Connect with us

Concursos e Empregos

Sebrae Minas abre 25 vagas para o curso Empretec em Contagem

Curso que ensina a empreender na prática está com inscrições abertas até o dia 6 de julho

O curso Empretec criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e aplicado há 25 anos pelo Sebrae no Brasil, abre 25 vagas para empreendedores de Contagem que desejam iniciar um negócio ou melhorar o desempenho da gestão da empresa. A capacitação será realizada de 23 a 28 de julho e as inscrições poderão ser feitas até o dia 6 de julho pelo (31) 3392-7630. Mais informações no site www.sebrae.com.br/minasgerais.

A metodologia do Empretec desenvolve dez características do empreendedor, que vão da busca de oportunidades e iniciativa à persistência para superar desafios e almejar o sucesso, passando por questões como comprometimento, exigência de qualidade e eficiência.

Para participar da capacitação, é preciso se inscrever e passar na seleção que consiste em única entrevista agendada, com o objetivo de identificar o perfil empreendedor do candidato.

Os selecionados terão um treinamento intensivo, com oito horas diárias por seis dias, além de 12 horas de trabalhos extraclasse. O conteúdo reúne aspectos da conduta empresarial e exercícios práticos que aperfeiçoam as habilidades do empreendedor. Nas 60 horas de curso, o participante também vivencia possíveis mudanças, revendo conceitos e atitudes.

Mais de 250 mil pessoas já participaram do Empretec no Brasil. Entre 2010 e 2017, foram mais de 12 mil participantes em Minas Gerais e, apenas no ano passado, 59 turmas formadas no estado reuniram cerca de 1,7 mil participantes. Para 2018, estão previstas 65 edições do Empretec no estado e a capacitação de mais 1,9 mil pessoas de Norte a Sul de Minas Gerais.

Curso Empretec

De 23 a 28 de julho, das 8h às 18h

Av. José Faria da Rocha, 1849 – Eldorado

Contagem/MG

Inscrições até 6 de julho: (31) 3392-7630

Informações: www.sebrae.com.br/minasgerais

Concursos e Empregos

Estado nomeia 306 analistas e assistentes administrativos de Defesa Social

Desde a homologação do concurso, em 2014, já foram nomeados 9.913 aprovados para todo o sistema prisional

O Governo de Minas Gerais publicou, no dia 3 julho, no Diário Oficial do Estado, 306 nomeações de candidatos aprovados para os cargos de assistente executivo de Defesa Social e analista executivo de Defesa Social.

As nomeações são referentes ao concurso Seplag/SEDS nº 07/2013 e visam preencher vacâncias em razão de aposentadorias e exonerações e de contratos rescindidos das secretarias de Segurança Pública (Sesp) e Administração Prisional (Seap).

Na Sesp foram nomeados 78 aprovados, sendo 47 analistas executivos e 31 assistentes executivos. Já para a Seap foram nomeados um total de 228 pessoas (60 analistas executivos, 164 assistentes executivos e quatro médicos da área de defesa social).

Desde a homologação do concurso, em 2014, já foram nomeados 9.913 aprovados para todo o sistema prisional do Estado, sendo 2.846 aprovados para o cargo de agente administrativo assistente, analista e médico; 745 para o cargo de agente de segurança socioeducativo; e 6.322 para o cargo de agente de segurança penitenciário.

Os aprovados serão convocados nos próximos dias pela Superintendência Central de Perícia Médica no site da Seplag para realizar os exames médicos em até 30 dias contados a partir dessa quarta-feira (4/7).

Continua lendo

Concursos e Empregos

Fundação João Pinheiro abre inscrições para concurso público para Especialista em Políticas Públicas

Nota do Enem é utilizada na primeira etapa. Segunda etapa consiste na frequência e conclusão da graduação em Administração Pública

Teve início nesta quarta-feira (20/6) o período de inscrições para o concurso público para provimento de 40 vagas da carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG). O Edital Seplag-FJP nº 001/2018 e o passo a passo para efetivação da inscrição estão disponíveis nas páginas da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e da Fundação João Pinheiro (FJP).

As inscrições custam R$ 60 e poderão ser feitas até 20 de julho na página da Fundação Cefet Minas. Para participar, o interessado deverá apresentar o número de sua inscrição no Enem e de seu CPF.

Cotas

Acatando a uma demanda da Escola de Governo da FJP, a Lei Estadual nº 22.929, de 13 de janeiro de 2018, instituiu as cotas sociais e raciais para ingresso no concurso público Seplag/FJP, constituindo uma das mais significativas conquistas da instituição e um avanço na promoção da democracia e dos direitos humanos no estado.

