Cruzeiro acabou empatando com o Sport no tempo normal, mas nos pênaltis acabou perdendo

 

O Cruzeiro ficou com o vice-campeonato da décima edição da Copa 2 de Julho de Futebol Sub-15. Na manhã desta quarta-feira, Cruzeiro e Sport empataram em 1 a 1, mas os pernambucanos levaram vantagem na disputa por pênaltis (4 a 2). O confronto foi realizado no estádio Pituaçu, em Salvador. No primeiro tempo, a equipe celeste abriu o placar, com o zagueiro Lucas Chagas, de cabeça, após cobrança de escanteio. O Sport empatou no início da segunda etapa, com Mário, em cobrança perfeita de falta. Ainda no segundo tempo, dois atletas, um de cada lado, em lances diferentes, foram expulsos. Mesmo com a derrota, a campanha celeste (o clube terminou de forma invicta) mostrou o ótimo desempenho do elenco, comandado pelo técnico Lucas Batista.

Antes de chegar à decisão, o Cruzeiro, na fase de grupos, passou por Vitória-BA (3 a 0), VF4-PB (2 a 1), CRB-AL (3 a 1) e Cajazeiras-BA (2 a 0). Nas oitavas de final, passou pelo Flamengo-BA (2 a 0), nas quartas, pela A. F. Angola (3 a 2) e, nas semifinais, pelo Atlético-MG (0 a 0 e 4 a 1 nos pênaltis).

Paralelamente à Copa 2 de Julho, o Cruzeiro disputa o Campeonato Mineiro. Por enquanto, a equipe lidera a competição, com 25 pontos em dez jogos (oito vitórias, um empate e apenas uma derrota). O próximo confronto está marcado para o dia 4 de agosto, às 9h, na Toca da Raposa I, diante do Frigoarnaldo.

Relacionados

comentários