Atlético-MGLibertadores

Com “espião” e no ritmo do “eu acredito”, Galo tem primeira “final” da Libertadores conta o Santa Fé-COL

“Espião” Cárdenas é uma das armas do Galo diante do Santa Fé-COL – Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG
“Espião” Cárdenas é uma das armas do Galo diante do Santa Fé-COL – Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

“Espião” Cárdenas é uma das armas do Galo diante do Santa Fé-COL – Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Vencer ou vencer! Depois das derrotas nas duas primeiras rodadas do grupo 1, o Atlético terá agora um jogo decisivo na Libertadores 2015 diante do Independiente Santa Fé-COL nesta quarta-feira (18), às 22h, no estádio El Campín, em Bogotá-COL. O time alvinegro precisa dos três pontos nesta terceira rodada para permanecer firme na briga pela classificação. Um empate ou uma derrota complicarão demais a situação dos mineiros.
Apesar disso, o Galo tem duas “armas” para tentar um resultado positivo no duro duelo diante do Santa Fé na Colômbia. Uma delas é o já famoso grito de guerra alvinegro “eu acredito”, que foi entoado pela torcida atleticana mais uma vez no último domingo (15) após a partida contra a URT pelo Mineiro, que foi realizada no Independência. A outra “arma” é o colombiano Cárdenas, o meia já atuou em vários clubes colombianos, conhece bem o Santa Fé-COL e também o estádio El Campín, local do jogo.
Se para o Atlético a partida é de extrema importância, para o Santa Fé-COL não é diferente. A equipe colombiana, que conquistou duas vitórias em dois jogos até aqui, poderá somar nove pontos e ficar muito perto da classificação. Os colombianos são os únicos 100% no grupo 1 e contarão com o apoio de sua torcida, que deve lotar o El Campín nesta quarta.
O grupo 1 ainda conta com o Colo Colo-CHI e o Atlas-MEX, que já se enfrentaram nesta terceira rodada. Os chilenos levaram a melhor e chegaram aos seis pontos em três jogos. Com isso, o Galo precisa ainda mais vencer o Santa Fé-COL.
Classificação do grupo 1 da Libertadores 2015
1º Independiente Santa Fé: 6 pontos, 2 jogos, 2 vitórias, 0 empates e 0 derrotas. Saldo de gols: 3.
2º Colo Colo-CHI: 6 pontos, 3 jogos, 2 vitórias, 0 empates e 1 derrota. Saldo de gols: 2.
3º Atlas-MEX: 3 pontos, 3 jogos, 1 vitória, 0 empates e 2 derrotas. Saldo de gols: -2.
4º Atlético-MG: 0 pontos, 2 jogos, 0 vitórias, 0 empates e 2 derrotas. Saldo de gols: -3.
Jogadores do Atlético na Colômbia:
Goleiros: Victor e Giovanni
Laterais: Marcos Rocha, Douglas Santos e Patric
Zagueiros: Jemerson, Edcarlos e Tiago
Volantes: Leandro Donizete, Rafael Carioca, Josué e Danilo Pires
Meias: Cárdenas, Dodô e Maicosuel
Atacantes: Luan, Lucas Pratto, Carlos, Cesinha e André
Independiente Santa Fé-COL
O técnico Gustavo Costas tem apenas um desfalque para a partida diante do Atlético. O zagueiro José Julián De La Cuesta, que se recupera de rompimento no ligamento cruzado anterior do joelho direito, está fora.
Apesar disso, o Santa Fé-COL terá um grande reforço de volta. O capitão e craque do time, o meia Omar Pérez, que ficou fora do clássico contra o Milionários por causa de um problema também no joelho, está confirmado e vai enfrentar os mineiros.
O resto do elenco está todo disponível e Costas não tem mais problemas para escalar o time. A equipe deve ser a mesma que venceu os jogos contra o Atlas-MEX no México e o Colo Colo-CHI na Colômbia.
Provável escalação: Róbinson Zapata; Yulián Anchico, Yerry Mina, Francisco Meza e Dairon Mosquera; Juan Daniel Roa, Daniel Torres, Luis Carlos Arias e Omar Pérez; Wilson Morelo e Luis Quiñones.
Atlético
O técnico Levir Culpi tem apenas uma dúvida para escalar o Atlético diante dos colombianos. O volante Leandro Donizete, que reclamou de dores, deve passar por um teste antes do jogo e se der tudo certo estará em campo na Colômbia. Caso não tenha condições, Josué será o substituto. Já o colombiano Cárdenas, que conhece muito bem o estádio El Campín, está confirmado e será titular.
As novidades alvinegras para o duelo são o lateral-direito Marcos Rocha e o atacante Lucas Pratto, que se recuperaram de lesões e vão finalmente estrear na Libertadores. Apesar disso, o Galo segue com muitos desfalques. O lateral-esquerdo Pedro Botelho, o meia Giovanni Augusto e o atacante Jô seguem no departamento médico. O zagueiro Leonardo Silva começou a transição para a parte física, assim como o meia Guilherme e o volante Pierre, que continuam trabalhando a parte física. Todos seguem de fora.
