Redes Sociais

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa Dino e não é de responsabilidade do PORDENTRODEMINAS.com

Falta de planejamento: um passo gigante para o caos na gestão empresarial

As empresas que buscam a base para seus planos nos resultados, proporcionando assim maneiras de planejar e prever as possibilidades do ramo, estão se destacando por otimizarem a gestão empresarial, aumentando não só os níveis de lucratividade, mas melhorando o cenário na empresa no mercado.

gestão empresarial

gestão empresarial ( DINO )

Evite o caos na gestão da sua empresa com um planejamento organizado, conciso e real.

São Paulo/SP, 04/10/2018 –

Antes de fazer qualquer tipo de plano é preciso ter clareza dos objetivos e metas com ele. Você já imaginou na possibilidade das empresas iniciarem seus processos a partir dos resultados? É fato que as empresas já fazem isso se destacam no mercado.

No meio empresarial, com um bom planejamento, é possível ter em mente (e no papel) o que é melhor para a gestão da empresa . Além de ser uma forma eficaz de se ter uma visão das possibilidades futuras, alterando ações não viáveis antes que ela dê errado.

Uma das consequências da falta de planejamento é o número de empresas que abrem e fecham as portas em um curto prazo — algumas em menos de um ano. Não é à toa que o planejamento de resultados deve ser pensado no nível estratégico.

O ambiente corporativo está cada vez mais competitivo e pequenos detalhes estão levando empresas à falência. Mesmo aquelas que parecem uma ideia promissora estão enfrentando desafios que exigem delas uma visão crítica.

As empresas que buscam a base para seus planos nos resultados, proporcionando assim maneiras de planejar e prever as possibilidades do ramo, estão se destacando por otimizarem a gestão empresarial, aumentando não só os níveis de lucratividade, mas melhorando o cenário na empresa no mercado.

Com planos simples as organizações de sucesso deixam claro aspectos financeiros e estratégicos, definindo onde e como quer chegar antes mesmo de colocar o plano em ação.

Para fazer tudo isso de forma simples e rápida, as empresa definem de modo eficaz “Quem ela é”, “Onde ela está”, “Para onde vai” e “Como ir até lá”.
O processo formal de planejamento de resultados
Um processo formal de planejamento mantêm as atividades organizadas, de modo que os prazos são diminuídos menores para objetivos mais urgentes, e aumentados para ações que podem ser aplicadas ao longo do processo.

As estratégias adotadas para atingir o objetivo são descritas e tratam de todas as etapas do processo, definindo ações em relação ao produto, mercado, às tecnologias, à qualidade, produtividade, aos recursos humanos etc.

Todas as projeções financeiras de uma empresa estão ligadas ao orçamento, entre elas as receitas, os custos dos produtos e/ou serviços, as despesas com vendas, gestão e financeiras de um modo geral e os investimentos. É nesse sentido que, pensando no futuro, as grandes organizações se preocupam com a elaboração do fluxo de caixa, das margens de contribuição, dos demonstrativos de lucro e balanço patrimonial.

Com esse tipo de informação em mãos, presume-se resultados para mais de um ano e verifica-se irregularidades em resultados anteriores, servindo como base para novas projeções. Assim, futuras necessidades podem ser verificadas e atitudes podem ser tomadas, como a busca por financiamentos e alteração nas decisões em relação ao produto e aos serviços prestados.

As análises, como o cálculo de rentabilidade e da situação do caixa por exemplo, podem ser antecipadas com essas informações. É por isso que um planejamento de resultados exige muito conhecimento da empresa e é um exercício que vem exigindo dos gestores paciência e foco.

Apesar das possibilidades simples e rápidas é sempre aconselhável o acompanhamento de profissionais preparados e qualificados no apoio a decisões que, por sua vez, devem ser tomadas com base em dados rigorosos e diligentes, aumentando as chances de sucesso e evitando o caos.