Reunindo cerca de 30 mil, Parada do Orgulho LGBT ganha as ruas do Centro de BH


A 18ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte ganhou as ruas do Centro da capital no fim da tarde deste domingo. A festa, que começou na Praça da Estação, reúne cerca de 30 mil pessoas, segundo os organizadores. Já a Polícia Militar (PM) trabalha com um número menor, 10 mil, e afirma que o evento é tranquilo e nenhuma ocorrência foi registrada.

O desfile começou por volta das 17h30 passando pela Rua da Bahia, Avenida Afonso Pena e Rua Professor Morais, finalizando ato por volta das 21h30. Agentes da Unidade Integrada de Trânsito, formada por policiais militares e agentes da BHTrans operam o tráfego na região, com o auxílio da Guarda Municipal. A Rua Aarão Reis entre viaduto da Floresta e Rua dos Guaicurus estará interditada.

Veja a passagem do trio pela Rua da Bahia


O coordenador da coordenadoria, Douglas Miranda, ressalta o clima de festa . “Estamos em meio a um público alegre, uma grande família. Gays, lésbicas, pessoas trans, homens, mulheres, brancos, negros, famílias, crianças, deficientes: estão todos aqui para lutar pela cidadania. Essa festa fortalece o movimento social e mostra a importância de ouvir essas pessoas”, avalia.

Entre os participantes da festa está o pastor Gregory Rodrigues, fundador da Igreja Apostólica Benção e Vida. “Objetivo é mostrar que Deus não faz separação de pessoas. É possível viver a homossexualidade de uma forma sadia e que a bíblia não condena. Deus é um Deus de todo”, diz o religioso.

Total
0
Shares
Relacionados