Redes Sociais

Educação

Salão do Estudante deve receber mais de 30 mil participantes

Confira a programação da maior e mais completa feira de cursos no exterior da América Latina e garanta sua presença

Maior e mais completa feira de intercâmbio da América Latina, o Salão do Estudante chega ao Brasil no mês de setembro, em sete capitais do País. O objetivo do evento, que deve receber mais de 30 mil participantes, é proporcionar contato direto entre os estudantes e representantes de reconhecidas instituições de ensino internacionais e escolas de idiomas de diversas partes do mundo, bem como com as melhores agências de intercâmbio do Brasil. O atendimento personalizado facilita tirar todas as dúvidas antes de tomar uma decisão.

A edição contará com a participação de 13 países (Alemanha, Argentina, Austrália, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Irlanda, Lituânia, Nova Zelândia, Portugal, Reino Unido e Suíça). Representantes de mais de 200 instituições darão informações sobre cursos de idiomas, ensino médio, graduação, pós-graduação, MBA, mestrado e doutorado, além de cursos de extensão e técnicos, com certificação, preparação universitária, programas de trabalho, estudo e viagem, para jovens, famílias e altos executivos. Será possível saber detalhes sobre custos, descontos, requisitos para admissão, vistos, acomodação, seguro-viagem, passagens aéreas, se matricular nos cursos e até fazer testes de proficiência de idioma.

Birkbeck, Universidade de Londres, na Inglaterra; Universidades do Porto e Lisboa, em Portugal; Universidade de Ulster, na Irlanda do Norte; Richmond School District, no Canadá; e Enforex, na Espanha, estão entre as instituições de renome que participarão da feira. Dos Estados Unidos serão cerca de 15 instituições, entre elas o Rochester Institute of Technology; a Full Sail University; Universidade da Califórnia; e a New York Film Academy, que promoverá o campus da Austrália. Também estará presente a Education USA, órgão do Governo norte-americano que representa outras centenas de universidades.

Destinos e cursos mais procurados

Em 2017, 302 mil estudantes brasileiros fizeram algum tipo de intercâmbio, de acordo com a Pesquisa Selo Belta, divulgada pela Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio (Belta). Segundo estudos feitos pelo Salão do Estudante, os destinos mais procurados são Estados Unidos, Canadá, Portugal, Austrália e Reino Unido.

O principal perfil de quem busca intercâmbio é de jovens e adultos entre 17 e 30 anos, para se tornarem fluentes em um segundo idioma, terem contato com culturas diferentes e melhorar o currículo. Porém, de acordo com levantamento do Salão do Estudante, há um leve aumento no número de estudantes mais velhos buscando estudar fora do Brasil.

Outra constatação é que mais pessoas estão optando por graduação e pós-graduação no exterior para aprimorar o currículo. Portugal é um dos destinos mais procurados para esse tipo de curso. Passou do 5º para o 3º lugar em apenas 1 ano. Isso porque, além de aceitar a nota do ENEM, o país oferece muitos cursos mais baratos que no Brasil – em primeiro e segundo lugar estão Estados Unidos e Canadá. O tempo de graduação é de 3 a 5 anos e os cursos mais procurados são administração, engenharia, marketing e arte e design.

Para os cursos de pós-graduação houve um aumento de 5% na procura, principalmente para MBA. Países como Canadá, Austrália e Nova Zelândia oferecem inclusive incentivo para migração de profissionais altamente qualificados e possibilidade de trabalho durante ou após os estudos.

Driblando a crise

A constante alta de moedas estrangeiras encarece a vida no exterior. Para driblar esse obstáculo sem deixar de fazer intercâmbio, muitos estudantes estão diminuindo o tempo de permanência no exterior ou até mesmo mudando o país de destino. Para os cursos de idiomas, por exemplo, que normalmente são de 4 semanas, há muita gente optando por ficar apenas 2 ou 3 semanas.

