Redes Sociais

Cultura

Complexo Penitenciário de Ribeirão das Neves recebe a 10ª edição do Festipri

Final do Festival da Canção Prisional acontece
nesta quarta-feira, 07 de novembro

O Complexo Penitenciário Público Privado de Ribeirão das Neves (CPPP) foi o local escolhido para a realização da final do Festival da Canção Prisional de 2018 (FESTIPRI) da região metropolitana de Belo Horizonte. Organizado pela GPA – Gestores Prisionais Associados, o FESTIPRI acontecerá amanhã, quarta-feira, dia 07 de novembro, às 13h.

Idealizado pelo delegado Estadeu Costa, falecido em 2010 (que será homenageado no evento), o FESTIPRI é uma importante forma de dar oportunidade a todos os reclusos do Estado de Minas Gerais e de ressocialização. A participação é muito positiva, em local neutro e possibilita momentos de descontração, amenizando as lembranças do ambiente prisional.

Com o formato de show de talentos, 19 detentos, de seis unidades (Apac Itaúna, PJMA. Pio Canedo de Pará de Minas, Estêvão Pinto, Martin Drummond e CPPP) farão suas apresentações musicais e serão avaliados por um importante corpo de jurados. Serão premiados os três primeiros colocados do Festipri, além de um troféu especial de “Melhor Intérprete”.

O júri, convidado pela GPA, será formado por grandes nomes do meio musical e artístico: o vocalista da banda Preto no Branco, Clovis Pinho, autor do sucesso ‘Ninguém Explica Deus’, Felipe Vilela, rapper e coordenador do Missão África, o cantor Ian Alone, participante do The Voice Brasil da Rede Globo, Felipe Barros, CEO da Oinc Filmes e um dos principais líderes de louvor da Igreja Batista da Lagoinha, Raquell Guimarães, estilista e proprietária da Doiselles, Marta Simone David Nitchaus, musicista e cantora do coral lírico de MG, indicada ao prêmio Bom Exemplo da Rede Globo em 2017, e o compositor e violonista Celso Adolfo.

Este ano, o evento será apresentado por Alex Passos, um dos grandes comunicadores e produtores artísticos do país. Alex é conhecido por seu trabalho no programa Balaio, tanto na TV quanto no rádio, além dos trabalhos com grandes nomes da música brasileira: Fernandinho, Leonardo Gonçalves, Gabriela Rocha, Thalles Roberto, Eli Soares, Preto no Branco, Diante do Trono, André Valadão entre outros. Entre as audições, os cantores Ian Alone e Felipe Vilela apresentarão algumas de suas músicas. Para finalizar o evento em grande estilo, o Preto no Branco, maior grupo gospel do Brasil, subirá ao palco e celebrará o sucesso da iniciativa.

FESTIPRI 2018

7 de Novembro | 13h

Local: Complexo Penal – Parceria Público Privado

Unidade 1 – Rua Esplanada, s/n

Fazenda Mato Grosso – Ribeirão das Neves/MG

Para realizar a cobertura ou agendar entrevista, entre em contato com a assessoria de imprensa.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Dama More Modas participa de desfile mostrando todo potencial de sua “marca” para os mineiros

Com mais de 20 anos de mercado, empresa vem ganhando destaque pela frequente aparição na mídia e também em eventos sociais;  Desfile acontece no dia 16 de dezembro no Ouro Minas Palace Hotel 

 

Construir uma marca e consolida-lá no mercado não é uma tarefa fácil, principalmente em tempos de oscilação econômica. No entanto, quando o trabalho é feito com responsabilidade e acima de tudo idoneidade, o reconhecimento chega quando menos se espera e com a “Dama More Modas” não foi diferente. A empresa que tem mais de 20 anos de mercado vem ganhando destaque pelos consumidores, quanto também por artistas da música, jogadores de futebol, apresentadores da TV e por demais jornalistas, já que a “Dama More Modas” está sempre nos jornais e mídias espontâneas.

 Espaço onde é realizado o Minas Fashion Week.

Por tanta aparição através do seu ótimo trabalho, a Dama More Modas foi convidada para participar do “Minas Fashion Week”, evento que completa 10 anos e que nessa edição mostrará por meio dos desfiles a essência de quem vive no sertão. O evento será realizado no dia 16 de dezembro de 15h30 às 22h30 no Ouro Minas Palace Hotel (Av. Cristiano Machado, 4001 – Ipiranga, Belo Horizonte – MG) com diversas marcas e terá um desfile especial da “Dama More Modas” às 18h, que vem sendo organizado pelo empresário e gestor André Luiz Costa Pinto, um dos grandes nomes da moda mineira e nacional. Nesta edição do Minas Fashion Week, que terá o foco no social, alimentos e donativos serão doados a Ong Amigos de Minas, que converte doações para o Norte de Minas (Ver inscrição abaixo).


