ÚLTIMASSaiba quem são os 16 pré-candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte saiba mais
CruzeiroLibertadores

Hora de reagir! São Paulo vence com gol de argentino e obriga Cruzeiro a ganhar no Mineirão

Deu São Paulo! No primeiro tempo da decisão de 180 minutos contra o Cruzeiro, o Tricolor fez o dever de casa. Como manda o figurino, contou com o apoio da torcida, pressionou o time celeste desde o início  e foi recompensado pelo maior volume de jogo. Com um gol de Centurion, aos 37 da etapa complementar, o São Paulo venceu a Raposa por 1 a 0 e larga na frente na briga pela vaga nas quartas de final da Libertadores.

Os 66.369 torcedores que foram ao Morumbi na noite desta quarta-feira, maior público do futebol brasileiro na temporada, viram um clássico em que o São Paulo teve 58% de posse de bola contra apenas 42% do time azul. Foram 10 finalizações a gol contra apenas três feitas pelo Cruzeiro durante os 90 minutos.

Em consequência, Fábio foi muito exigido e, com pelo menos três grandes defesas, evitou que a vantagem sãopaulina fosse maior. Se quiser avançar, o Cruzeiro terá que mudar a postura o Mineirão. O time celeste vai precisar agredir e pressionar a defesa tricolor da mesma maneira que foi castigado em São Paulo. Sem contar que precisará ter mais criatividade, empenho e versatilidade para derrubar a retranca que será montada pelo São Paulo.

Decisão na próxima quarta-feira!

O clássico decisivo do duelo entre Cruzeiro e São Paulo acontecerá na próxima quarta-feira, às 19h30, no Mineirão. Para avançar, o Tricolor joga por um empate. O Cruzeiro vai precisar de uma vitória por dois ou mais gols de diferença em casa. Vitória celeste por 1 a 0 leva a decisão para as penalidades.

Agora é o Brasileirão

No final de semana as atenções de Cruzeiro e São Paulo se voltam para a estréia no Brasileirão 2015. Em busca do pentacampeonato, o Cruzeiro fará o clássico contra o Corinthians no próximo domingo, às 16h, na Arena Pantanal. O time celeste foi punido pelo STJD com a perda de um mando de campo por causa de problemas ocorridos no clássico contra o Atlético no segundo turno do Brasileirão 2014. O São Paulo vai jogar no Morumbi, também às 16h, contra o Flamengo, de Vanderlei Luxemburgo.

O jogo

Embalado pela torcida, o São Paulo começou o jogo com mais posse de bola, marcando sob pressão no campo de defesa do Cruzeiro e tentando abrir o jogo pelos lados do campo. O Cruzeiro procurava se defender e administrar o jogo para diminuir o ímpeto do Tricolor.

Salva, Fábio!

Fábio fez uma grande defesa logo aos cinco minutos. Bruno cruzou da direita, Centurion subiu mais do que a zaga e cabeceou no canto esquerdo. O capitão celeste pulou e, no reflexo, evitou o primeiro gol dos donos da casa.

O São Paulo chegou com perigo mais uma vez aos 11 minutos. Novamente pela direita, Bruno foi a linha de fundo e cruzou para a área. A bola cruzou toda a extensão da área e chegou até Wesley que bateu de primeira mas sem perigo para a meta celeste.

Não valeu!

Aos 22, Paulo Henrique Ganso balançou as redes do Cruzeiro. Porém, estava impedido após cobrança de escanteio pela esquerda, e o juiz invalidou o lance.

A pressão do São Paulo era muito grande. O Tricolor dominava o meio campo e o Cruzeiro tinha séria dificuldade para sair jogando. Na maioria do tempo, o time celeste não conseguia segurar a posse de bola e tentava a ligação direta para Arrascaeta e Leandro Damião no ataque. Bem marcados pela defesa adversária, os dois eram facilmente neutralizados em campo.

Quase, Arrascaeta!

O primeiro lance de perigo do Cruzeiro na partida aconteceu aos 29 minutos. Após cobrança de falta da esquerda, Léo brigou com os zagueiros do São Paulo na área e a bola sobrou limpa para Arrascaeta. O uruguaio bateu de primeira e a bola passou com perigo por cima da meta de Rogério Ceni.

Salva, Fábio de novo!

Fábio fez mais uma grande intervenção na partida aos 35 minutos de jogo. Após novo cruzamento da direita, Pato cabeceou no contrapé do goleiro. Porém, Fábio foi rápido, se recuperou no lance, e desviou a bola com a ponta dos dedos. Tempo suficente para Manoel chegar na área e afastar o perigo da pequena área.

Arrascaeta de novo!

Enquanto Fábio era o destaque na defesa, Arrascaeta se virava como podia no ataque para levar perigo à meta de Rogério Ceni. Aos 37, o uruguaio recebeu passe de Willian na entrada da área e bateu de primeira. A bola bateu no lado direito da rede do Tricolor mas do lado de fora.

