Jacutinga, interior de Minas, oferece turismo de compras e opções de passeio



Jacutinga, localizada no sul de Minas, ficou conhecida nacionalmente pela tradição da confecção de malhas e do crochê, responsável pelo rápido desenvolvimento do turismo de compras.

No mês março, a cidade começa a receber visitantes de todo Brasil para conhecer a coleção de malhas Outono-Inverno 2015. As lojas e vitrines já estão compostas pelas tendências da coleção da temporada mais fria e aconchegante do ano.

O Lançamento da Coleção Outono-Inverno 2015 irá apresentar aos lojistas de todo Brasil, guias e público em geral, as principais tendências no setor retilíneo.

As lojas da cidade começaram a ficar abertas até mesmo nos finais de semana e são vendidas mais de 500 mil peças. “Neste mês, todas já estarão com suas coleções de inverno em suas vitrines”, informou Bandeira.

A cidade de Jacutinga-MG possui atualmente um parque têxtil com aproximadamente 1.300 fábricas em funcionamento e cerca de 750 lojas que atendem atacado e varejo e que retratam muito bem a estratégia de competição dos empresários locais, focada de forma intensa, no conceito de agregar cada vez mais qualidade e design aos produtos.

A Cidade é referência nacional e até internacional no segmento e atualmente exporta para mais de 30 países, sendo ainda um dos maiores exportadores de vestuário do estado de Minas Gerais, com aproximadamente 30% do total exportado.

Além do turismo de compras, a cidade oferece diversos eventos ao longo do ano, como em Janeiro “O festival e Tira Gosto”, que elegeu o melhor pão de queijo da cidade e outros petiscos. Além dos eventos, a cidade possui diversos pontos turísticos que podem ser visitados o ano todo.

 

Principais Pontos Turísticos de Jacutinga/MG

 

Igreja Matriz de Santo Antônio

A construção, uma das mais antigas do município, reserva belíssimas surpresas aos visitantes. Obras de artes que a tornam ainda mais valiosa. A começar pelo relógio, fabricado em Jacutinga por Lourenço Fernandes, passando pela porta principal, com um belo entalhe feito por João Pinheiro de Oliveira Pires, seguindo para seu interior, onde os vitrais, murais e telas disputam a atenção das pessoas, com destaque para as cópias feitas por Antônio Volponi, tiradas de cartões do renomado pintor alemão Fugel, que segue o estilo expressionista, e do pintor italiano Fra Bartolomel.

 

Lago

O Lago Municipal ou Parque Primo Raphaelli, é um dos lugares mais visitados pelos turistas que chegam a Jacutinga. Possui um belo e atraente lago. Um local que é um convite para uma boa caminhada através da pista de cooper, pesca ou até umas boas pedaladas na pista de bicicleta.
O Parque conta ainda com uma infraestrutura para festas, um centro de lazer para crianças e, acadedia ao ar livre, campo de bocha, pista de skate, e quadras esportivas, além do quiosque convidativo para um ótimo Happy Hour.

 

Pico Alto Alegre

Com seus 1325 metros de altitude, o pico Alto Alegre é um dos atrativos mais belos de Jacutinga. Em seu topo apresenta uma grande surpresa: uma bela lagoa. Dali, também é possível praticar do vôo livre, através da rampa.

Pico da Forquilha

Localizado a 7 Km do centro da cidade, o Pico da Forquilha destaca-se por sua atraente paisagem natural e suas características geográficas que encantam os turistas.
Do alto de seus 1.200 metros de altitude, um presente da natureza é a bela vista panorâmica da região. De lá é possível avistar algumas cidades do Estado de São Paulo, já que o município de Jacutinga faz divisas com os municípios paulistas de Espírito Santo do Pinhal, Itapira, Mogi Mirim, Mogi Guapé e Águas de Lindóia.
O Pico da Forquilha é uma boa opção para os ecoturistas, pois possui trilhas que possibilitam contatos com as belezas naturais no decorrer do caminho.
Durante as noites estreladas, muitos visitantes acampam no pico para desfrutarem da beleza do céu.

Praça dos Expedicionários

Apesar de pequena, a praça possui um mosaico dedicado aos pracinhas de Jacutinga, que combateram na Segunda Guerra mundial. Este mosaico é de autoria do Cônego Sebastião Carvalho Vieira.


Praça Matriz ou Praça Francisco Rubim

Com seu bonito coreto e jardins bem tratados, a Praça da Matriz é um ponto de referência da cidade. Nos finais de semana, é frequentada por jovens, que além de namorar, podem encontrar os amigos para uma boa conversa.
A praça é, também cercada lojas que oferecem as mais modernas e variadas opções de roupas em linhas e malhas, além e lanchonetes, cafés e sorveterias.

Atrativos Naturais

Jacutinga é conhecida por sua água mineral, engarrafada diretamente da Fonte São Clemente, que jorra 36 mil litros por dia. Além da Fonte São Clemente que oferece ao visitante pátio para recreação, vários mirantes e a própria água mineral.


Antiga estação Ferroviária

A estação de Jacutinga foi aberta em 1897. Em 1918, ela tinha o nome de Silviano Brandão, mas o nome voltou a Jacutinga não muito tempo depois. Antes de a estação ser ligada à Mogiana, o que somente ocorreu em agosto de 1898 com a entrega da estação de Sapucaí, as cargas eram transportadas dali à estação de Eleutério, da Mogiana, já 3 km dentro de território paulista, em “carros e tropas”. Está estação teve importante papel na Revolução de 32. Uma verdadeira aula de história a céu aberto, hoje a estação conta com uma antiga locomotiva.  

 

Turismo Ecológico e Rural

Existem outros passeios interessantes, como a Cachoeira da Saudade, a 7 de Abril, a dos Stecca e outras que compõem o turismo ecológico e rural. É possível chegar de carro, a pé ou de bicicleta, apreciando as paisagens montanhosas que cercam a cidade mineira de Jacutinga.  Albertina, distrito de Jacutinga, é também mais uma das atrações da cidade. No distrito, o turista pode fazer um belo passeio à Cachoeira da Saudade e ao Morro Alto Alegre, com 1325 metros de altitude.

Total
0
Shares

Relacionados
Total
0
Share