André Luiz Costa Pinto
(empresário e 
gestor da
Dama More 
Modas) –
Foto: Arquivo Pessoal.

 

Em entrevista, André Luiz Costa Pinto (empresário e gestor da Dama More Modas) diz que ser convidado para o “Minas Fashion Week” foi de suma importância para os mais de 20 anos de mercado da “Dama More Modas”. De acordo com ele, é um reconhecimento do trabalho que a empresa já vem fazendo há mais de 20 anos. “O convite surgiu há pouco tempo através do Bráulio Ivo, um dos grandes nomes da moda, conhecido por fazer books internacionais. Tive a chance de conhecer ele no programa ‘Bia Top Mais, na BH News TV’. Passando alguns meses após esse encontro, a direção do Minas Fashion Week me ligou convidando a loja para participar do evento, até mesmo por já estarem nos acompanhando nas Redes Sociais, portais de notícias e também na TV. Para mim foi uma satisfação muito grande, pois são mais de 20 anos de trabalho e de muita luta. Estar participando do programa da Bia Top Mais foi fundamental nesse processo”, comenta.

Em relação ao “mercado de moda – consumidor”, André Luiz Costa Pinto diz que a participação da “Dama More Modas” no Minas Fashion Week vai agregar ainda mais reconhecimento para a loja. “Sobre à questão do mercado e claro, reconhecimento da marca, acredito que vai mostrar a nossa qualidade na passarela, tendo preço justo para o consumidor final. Na verdade, o que a Dama More Modas vem trazendo e sempre mostrando para seus consumidores de todo o Brasil, é que a pessoa pode estar na moda com ‘Looks’ despojados, mas com qualidade e claro, preço acessível. Vivemos em um mundo onde tudo é muito distorcido, infelizmente. Não adianta mostrar na passarela um vestido de R$10 mil que está fora da realidade consumidora de muitas pessoas. Por isso, procuramos buscar de tudo para o consumidor final, agregando valores, menor preço, qualidade e acima de tudo, excelência em nosso trabalho”, comenta.

Espaço do desfile no Ouro Minas Palace. Foto: Marcelo. Poleze Fotografia.

Celebridades e troféu

André Luiz Costa Pinto adiciona também, que por ser a primeira vez que a “Dama More Modas” participará do Minas Fashion Week, será uma espécie de vitrine para a loja. “Vai ser uma vitrine para a Dama More Modas e espero estar agregando para as lojas que vão estar presentes também. Lembrando que o Minas Fashion Week vai presentear as empresas com o ‘Troféu Fashion Business’ e isso me deixou também muito contente. Não poderia deixar de dizer também, que no dia do nosso desfile que acontece às 18h, haverá celebridades de renome no evento. A Dama More Modas estará convidando nomes famosos para estarem presentes no dia. No entanto, os nomes só serão revelados alguns dias antes da realização do Minas Fashion Week. Será com toda certeza uma surpresa para os presentes e convidados do evento e tenho toda certeza que as pessoas vão se surpreender”, salientou.

Inscrição e solidariedade

Para participar do “Minas Fashion Week”, André Luiz Costa Pinto (empresário e gestor da “Dama More Modas”), diz que é simples, basta entrar no site do evento. “Vale a pena participar desse grande evento que terá o foco no social, na solidariedade. O Minas Fashion Week chega com uma grande ideia para ajudar os moradores do Norte. Aliás, o que mais me motivou a participar deste grande evento, foi a questão do cunho social. Sempre fiz esse tipo de trabalho para ajudar o próximo, como ONG´s e outros e quem me conhece sabe disso. Por isso, é com grande prazer que a ‘Dama More Modas’ estará no evento em dezembro. Se você gosta de moda e também de ajudar o próximo, o Minas Fashion Week é com toda certeza a grande pedida para esse fim de ano. Agradeço imensamente o convite da direção do Minas Fashion Week para participar deste grande evento”, concluiu.

Fotos do evento: Marcelo Poleze Fotografia.
Foto André Luiz Costa Pinto: Arquivo Pessoal

Outras informações pelo: www.minasfashionweek.com.br. Participe deste grande evento.