Aos 41, foi a vez de Leandro Damião aparecer pela primeira vez em campo. Arrascaeta arrancou pelo meio e tocou para o centroavante. Com tempo para analisar o que iria fazer, Damião optou por ajeitar o corpo e tentar o chute. A bola saiu rasteira e Ceni fez a defesa sem dificuldades.

Mais pressão!

O São Paulo voltou para a etapa complementar com o mesmo apetite do primeiro tempo. Era pressão total pra cima da defesa do Cruzeiro e várias jogadas pelos laterais. Com menos de dois minutos, Fábio fez mais uma grande defesa em um chutaço de Reinaldo de fora da área.

O Tricolor deve duas grandes oportunidades com Alexandre Pato aos 10 minutos. Primeiro ele ganhou na corrida de Manoel e, quando estava livre de marcação, tentou o passe para Centurion. Foi o tempo necessário para Willians se recuperar e mandar pra escanteio. Na cobrança, Pato apareceu livre de marcação na pequena área mas finalizou mal e viu a bola sair a direita da meta de Fábio.

A resposta celeste aconteceu aos 14 minutos. Leandro Damião recebeu pela esquerda e viu Marquinhos entrando livre pela direita. O centroavante fez o lançamento, Marquinhos tentou o chute de primeira e a bola saiu sem perigo pela linha de fundo.

Aos 17, Souza arrancou pelo meio e serviu Wesley nas costas de Mayke. O meia tentou o chute mas bateu desequilibrado e a bola saiu sem perigo para Fábio.

Joel na vaga de Damião

Marcelo Oliveira foi obrigado a fazer a primeira mudança por ordem médica. Damião sentiu a coxa esquerda e deu lugar a Joel.

Salva Fábio, de novo!

A noite era de Fábio no Morumbi! O capitão celeste fez a terceira defesa espetacular na partida aos 21 minutos. Após cruzamento da direita, Centurion cabeceou a queima-roupa. No reflexo, a muralha azul mandou para escanteio e salvou a meta estrelada.

No lance seguinte foi a vez de Pato tentar de fora da área e ver Fábio fazer outra grande defesa mandando a bola para escanteio. Na cobrança, Ganso desviou e Rafael Tolói tentou o cabeceio. A bola passou rente a trave direita de Fábio.

Gabriel Xavier no jogo!

Marcelo Oliveira apostou em Gabriel Xavier no lugar de Willian aos 26 minutos. O objetivo era dar mais mobilidade e velocidade em busca da bola decisiva para o Cruzeiro. Porém, o time não se descuidava da defesa fechando os espaços do São Paulo que era incansável em busca da vantagem.

Gol do São Paulo

Centurion fez o gol que deu a vantagem ao São Paulo no jogo de volta no Mineirão. Foto: Conmebol Oficial

Centurion fez o gol que deu a vantagem ao São Paulo no jogo de volta no Mineirão. Foto: Conmebol Oficial

E o São Paulo abriu o placar na jogada mais forte do time de Milton Cruz. Bruno arrancou pela direita e fez o cruzamento na medida para Centurion. O argentino cabeceou de cima pra baixo e conseguiu vencer Fábio aos 37 minutos de jogo.

Aos 43, Joel recuperou uma bola no campo de ataque e arriscou o chute de fora da área. A bola saiu sem perigo a esquerda da meta de Rogério Ceni.

Não havia tempo para mais nada no Morumbi. O São Paulo venceu e leva para o Mineirão a vantagem de jogar pelo empate para ficar com a vaga nas quartas de final da Libertadores.

SÃO PAULO 1 X 0 CRUZEIRO

Motivo: jogo de ida das oitavas de final da Libertadores
Local: Morumbi, em São Paulo
Data: 6 de maio, quarta-feira, às 22h
Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)
Assistentes: Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar
Público pagante: 66.369 Renda – R$ 3.672.805,00
Gol: Centurión, aos 37’ do segundo tempo
Cartões amarelos: Mayke, Manoel, Henrique (Cruzeiro); Denílson (São Paulo)
São Paulo: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Lucão e Reinaldo; Denilson, Souza, Wesley (Boschilia) e Paulo Henrique Ganso e Centurión; Alexandre Pato. Técnico: Milton Cruz
Cruzeiro: Fábio; Mayke, Leo, Manoel e Mena; Willians e Henrique; Marquinhos, De Arrascaeta e Willian (Gabriel Xavier); Leandro Damião (Joel). Técnico: Marcelo Oliveira

230 Publicações

Sobre
Acompanhe as principais notícias do futebol mineiro.
Artigos
Relacionados
BrasileirãoCruzeiro

CSA x Cruzeiro: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão Série B 2020

Brasileirão Série B 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe CSA x Cruzeiro: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais
BrasileirãoCruzeiro

Cruzeiro x Vitória: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão Série B 2020

Brasileirão Série B 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe Cruzeiro x Vitória: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais
BrasileirãoCruzeiro

Brasil de Pelotas x Cruzeiro: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão Série B 2020

Brasileirão Série B 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe Brasil de Pelotas x Cruzeiro: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais

Deixe uma resposta