Um dos fatores positivos é que Levir poderá repetir a equipe, o que tem sido dificil ultimamente. O time que vai enfrentar o Santa Fé-COL será praticamente o mesmo que goleou a URT por 4 a 0 no último domingo (15) pelo Campeonato Mineiro. A única mudança seria a volta de Leandro Donizete, que foi poupado, mas ele é dúvida.
Provável escalação: Victor; Marcos Rocha, Jemerson, Edcarlos e Douglas Santos; Leandro Donizete (Josué), Rafael Carioca, Luan, Cárdenas e Carlos; Lucas Pratto.
Arbitragem
Quem comandará a partida entre Independiente Santa Fé-COL e Atlético será um velho conhecido do torcedor alvinegro. O argentino Nestor Pitana, que apitou o primeiro jogo decisivo da final na Libertadores de 2013, quando o Galo foi campeão, será o dono do apito na Colômbia.
Desta vez, Pitana será auxiliado pelos também argentinos Juan Pablo Belatti, que foi bandeirinha também na derrota atleticana por 2 a 0 para o Colo Colo-CHI na estreia da Libertadores deste ano, e Gustavo Rossi.
Reencontro um ano depois: os últimos confrontos entre Santa Fé e Atlético
Um ano praticamente já se passou desde que Galo e Santa Fé-COL se enfrentaram pela última vez e curiosamente também foi pela Copa Libertadores, porém em 2014.
No total, foram dois confrontos válidos pelo grupo 4 naquela oportunidade. No primeiro, realizado no dia 26 de fevereiro, o Atlético recebeu o time colombiano no Independência e venceu por 2 a 1 de virada com gols de Jô e Neto Berola no finalzinho, nenhum dos dois estará em campo nesta quarta. Já pelo lado do Santa Fé-COL o gol foi do capitão e craque do time Omar Pérez, que enfrentará o Galo mais uma vez.
Já no segundo, que foi disputado no dia 3 de abril, mineiros e colombianos terminaram empatados em 1 a 1. Na oportunidade, Guilherme, que não jogará desta vez, abriu o placar e Cuero, que não defende mais o time colombiano, empatou o jogo.
Abre aspas: os personagens do jogo
“Amanhã (hoje) buscaremos mais velocidade, Quiñones se entendeu muito bem com Morelo. Este é um trabalho de equipe, o gol qualquer um pode fazer, sempre deve dar para quem esteja melhor posicionado. O grupo é bom, ele está muito motivado, sabemos que jogaremos por um passo fundamental”. Gustavo Costas, técnico do Santa Fé-COL.
“Eles tem um conjunto melhor. Então nós vamos ter uma dificuldade maior, porque nosso time ainda separa, ainda não compacta em alguns momentos. Mas temos a qualidade técnica, que pode definir a partida. Temos que estar com máxima concentração”.Levir Culpi, técnico do Atlético.
“O ambiente do estádio é bom, clima bom. A pressão da torcida existe, como em qualquer outro estádio. A altitude  não é muita, podemos fazer uma grande partida e vencer. Os primeiros minutos são os mais importantes, ainda mais quando é visitante. Porque a pressão inicial vai ser grande. Mas vamos nos esforçar para que o Atlético faça um bom trabalho”. Cárdenas, meia do Atlético.
Ficha técnica
INDEPENDIENTE SANTA FÉ-COL X ATLÉTICO
Motivo: Terceira rodada do grupo 1 da Libertadores 2015
Data: 18/03/2015 (quarta)
Horário: 22h (horário de Brasília) e 20h (horário da Colômbia)
Local: Estádio El Campín, em Bogotá-COL
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Auxiliares: Juan Pablo Belatti (ARG) e Gustavo Rossi (ARG)
Transmissão: TV Globo Minas e Fox Sports 2
Santa Fé-COL: Zapata; Yulián Anchico, Yerry Mina, Francisco Meza e Dairon Mosquera; Juan Roa, Daniel Torres, Luis Arias e Omar Pérez; Wilson Morelo e Luis Quiñones. Técnico: Gustavo Costas.
Atlético: Victor; Marcos Rocha, Jemerson, Edcarlos e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Luan, Cárdenas e Carlos; Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.
230 Publicações

Sobre
Acompanhe as principais notícias do futebol mineiro.
Artigos
Relacionados
Atlético-MGBrasileirão

Atlético-MG vence Coritiba e assume vice-liderança do Brasileiro

Galo ainda pode ser ultrapassado neste sábado pelo Flamengo
Atlético-MGBrasileirão

Atlético-MG x Coritiba: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão 2020

Brasileirão 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe Atlético-MG x Coritiba: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais
Atlético-MGBrasileirão

Corinthians x Atlético-MG: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão 2020

Brasileirão 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe Corinthians x Atlético-MG: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais

Deixe uma resposta