Campeonato MineiroCruzeiroURT

Invicto! Cruzeiro vence, se isola na liderança e fica perto da vantagem nas finais!

Portal do Torcedor

Marquinhos fez um gol e deu o passe para o outro na vitória celeste em Patos de Minas. Foto: Foto: Gualter Naves/LightPress

Marquinhos fez um gol e deu o passe para o outro na vitória celeste em Patos de Minas. Foto: Gualter Naves/LightPress

 

Não foi um daquelas atuações de encher os olhos da torcida. Pelo contrário. Mas se o que importa são os três pontos, o Cruzeiro os conquistou. Longe de casa, a Raposa derrotou a URT por 2 a 0 e manteve a escrita de jamais ter perdido para o time azul de Patos de Minas em jogos válidos pelo Campeonato Mineiro.

A Raposa encontrou dificuldades para furar a retranca montada pelos donos da casa. Sofreu com a deficiência na ligação entre defesa e ataque e só chegou à vitória na etapa complementar de jogo.

O primeiro gol saiu após boa arrancada de Marcos Vinicius pela esquerda. O garoto serviu Marquinhos que bateu com categoria no canto direito sem chances de defesa.

Em desvantagem, a URT partiu para o ataque e até pressionou o Cruzeiro, obrigando o goleiro Fábio a realizar pelo menos duas boas defesas. O gol que matou o jogo em favor do time celeste aconteceu já nos acréscimos. No contra-ataque, Joel recebeu de Marquinhos e encheu o pé dando números finais à sétima vitória estrelada na primeira fase do Campeonato Mineiro.

Com o resultado e o empate sem gols da Caldense contra o Boa Esporte em Poços de Caldas, o Cruzeiro assumiu a liderança isolada do Estadual com 24 pontos. Já a URT permaneceu com sete e entrou na zona do rebaixamento ao lado do Guarani que também possui a mesma pontuação.

Na última rodada da primeira fase, o Cruzeiro receberá a Tombense no Mineirão, no próximo domingo, às 16h. Uma vitória garantirá à Raposa a vantagem nas finais da competição. A URT brigará pela permanência no módulo especial contra o Tupi, em Juiz de Fora, no mesmo dia e horário.

O jogo

A primeira boa chance de gol da partida foi da Raposa. Aos cinco minutos, Leandro Damião recebeu no meio e serviu Marquinhos pela direita. O meia bateu cruzado da entrada da área e a bola saiu rente a trave direita da meta de Fernando.

O jogo era truncado em Patos de Minas. A URT jogava com três volantes na contenção e o Cruzeiro não conseguia ultrapassar a forte marcação feita no meio-campo. Em consequência, os goleiros não trabalharam até os 20 minutos da etapa inicial.

O Cruzeiro só teve outra oportunidade aos 41 minutos. Leandro Damião fez novamente o papel de pivô e serviu Marcos Vinicius. O meia tentou o chute mas foi travado na hora pela defesa da URT.

Gol de Marquinhos

O Cruzeiro voltou disposto a furar o bloqueio dos donos da casa. E, logo aos cinco minutos, Marcos Vinicius arrancou pela direita e serviu Marquinhos que bateu com categoria no canto esquerdo para abrir o placar em Patos de Minas.

O resultado era ruim para os donos da casa que precisavam da vitória para afastar o risco de rebaixamento. Em consequência, abandonou o perfil defensivo e tentou investir no ataque. O Cruzeiro então se aproveitou para jogar em velocidade nos contra-ataques.

Em vantagem e com pouca criatividade, o Cruzeiro tocava a bola no meio campo e esperava o tempo passar. Raros foram os momentos em que a bola chegou para Leandro Damião no ataque. Poucas jogadas pelas laterais foram criadas. Do outro lado, o time da URT não conseguia levar perigo à bem postada defesa celeste.

Marcelo Oliveira percebeu a deficiência no setor de criação da equipe e aproveitou para lançar o meia Gabriel Xavier com a função de fazer a ligação entre o meio campo e o ataque.

A primeira grande oportunidade da URT na partida surgiu apenas aos 34 minutos do segundo tempo. Júnior Paraíba recebeu e bateu para o gol. No reflexo, Fábio fez boa defesa e impediu o empate dos donos da casa.

A URT voltou à carga em busca do empate aos 40 minutos. Robinson serviu Júnior Paraíba pela esquerda. Ele invadiu a área e bateu cruzado. Fábio fez mais uma boa defesa e mandou a bola para escanteio.

Nos acréscimos o Cruzeiro aproveitou o desespero da URT e matou o jogo. Marquinhos serviu Joel pela esquerda. O camaronês invadiu a área e encheu o pé. O goleiro ainda tentou mas não conseguiu fazer a defesa. Era o gol do triunfo celeste em Patos de Minas.

Não havia tempo para mais nada e o árbitro apitou o término da partida com mais uma vitória do Cruzeiro fora de casa.

URT 0 x 2 Cruzeiro

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Patos de Minas, às 16h
Estádio: Zama Maciel
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto
Auxiliares: Celso Luiz da Silva e Leandro Salvador da Silva
Cartões amarelos: Formigoni e Marzagão (URT); Gilson (Cruzeiro)
Gols:
Marquinhos, aos sete minutos; Joel, aos 49 minutos (2º tempo)

URT  – Fernando; Rafinha, Marcus Vinícius, Carciano e Marcel (Bruno Donizete); Marzagão, Formigoni, Júnior Paraíba e Robinho (Robson); Ramon (Wellington) e Edu Pina. Técnico: Eugênio Souza

Cruzeiro – Fábio; Ceará, Manoel, Léo e Gilson; Willian Farías e Charles (Eurico); Marquinhos, Marcos Vinícius (Joel) e Judivan (Gabriel Xavier) ; Leandro Damião Técnico: Marcelo Oliveira

230 Publicações

Sobre
Acompanhe as principais notícias do futebol mineiro.
Artigos
Relacionados
Cruzeiro

Homenagens e doações marcam o centenário do Cruzeiro

Além de arrecadar alimentos, clube celebrará data no Mineirão às 19h21
BrasileirãoCruzeiro

Cruzeiro e Cuiabá não saem do 0 a 0 em Belo Horizonte pela Série B

Com empate, chances da Raposa voltar à Série A em 2021 são pequenas
BrasileirãoCruzeiro

Oeste x Cruzeiro: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão Série B 2020

Brasileirão Série B 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe Oeste x Cruzeiro: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais

Deixe uma resposta