Alguns destinos ganham destaque em momentos de crise por proporcionarem um investimento menor. É o caso da Argentina, para quem quer aprender espanhol (ao invés de ir para a Espanha), ou da Lituânia, para aqueles que decidem por uma alternativa mais barata sem abrir mão de estudar na Europa. Já Irlanda e Malta são destinos alternativos para os que querem falar inglês e trabalhar enquanto estudam.

Youtubers compartilham suas experiências

Um diferencial dessa edição do Salão do Estudante será a participação de youtubers e influenciadores digitais que falam em seus canais e redes sociais de temas como viagens, intercâmbio e cursos no exterior. Eles irão compartilhar suas experiências com os visitantes e tirar dúvidas, além de dar dicas de como planejar e aproveitar melhor a viagem.

A feira oferecerá ainda seminários para esclarecer dúvidas sobre os diferentes sistemas educacionais do mundo e de como se matricular em escolas internacionais.

Serviço

Belo Horizonte (MG)
16 de setembro (domingo), das 14h às 18h30,
no Hotel Mercure BH Lourdes, Avenida do Contorno, 7.315 – Lourdes
A entrada na feira é gratuita, mas é preciso fazer inscrição. Mais informações em www.salaodoestudante.com.br.

Sobre o SALÃO DO ESTUDANTE

O Salão do Estudante é a maior feira de intercâmbio da América Latina. Entre mais de 300 expositores, o evento reúne variedades de cursos no exterior e as melhores empresas de intercâmbio do Brasil, para quem procura a melhor faculdade internacional ou simplesmente quer fazer um curso de inglês no exterior. Há oportunidades fora do País para todos os gostos e idades.

Site: www.salaodoestudante.com.br

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Inscrições abertas para o Mestrado em Biotecnologia da Funed

Mestrado tem como área de concentração a Biotecnologia em Saúde e é constituído por duas linhas de pesquisa

Estão abertas as inscrições para a primeira turma do Mestrado Profissional em Biotecnologia da Fundação Ezequiel Dias (Funed). As aulas iniciarão em março de 2019 e serão ofertadas 15 vagas aos profissionais com nível superior completo, conforme disponibilidade dos orientadores do Programa. As inscrições para o processo seletivo podem ser feitas até às 16h do dia 1º de fevereiro, horário de Brasília.

O Programa visa promover a formação de recursos humanos qualificados para atuação em setores produtivos, empresas de base biotecnológica e instituições de ciência e tecnologia, contribuindo para o desenvolvimento de produtos, processos e novas técnicas de análise e diagnóstico de base biotecnológica.

O Mestrado tem como área de concentração a Biotecnologia em Saúde e é constituído por duas linhas de pesquisa: 1- Bioprodutos e 2- Bioensaios. As inscrições podem ser feitas, gratuitamente, pessoalmente ou enviadas pelos correios para o endereço informado no edital.

O processo seletivo será composto por três etapas. A primeira inclui o deferimento das inscrições, com a verificação da documentação completa e que atenda a todas as especificações do Edital. A segunda é composta por prova de conhecimentos específicos, de caráter eliminatório e classificatório. A prova será baseada em artigo científico em inglês e terá duração de 4 horas, sendo realizada na data prevista no cronograma (calendário do processo seletivo). A terceira etapa consiste na análise de currículo, de caráter apenas classificatório.

Acesse o edital completo do processo seletivo e confira aqui outras informações sobre o Mestrado Profissional em Biotecnologia da Funed.

Continua lendo

Educação

Unimontes abre inscrições para o processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada

Processo oferta 1.169 vagas e contempla 49 cursos regulares de graduação ministrados no campus e nos campi da Universidade

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), no âmbito da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), e demais instituições públicas de ensino superior do país, começam nesta terça-feira (22/1).

A Unimontes, atualmente, oferece 1.169 vagas em por meio SiSU. O Edital do Processo Seletivo 01/2019 também está disponível no site www.sisu.unimontes.br.

A seleção contempla 49 cursos regulares de graduação ministrados no campus-sede e nos campi de Almenara, Brasília de Minas, Espinosa, Janaúba, Januária, Paracatu, Pirapora, Salinas, São Francisco e Unaí – além do núcleo de Pompéu.