De acordo com a nova legislação, são destinadas 20% das vagas para pessoas negras; 3% para indígenas; e 17% para pessoas de baixa renda que estudaram em escolas públicas; e 10% para pessoas com deficiência.

Concurso

Os candidatos inscritos que forem aprovados com um mínimo de 350 pontos em cada prova objetiva e 500 pontos na redação do Enem 2018 serão classificados e os primeiros 40 convocados para a segunda etapa, que consiste na frequência e conclusão do curso de graduação em Administração Pública (Csap), ministrado pela Escola de Governo da Fundação João Pinheiro.

Oferecido de forma gratuita, o curso tem duração de quatro anos, período em que os estudantes recebem uma bolsa de estudos mensal correspondente a um salário mínimo.

Após formados, os bacharéis recebem o título de Administradores Públicos e são nomeados para atuar como Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) em um dos diversos órgãos e entidades da administração direta, autárquica e fundacional do poder executivo estadual.

Carreira

Essenciais para o aprimoramento da gestão pública em Minas Gerais, os EPPGG são aptos a trabalhar nas áreas de planejamento e avaliação, administração financeira e orçamentária, contabilidade, modernização da gestão, racionalização de processos, gestão e tecnologia da informação, recursos logísticos, recursos materiais, recursos humanos e administração patrimonial.

A remuneração do cargo de EPPGG, nível 1, grau A, pode corresponder a até R$ 5.100, aproximadamente, considerando o Vencimento Básico acrescido de 100% da Gratificação de Desempenho e Produtividade Individual e Institucional – GDPI (valor variável).

Excelência

A graduação em Administração Pública da FJP mantém um histórico de excelentes classificações nas avaliações oficiais do país. Em 2017, o curso ficou em 1º lugar entre os de Administração Pública do país no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e conquistou o conceito máximo (5) no Índice Geral de Cursos – IGC (Inep/MEC).

No mesmo ano, obteve o selo de qualidade 5 estrelas na avaliação de cursos superiores do Guia do Estudante – GE da Editora Abril e, em 2016 e 2017, recebeu o Prêmio Melhores Universidades – Excelência especializada.

Além dessas avaliações positivas, o curso obteve conceito “A” na avaliação requerida no processo de renovação de seu credenciamento junto ao Conselho Estadual de Educação, ocorrida em dezembro de 2016.

Continua lendo

Concursos e Empregos

Fhemig abre processo seletivo para o Hospital Maria Amélia Lins

Interessados devem ficar atentos ao prazo de inscrição, que vai somente até a próxima sexta-feira (8/6). Processo é regido pelo Regulamento nº 39/2018

Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) está com inscrições abertas para o Processo Seletivo Público Simplificado para atuação no Hospital Maria Amélia Lins (Hmal), na capital.

O objetivo do processo é o cadastramento de currículos, visando à contratação de profissionais para as funções de nutricionista e formação de quadro de reserva para a função de farmacêutico.

Os interessados devem se inscrever por meio do site www.fhemig.mg.gov.br. O prazo vai até às 17h do dia 8 de junho de 2018 (sexta-feira).

As informações sobre o processo seletivo estão no Regulamento nº 39/2018.

O Hospital

Hospital Maria Amélia Lins (Hmal) foi inaugurado em 1947. Ao iniciar suas atividades, tinha por missão atuar como pronto-socorro e Instituto Médico Legal de Belo Horizonte. Com a construção do HPS, em 1973, a unidade, que pertencia a Fundação Estadual de Assistência Médica de Urgência (Feamur), passou por uma mudança no foco de atendimento e se transformou em uma policlínica. Logo em seguida, foi transformado em hospital geral, vindo a integrar a Fhemig.

Em 1989, começou a buscar sua identidade própria, mesmo ano em que o Hospital João XXIII transferiu os serviços eletivos de cirurgia bucomaxilofacial, de cirurgia e fisioterapia de traumas dos membros superiores para a unidade. Cinco anos depois, o serviço de ortopedia e traumatologia programada também foi transferido do Hospital João XXIII para o Hospital Maria Amélia Lins.

Atualmente, o hospital conta com especialistas nas áreas de coluna, ombro, quadril, joelho e cirurgia da mão. Realiza cirurgias vídeo artroscópicas, de fixadores externos e próteses. A unidade investe nas áreas de ensino e pesquisa. Em 1997, foi criada a Residência Médica em Ortopedia, credenciada pelo Ministério da Educação e Cultura e Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e recentemente foi credenciada a Residência em Cirurgia da Mão.

O Hmal está localizado na Rua dos Otoni, 772, bairro Santa Efigênia, em Belo Horizonte.

Continua lendo