Redes Sociais

Atlético-MG

Pé direito! Galo perde muitas chances, marca no final e bate Uberlândia na estreia do Mineiro

Não foi fácil! O Atlético começou a sua caminhada no Campeonato Mineiro 2016 com vitória no Triângulo Mineiro. Depois de perder muitas oportunidades e vê o goleiro Thiago Braga em dia inspirado, o time alvinegro conseguiu balançar as redes do Uberlândia nos minutos finais, venceu por 1 a 0 e garantiu os três primeiros pontos do estadual. O gol da vitória atleticana foi bem chorado, com Léo Silva desviando de cabeça e a bola batendo em Wendel antes de entrar.

Com a vitória no duelo dos campeões, o atual do Módulo 1 contra o do Módulo 2, o Galo começa o Mineiro no G-4 e é o quarto colocado com três pontos. O time alvinegro perde para América e Caldense no saldo de gols e para o Villa Nova no número de gols marcados. Já o Uberlândia é o 10º.

Agora, o Atlético só voltará a jogar pelo Campeonato Mineiro no dia 10 de fevereiro (quarta-feira). Na oportunidade, o Galo vai receber a Caldense, reeditando a final do estadual de 2015, às 21h45, no Independência. Já o Uberlândia já retorna ao campo na semana que vem. No sábado de carnaval, dia 6, a equipe do Triângulo Mineiro viaja para Juiz de Fora e enfrenta o Tupi, às 17h.

Antes de voltar a pensar no Mineiro, o Galo muda o foco de novo para a segunda rodada da Primeira Liga. O Atlético tentará se recuperar da derrota na estreia em pleno Mineirão para o Flamengo diante do Figueirense, que também perdeu na estreia para o América, dia 7 de fevereiro (domingo de carnaval), às 17h, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). O outro jogo da chave atleticana entre Flamengo e América será apenas no dia 17 de fevereiro (quarta), às 21h45, no Rio de Janeiro.

Uberlândia dá trabalho; Galo tem dificuldades

O primeiro tempo de Atlético e Uberlândia foi bem morno, mas até foi um pouco movimentado. A equipe da casa esteve bem postada em casa e deu bastante trabalho para o time alvinegro, que errava muito. Apesar disso, os dois times tiveram chances para abrir o placar, três para cada lado praticamente.

O Uberlândia teve duas boas chances com Caio Dantas. Primeiro, aos 4 minutos, ele recebeu perto da área, limpou para o meio e arriscou o chute, mas pegou mal na bola e mandou longe do gol. Depois, aos 16, ele apareceu bem na área, conseguiu o giro, porém novamente bateu para fora. Apesar disso, a melhor chance dos donos da casa no primeiro tempo foi aos 21, quando o zagueiro Rodolfo Mol apareceu bem na área e desviou de cabeça, a bola foi para fora com muito perigo e não entrou por detalhe.

O Galo sentiu um pouco a falta de ritmo de jogo, o que é normal em início de temporada. No início do jogo, o time alvinegro errou muitos passes, porém depois começou a ter mais a posse de bola. O time alvinegro teve três chances de gols. A primeira aos 14 minutos, quando Dátolo apareceu bem pela direita e cruzou para Marcos Rocha tentar de cabeça, a bola foi para fora assustando o goleiro Thiago Braga. Depois, aos 28, Lucas Pratto recebeu na direito, invadiu na área e tentou o chute, mas Braga defendeu.

O Atlético conseguiu ainda criar uma boa chance na primeira etapa no finalzinho. Aos 40 minutos, Hyuri recebeu lançamento na área e deu o passe para trás na direção de Pratto, o argentino estava em boas condições para fazer o gol, mas na hora do chute foi travado pelo zagueiro. Não teve jeito, placar zerado nos primeiros 45 minutos.