E também pelo telefone:
Telefone: (31) 3586-7164

Continua lendo

Cultura

Ministro da Cultura confirma presença no III Congresso Brasileiro dos Promotores de Eventos

• atualizado em 18/12/2018 às 11:28

Sérgio Sá Leitão participa de evento que acontece na capital mineira nos dias 27 e 28 de novembro; congresso, abordará os principais temas do setor, como a cobrança do ECAD, Meia Entrada e Vale Cultura

O Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, confirmou a sua presença no terceiro Congresso Brasileiro dos Promotores de Eventos. Realizado pela ABRAPE – Associação Brasileira dos Promotores de Eventos, o evento acontece nos dias 27 e 28 de novembro, terça e quarta-feira, no Expominas (Av. Amazonas, 6200 – Gameleira, Belo Horizonte), e trará importantes nomes do mercado de entretenimento para palestrar sobre diversos assuntos. A iniciativa é direcionada a profissionais de toda a cadeia de eventos.

A abertura do congresso ficará por conta do Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão. O músico, compositor e apresentador, Thedy Corrêa, vocalista da banda Nenhum de Nós, será um dos palestrantes do evento. O gaúcho abordará o tema “O Impacto da música na vida das pessoas”, e discutirá a união de dois universos aparentemente tão distantes, a música e o mundo dos negócios, além de tópicos como trabalho em equipe, gerenciamento de crises, inovação e liderança. Quem também palestrará no Congresso é o Presidente da Liga das Escolas de Samba do grupo especial de São Paulo desde 2009, Paulo Sergio Ferreira (Serginho); e Zé Ricardo, músico e atual curador do palco Sunset do Rock in Rio. Eles ficarão encarregados de apresentar os desafios na realização de grandes eventos e festivais e passar um pouco das suas experiências na liderança de equipes.

Outras importantes discussões serão tratadas durante o congresso, como a polêmica forma de cobrança do ECAD, a tão discutida Meia Entrada, a Lei Rouanet e o Vale Cultura, além de questões técnicas como planejamento tributário, redes sociais, gestão de carreiras, vendas, mídias, arquitetura de eventos e tecnologias no setor. As inscrições para o III Congresso Brasileiro dos Promotores de Eventos podem ser realizadas pelo site da ABRAPE – www.abrape.art.br.

Sobre a ABRAPE

A Associação Brasileira dos Promotores de Eventos – ABRAPE, é uma entidade nacional fundada em Brasília em 1992 e que tem por objetivo representar as empresas produtoras e promotoras de eventos culturais e de entretenimento no Brasil, preservar seus interesses e direitos, e promover o desenvolvimento e a valorização do setor que é hoje um dos maiores expoentes nacionais na oferta de empregos diretos e indiretos, e na geração de renda, movimentando bilhões de reais anualmente. A sede em Belo Horizonte se deve ao fato do atual Presidente, Carlos Alberto Xaulim, estar baseado nesta cidade, mas a Associação tem filiados em todo o país sendo estes os realizadores dos maiores eventos em cada região. Mais informações sobre a ABRAPE: www.abrape.art.br.

Serviço:

III Congresso Brasileiro dos Promotores de Eventos

Datas: 27 e 28 de novembro (terça e quarta-feira)

Local: Expominas (Av. Amazonas, 6200 – Gameleira, Belo Horizonte)

Valores:

Sócio – Isento -1 inscrição

Colaborador de sócio – R$150,00

Outros – R$300,00

Mais informações, programação completa e inscrições: www.abrape.art.br

Continua lendo

Cultura

Feriado musical: Orquestra de Câmara Opus e Sá e Guarabyra lotam Teatro do “Sesc Palladium”

• atualizado em 17/11/2018 às 14:17

Apresentação no dia 16 de novembro contou com
sucessos e músicas do novo álbum “Cinamomo”;
Flávio Venturini e Paulinho Pedra Azul
estavam na plateia


*Matéria e fotos:

Jornalista
Felipe de Jesus
Cobertura no Sesc Palladium

Poucos artistas da música conseguem chegar aos quase 50 anos de carreira com o mesmo pique do início. Alguns são vencidos pelo cansaço e acabam fazendo poucos shows. Todavia, existem os que se mantem ativos na produção musical esbanjando alegria e acima de tudo empolgação nos shows, como, por exemplo, a destacável dupla Sá e Guarabyra. Com uma discografia “impecável” e sucessos conhecidos na boca do povo, eles que criaram o estilo “Rock Rural” se apresentaram no Sesc Palladium (Av. Augusto de Lima, 420 – Centro) no dia 16 de novembro sob convite da magnífica Orquestra de Câmara Opus (Orquestra de Ouro Preto) regida pelo maestro Leonardo Cunha. Na apresentação, sucessos da carreira e releituras que fazem parte de “Cinamomo (2018)”, novo álbum da dupla. O Sesc Palladium ficou lotado.

