Homenagens e doações marcam o centenário do Cruzeiro

Além de arrecadar alimentos, clube celebrará data no Mineirão às 19h21
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

Sem a possibilidade de realizar uma festa com público, devido à pandemia de covid-19, o Esporte Clube Cruzeiro comemora 100 anos de sua fundação neste sábado (2) à altura de sua grandeza, ajudando o próximo. O clube lançou uma campanha “Desafio 100 toneladas”, que tem como objetivo arrecadar alimentos em troca de brindes.

Durante todo o dia, em nove locais e horários diferentes, a Raposa estará recebendo alimentos. Eles serão destinados ao Serviço Social Autônomo (Servas), que atua no estado de Minas Gerais. As torcidas organizadas também indicarão comunidades carentes para receber as doações.

Logo mais, às 19h21, o clube mineiro vai promover um evento no estádio Mineirão, que terá um número de pessoas limitado devido à covid-19. A comemoração vai contar com ídolos, jogadores e outras atrações. Todo o festejo poderá ser acompanhado pela conta oficial do clube no Youtube.

Nas redes sociais, a Raposa celebrou o centenário com uma carta aberta com locução do ídolo do clube  Dirceu Lopes.

Ex-jogadores também prestaram homenagens ao clube celeste. Alex, campeão da Tríplice Coroa (Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Brasileirão) em 2003, se diz feliz em fazer parte da história da equipe mineira.

O argentino Juan Pablo Sorin, campeão da Copa do Brasil (2000), da Copa Sul-Minas (2001 e 2002), e Campeonato Mineiro (2009), também parabenizou seu ex-clube.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), celebrou o centenário dos cruzeirenses chamando a Raposa de “Gigante do futebol brasileiro”.

O Cruzeiro, bicampeão da Copa Libertadores da América (1976 e 1997), também foi saudado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

Total
1
Comp.
Reportagem Anterior
Cabeça d'água arrasta banhistas e deixa dois mortos em Capitólio - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Cabeça d'água arrasta banhistas e deixa dois mortos em Capitólio

Próxima Reportagem
Menino de 13 anos morre arrastado por enxurrada no bairro Santa Rosa, em BH - Foto: Reprodução

Menino de 13 anos morre arrastado por enxurrada no bairro Santa Rosa, em BH

Postagens Relacionadas