ÚLTIMASFeira Hippie, clubes e bares com música ao vivo poderão voltar a funcionar em Belo Horizonte saiba mais
MúsicaNotícias

Fela Day BH completa 9 anos e reúne exposição, sessões de cinema, debates e oficinas sobre a vida e obra de Fela Kuti

Foto: Babadan | Crédito: Pedro Renna

Evento será realizado nos dias 18 e 19 de outubro, no Viaduto das Artes, no Barreiro, e traz para Belo Horizonte o diretor Pedro Rajão, autor do documentário “Anikulapo”

Celebrado em várias cidades do planeta, o Fela Day chega à capital mineira nos dias 18 e 19 de outubro, a partir das 15h, no Viaduto das Artes (av. Olinto Meirelles, 45, Barreiro), em Belo Horizonte. Com entrada gratuita e ingressos a preço popular, o projeto é realizado por meio dos recursos do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte e conta com a produção de Rafael Aquino, coordenador de projeto da Associação Move Cultura e DJ. Entre as atrações está o cineasta Pedro Rajão, autor do documentário “Anikulapo”, a pesquisadora paulista Vanessa Soares, e o grupo Babadan Banda de Rua.

Realizado na capital mineira desde 2010, sempre envolvendo expressões artísticas, como a dança, a música, o cinema, as artes plásticas e os debates, o Fela Day celebra o aniversário do músico nigeriano Fela Kuti, responsável em disseminar o afrobeat em diferentes culturas. O artista, que sempre teve um discurso político engajado, completaria 81 anos no dia 15 de outubro de 2019. O evento também tem como missão reforçar as heranças africanas na cultura brasileira. “As crenças, os costumes e a musicalidade nacional estão inteiramente relacionados aos nossos antepassados africanos”, ressalta Rafael Aquino.

A escolha do Viaduto das Artes, no Barreiro, não foi por acaso. O espaço cultural tem como diferencial conectar artistas e público de Belo Horizonte, Betim, Contagem e cidades metropolitanas. O Fela Day terá entrada gratuita na sexta-feira, dia 18, e, no sábado, dia 19, o ingresso custa R$ 10 (preço único). A retirada dos convites pode ser feita pela plataforma Sympla.

Atrações. Todos os convidados do Fela Day BH 2019 têm um trabalho primoroso de pesquisa e resgate das tradições africanas. Entre as atrações está o cineasta Pedro Rajão, autor do documentário “Anikulapo”, sobre o movimento político e musical do afrobeat. No evento, ele apresentará uma exposição que lança luz no seu trabalho de pesquisa na Nigéria sob as lentes de Micael Hocherman. Por meio de fotografias, é possível viajar pelas cores e pelo calor dos cenários nigerianos. O artista está disponível para entrevistas.

Na programação do Fela Day, também se destaca a pesquisadora paulista Vanessa Soares. Ela ministrará a oficina Dança dos Orixás Osun (Iemanjá e afrobeat da Nigéria), que tem como proposta valorizar a cultura africana e o empoderamento feminino. O trabalho é resultado de uma imersão de 27 dias em Lagos, na Nigéria, onde a dançarina teve contato direto com descendente de Fela Kuti. A atividade não tem restrição de idade.

No sábado, dia 19, quando será realizada uma feira de Afroempreendedores, com vestuários, artesanatos e comidas, as apresentações musicais darão o tom. E, para fechar a celebração de 2019, a Babadan Banda de Rua foi escalada. Fundado em 2017, o grupo nasceu por meio do projeto Bloco Afro Magia Negra e tem como função combater o preconceito étnico-racial e reverenciar a cultura africana. A apresentação será enérgica.

Fela Day BH 2019

Dia 18, a partir das 15h, entrada franca;
Dia 19, a partir das 16h, ingresso a R$ 10 (preço único)
Viaduto das Artes (avenida Olinto Meirelles, 45, Barreiro), em Belo Horizonte.
Convites disponíveis na Sympla https://www.sympla.com.br/fela-day-bh-2019__669119

Contato para entrevistas:

Felipe Pedrosa (assessor) – 98741-9539
Rafael Aquino (produtor) – 98803-7914

752 Publicações

Sobre
[ Jornalista e Editor Geral - Por Dentro de Minas | Portal Terra ] - Graduação: Jornalista (FESBH), Teólogo (F.ESABI), Sociólogo e Letras (F.Polis das Artes) e Economista (UNIP). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Universidade Europeia Miguel de Cervantes/UEMC), Doutorado Prof. em Ciências Sociais e Políticas (USIP) e atualmente cursa Direito (UNIESP-BH). Apaixonado por música, colabora no "CulturalizaBH/Portal UAI" e na "TV Balcão" com a coluna "Crítica Musical" falando sempre sobre álbuns, coberturas de shows e etc. Tem como hobbie comprar CDs e também vinis. É também apaixonado por Sociologia, tanto que de sua graduação em Ciências Sociais: Sociologia, se tornou colunista de Opinião & Comportamento do portal da "RedeTV!" e "Rondônia Digital" e desta coluna, nasceu o "E-book: Sociedade Conectada: a Influência da Internet no Cotidiano". Da Economia, área ao qual foi repórter e sub-editor, se tornou colunista no "Divulga Gerais" após sua graduação em Ciências Econômicas: Economia. É colaborador de Jornais/Portais de Notícias, Diretor do Grupo Conteúdo - Agência de Notícias - Sites e também editora e assina matérias em alguns jornais de Minas Gerais e do Brasil. A escrita é sua maior base e paixão no Jornalismo. [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]
Artigos
Relacionados
EconomiaNotícias

Partilhas e Ações Judiciais: Você sabe qual é o procedimento correto e o que fazer para evitar dores de cabeça nesse momento 'familiar' tão delicado?

Na foto: O gemólogo e perito Hugo Werner Flister  – Crédito: Agência GC. Em Minas Gerais, a ‘H.Werner Perícias & Avaliações’, é…
NotíciasTurismoVariedades

Santuário do Caraça: qual o motivo do nome de um dos mais belos destinos de MG?

Local, que hoje é considerado uma das Sete Maravilhas da Estrada Real, chama a atenção de turistas de todo o mundo que…
CulturaEntretenimentoNotícias

Diretora do CENSA Betim participa de live sobre a influência da arte em pessoas com deficiência

Natália Costa, diretora presidente da instituição que é referência nacional, participará da transmissão ao vivo que acontece no dia 20 de agosto,…

Deixe uma resposta