Sá e Guarabyra com a Orquestra de Câmara Opus.

Para animar a plateia em ritmo de orquestra, eles abriram o show com a belissima canção Harmonia, releitura do álbum “Sá e Guarabyra  (1985)”. Acompanhados pela Orquestra OPUS eles encantaram com o refrão da música. “Harmonia, Harmonia, Harmonia, Harmonia. Harmonia é ver o sol nascer. Com o brilho da lua ainda lá. Harmonia é a rua e é você. É a luz do escuro no olhar. Que desejo tão fácil de se ter. Que presente difícil de ganhar”. Em seguida a dupla animou o público no Sesc Palladium com a famosa “Ziriguidum Tchan” do álbum “Vamos Por Aí (1990)”. Mais um grande refrão conhecido pelo público “Crack, rap, hip hop, rock. Walk, don’t walk now. Ziriguidum tchan”.

“Ziriguidum Tchan” do álbum “Vamos Por Aí (1990)” foi acompanhada pelo público.

Em seguida a dupla magistralmente em companhia da Orquestra OPUS cantou “Roque Santeiro” (sucesso da novela de 1986) ao qual Sá e Guarabyra assinaram boa parte da trilha sonora. Mais uma música bem orquestrada pela OPUS e claro, acompanhada pelo público. “E no ABC do Santeiro. O que diz o A, o que diz o A, O A diz adeus a matriz, O que diz o B, o que diz o B, O B é a batalha da morte, O que diz o C, o que diz o C, Coitado do povo infeliz”. O show também teve espaço para grandes homenagens, como na canção “Caçador de Mim”, escrita por Sá em parceria com Sérgio Magrão, do 14 BIS, sucesso com Milton Nascimento no álbum “Caçador de Mim (1981)”. Linda letra: “Por tanto amor, por tanta emoção. A vida me fez assim. Doce ou atroz, manso ou feroz. Eu, caçador de mim. Preso a canções. Entregue a paixões que nunca tiveram fim. Vou me encontrar longe do meu lugar. Eu, caçador de mim. Nada a temer. Senão o correr da luta”.

“Caçador de Mim” também foi cantada pela dupla.

Presenças ilustres

Se não bastasse a bela apresentação da Orquestra OPUS com Sá e Guarabyra, o show ainda contou com a presença “na plateia” de dois grandes nomes da música nacional: Flávio Venturini e Paulinho Pedra Azul. No momento que eles foram citados por Guarabyra, o público foi ao delírio. Para alegrar, Guarabyra lembrou da letra de “Espanhola”, música que ele compôs com Flávio Venturini nos anos de 1970 quando moravam em São Paulo. Em seguida Sá e Guarabyra tocaram a música. “Te amo espanhola. Te amo espanhola. Se for chorar. Te amo. Sempre assim. Cai a o dia e é assim. Cai a noite e é assim. Essa lua sobre mim. Essa fruta sobre o meu paladar”.

“Espanhola”, música que ele compôs com Flávio Venturini animou ainda mais o público.

Sucessos

Para os fãs mais apaixonados pela discografia da dupla, eles tocaram “Sobradinho”, música do álbum “Pirão de Peixe Com Pimenta (1977)”
que relembra as viagens da dupla pelo Rio São Francisco. “O homem chega, já desfaz a natureza. Tira gente, põe represa, diz que tudo vai mudar. O São Francisco lá pra cima da Bahia. Diz que dia menos dia vai subir bem devagar. E passo a passo vai cumprindo a profecia do beato que dizia que o Sertão ia alagar. O sertão vai virar mar, dá no coração. O medo que algum dia o mar também vire sertão”. A música também já foi interpretada pelo grupo Biquíni Cavadão no álbum “Um Barzinho, Um Violão (2001)”, que traz vários artistas interpretando grande nomes da música nacional.

No fim do show, a Orquestra de Câmara Opus e Sá e Guarabyra fizeram uma foto especial com o público.

Além desses sucessos, a dupla ainda cantou “Mestre Jonas”, “Dona” , “Barulhos” e etc, deixando um gostinho de quero mais nos fãs que pediram ainda, “Zepelim”, “Marimbondo” e outras canções da carreira da dupla. No entanto, a dupla deixou claro que poderão voltar a se apresentar em Belo Horizonte/MG por causa do novo disco “Cinamomo (2018)”. Antes disso, a dupla se apresentará com Flávio Venturini e 14 Bis no Rio de Janeiro. Até lá vamos aguardar para ter novamente uma ótima apresentação da dupla e quem sabe, com a magnífica Orquestra de Câmara Opus.

Continua lendo