% disseram ter muito interesse no pleito.

Conhecimento sobre os candidatos

A maioria dos eleitores ouvidos, 66,4%, disseram que conhecem pouco ou nada sobre os candidatos a governador de Minas Gerais, e 6,8% dos entrevistados disseram que conhecem bastante sobre as opções de candidatos ao governo do estado.

Avaliação da atuação do governador Fernando Pimentel

A atuação de Fernando Pimentel foi considerada ruim ou péssima por 44,4% dos entrevistados; regular por 35,2%; e ótima ou boa por 13,6%.

A gestão de Fernando Pimentel foi desaprovada por 61,1% e aprovada por 25,0% dos entrevistados.

Comparação entre os governos de Anastasia e de Pimentel

Quando comparados os dois últimos gestores estaduais, 42,9% dos entrevistados indicam Antonio Anastasia como o melhor; 22,1% preferem Fernando Pimentel; e 25,7% dizem que nenhum dos dois.

Prioridades de Minas Gerais

Espontaneamente e com múltiplas respostas, os principais problemas a serem resolvidos em Minas Gerais, citados pelos entrevistados, são: saúde (67,0%); educação (51,3%); policiamento/segurança (33,8%); e mais emprego (26,4%)

Com CNT

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eleições 2018

Romeu Zema, do Novo, é eleito governador por Minas Gerais

O senador Anastasia não conseguiu se eleger

Foto: Elberty Valadares/Por Dentro de Minas

O empresário Romeu Zema, do Novo, foi eleito neste domingo, 28, governador de Minas Gerais pelos próximos quatro anos.

Segundo a apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), até as 18h50, Zema já tinha recebido 5.857.062 votos – o correspondente a 71,58% dos votos válidos. Já Anastasia tinha 2.325.855- o que corresponde a 28,42% dos votos válidos.

Nesse horário, 80,99% dos votos já estavam apurados.

Continua lendo

Eleições 2018

Cobertura das Eleições 2018 em Minas Gerais

Acompanhe o segundo turno das eleições em Minas Gerais

• atualizado em 28/10/2018 às 18:13

Continua lendo

Eleições 2018

Zema e Anastasia participam do último debate na TV antes do 2° turno

Candidados tiveram oportunidade de expor ao público as proposta para o Governo de Minas

Foto: Elberty Valadares/Por Dentro de Minas

Os candidatos ao Governo de Minas, Romeu Zema (Novo) e Antonio Anastasia (PSDB) participaram do últimos debate antes eleições do 2º turnro que acontece neste domingo, 28. Realizado pela TV Globo Minas, o debate mediado pelo jornalista Ismar Madeira, ocorreu durante a noite desta quinta-feira, 25.

O debate da TV Globo foi dividido em quatro blocos, onde os candidatos apresentar as propostas antes das segundo turno das eleições 2018. Durante o programa, foram discutido sobre a crise do estado.:

1º bloco: candidatos fazem perguntas de temas livres um para o outro;

2º bloco: candidatos fazem perguntas com temas definidos por sorteio;

3º bloco: candidatos fazem perguntas de temas livres um para o outro;

4º bloco: perguntas com temas definidos por sorteio e candidatos fazem as disposições finais.

Após debate

Continua lendo