Jogo melhora; Galo marca no finalzinho

A etapa final de Atlético e Uberlândia melhorou bastante em relação ao primeiro tempo. A partida ficou mais movimentada e com as duas equipes criando oportunidades. O Galo teve mais posse de bola e pressionou mais os donos da casa, que se seguraram bem e tinham a proposta de jogar nos contragolpes.

O Atlético começou em cima da equipe do Triângulo Mineiro no segundo tempo e teve boas chances para marcar o seu gol, mas não foi fácil. Apesar de pressionar, o Galo não contava com a sorte e ainda enfrentava um dia inspirado do goleiro Thiago Braga.

Em relação as chances atleticanas, o argentino Lucas Pratto teve duas boas, assim como o meia Dodô, que entrou na etapa final. Apesar disso, no primeiro minuto, quem quase marcou foi o volante Rafael Carioca, que arriscou o chute e obrigou Thiago Braga a fazer boa defesa. Já, aos 3, Pratto tentou de cabeça e de novo Braga fez bela defesa. Aliás, o argentino também quase marcou de cabeça aos 21 e novamente parou em grande defesa do goleiro da casa.

O prata da casa Dodô voltou a ter oportunidade com Aguirre. Depois de entrar contra o Flamengo na estreia da Primeira Liga, ele também entrou na etapa final diante do Uberlândia. O meia substituiu Patric. Dodô entrou bem e teve duas oportunidades impressionantes. Aos 19 minutos, ele bateu de longe rasteiro, a bola ia no cantinho e Thiago Braga voou para defender. Já, aos 36, Dodô apareceu na cara do gol após tabela e tirou com categoria do goleiro da casa, mas Braga ainda conseguiu fazer uma defesa espetacular com a ponta dos dedos e evitou o gol.

Aos poucos com o jogo se aproximando da reta final, o Uberlândia foi sentindo o cansaço e viu o Atlético cada vez mais pressionar. Os donos da casa se seguravam bem atrás e faziam tudo que podiam para pelo menos garantirem o empate. Mas, mesmo com o super dia de Thiago Braga, não foi possível manter  igualdade no placar. Aos 41 minutos, Marcos Rocha cobrou lateral na área, Léo Silva desviou de cabeça para o meio, a bola bateu em Wendel e entrou. Festa atleticana, que estreou com vitória no Mineiro. 1 a 0.

Ficha técnica do jogo

UBERLÂNDIA X ATLÉTICO

Motivo: Primeira rodada do Mineiro 2016
Data/horário: 31/01/2016, domingo, às 19h30
Local: Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (CBF-MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Marconi Hebert Vieira (CBF-MG)

Gol: Wendel (contra), 41min 2ºT

Cartões amarelos: Mikael e Thiago Braga (Uberlândia); Leandro Donizete (Atlético)

Uberlândia: Thiago Braga; Rodrigo Dias, Rodolfo Mol, Marco Tiago e Rayro; Jardel, Wendel, Max Carrasco (Ale) e Lenílson (Magalhães); Caio Dantas e Mikael (Malaquias). Técnico: Alexandre Barroso.

Atlético: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Tiago e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Patric (Dodô), Dátolo e Hyuri (Lucas Cândido); Lucas Pratto. Técnico: Diego Aguirre.

Por

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atlético-MG

Atlético-MG x Villa Nova-MG: acompanhe ao vivo pelo Mineiro 2019

Mineiro 2019 no Por Dentro de Minas – acompanhe Boa Esporte x América-MG: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais

Continua lendo

Atlético-MG

Atlético-MG x Tupi: acompanhe ao vivo pelo Mineiro 2019

Mineiro 2019 no Por Dentro de Minas – acompanhe Atlético-MG x Tupi: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais

• atualizado em 16/02/2019 às 18:49

Continua lendo

Atlético-MG

Caldense x Atlético-MG: acompanhe ao vivo pelo Mineiro 2019

Mineiro 2019 no Por Dentro de Minas – acompanhe Caldense x Atlético-MG: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais

• atualizado em 09/02/2019 às 16:44

Continua lendo