Deste total de vagas, 566 são para a categoria de “Ampla Concorrência” (ou Sistema Universal). As outras 603 são ofertadas pelo sistema de reserva de vagas, em consonância com a Lei Estadual, onde se lê: 234 vagas para negros – egressos de escola pública/carente; 234 vagas para egressos de escola pública/baixa renda; 49 para pessoas com deficiência; e 49 vagas para indígenas – egressos de escola pública.

Inscrição

O interessado deverá acessar o site específico do Ministério da Educação, no endereço eletrônico www.sisualuno.mec.gov.br. É necessário utilizar o número de inscrição e a senha utilizada no Enem/2018. Cada pessoa pode escolher até duas opções de curso.

O prazo encerra-se na próxima sexta-feira (25/1), às 23h59, somente pela Internet. O acesso à Unimontes pelo SiSU é feito com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio, que foram divulgadas no último dia 18 e podem ser consultadas neste link.

No sítio eletrônico, o estudante deverá informar o CPF e a senha pessoal. O candidato não pode ter “zerado” a redação para participar do processo de seleção do SiSU.

Cronograma

O resultado da Chamada Regular 1ª chamada será divulgado em 28 de janeiro. A matrícula on-line para a 1ª Chamada será efetuada entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro. Já a efetivação da matrícula deverá ser feita presencialmente, entre os dias 26 a 28 de fevereiro, com a entrega da documentação exigida no Edital 01/2019.

Importante ressaltar, ainda, que os candidatos do sistema de reserva de vagas deverão protocolar a documentação para comprovar as questões socioeconômicas entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro, na secretaria geral do campus-sede ou nas secretarias setoriais dos demais campi, tendo como referência o local em que o curso pleiteado é oferecido.

A manifestação para fazer parte da lista de espera – 2ª Chamada – deverá ser feita entre os dias 28 de janeiro e 4 de fevereiro.

Continua lendo

Educação

Sisu começa a receber inscrições de estudantes

Inscrição é feita exclusivamente pela interne no site do Sisu com o número de inscrição e senha do Exame Nacional do Ensino Médio

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abriu inscrições para cursos de graduação em universidades públicas de todo o país. O período de inscrição vai de terça-feira, 22, até a próxima sexta, 25. Esta edição, a primeira de 2019, vai oferecer 235.461 vagas, distribuídas em 129 instituições de educação superior. A inscrição é feita exclusivamente pela internet, devendo o candidato acessar a página eletrônica do Sisu com o número de inscrição e senha do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Por intermédio do Sisu, universidades públicas oferecem vagas em cursos de graduação aos estudantes que fizeram o Enem 2018 e tiveram nota superior a zero na prova de redação. Ao se inscrever, o candidato deve fazer até duas opções de curso, especificando, em ordem de preferência, a instituição de educação superior pretendida, local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência. Também pela página do Sisu na internet é possível ao candidato acompanhar a inscrição, ter acesso às classificações parciais e notas de corte, ver o resultado final e a lista de aprovados. Outra opção é baixar o aplicativo do Sisu, disponível para Android e IOS.

O resultado dessa etapa será divulgado em 28 de janeiro e os estudantes selecionados terão de 30 de janeiro até 4 de fevereiro para realizar a matrícula junto à instituição. Este processo é feito diretamente com a universidade; assim, é importante ficar atento aos dias, horários e locais de atendimento definidos pelas instituições. Essas informações estão disponíveis nos respectivos editais.

Espera – os candidatos ao Sisu que não tiverem sido selecionados na chamada regular podem ingressar na lista de espera, cujo prazo de inscrição vai de 28 de janeiro a 4 de fevereiro. Já a convocação dos candidatos da lista de espera acontece a partir de 7 de fevereiro.

A partir desta edição, candidatos selecionados na chamada regular, em primeira ou segunda opção, não poderão mais participar da lista de espera. Outra novidade é que os candidatos não selecionados na chamada regular poderão escolher, para a lista de espera, a primeira ou a segunda opção informada no período da inscrição. Antes era possível apenas a primeira opção.

Continua lendo