ÚLTIMASBelo Horizonte registra primeira morte por dengue em 2020 saiba mais
BrasileirãoCruzeiro

Cruzeiro tropeça em Floripa e segue sem vencer no Brasileirão 2015

Marquinhos participou dos dois gols da vitoria do Figueira sobre o Cruzeiro. Foto: Figueirense Oficial

Marquinhos participou dos dois gols da vitoria do Figueira sobre o Cruzeiro. Foto: Figueirense Oficial

Marquinhos participou dos dois gols da vitoria do Figueira sobre o Cruzeiro. Foto: Figueirense Oficial

Sem reação. O Cruzeiro voltou a repetir as falhas dos últimos jogos e não conseguiu vencer a primeira no Brasileirão 2015. Com problemas na defesa, um meio campo apático, sem poder de criação e o ataque isolado, o time celeste perdeu por 2 a 1 para o Figueirense em Florianópolis e amarga o Z-4 neste início de campeonato.

A zaga celeste terá pesadelos essa noite. Especialmente com o zagueiro Marquinhos do adversário. Do alto de seus 1m93 de altura ele foi o responsável direto pelos gols do Figueira. O primeiro foi dele, ainda no primeiro tempo. O defensor subiu mais que todo mundo e botou a bola no cantinho do gol de Fábio. No segundo gol, o filme se repetiu. O zagueirão foi pra área ganhou na cabeça de Bruno Rodrigo e serviu Carlos Alberto. O veterano recebeu e teve todo o tempo do mundo para ajeitar a bola, virar e bater no canto esquerdo de Fábio. Henrique, de cabeça, fez o gol do Cruzeiro.

A derrota preocupa. Porém o que deixa o torcedor assustado é a falta de qualidade do time, especialmente no meio campo. O time é burocrático, toca a bola de um lado para o outro e não tem poder de infiltração. Falta criatividade, inteligência e até mobilidade em campo. Com as peças presas no esquema de jogo, o time vir um alvo fácil e se acomoda com isso. Tá na hora de repensar a forma de atuar do time

Com o tropeço, o terceiro em quatro rodadas disputadas, o Cruzeiro segue sem vencer no Campeonato Brasileiro. O time do técnico Marcelo Oliveira está em 19º lugar no Brasileirão com apenas um ponto conquistado. Segurando a lanterna está o Joinville que também tem um ponto mas tem cinco gols negativos de saldo.

Duelo no Z-4

O Cruzeiro buscará a primeira vitória no Brasileirão 2015 em casa. Na próxima quarta-feira, às 22h, o time estrelado receberá o Flamengo no Mineirão O clássico reunirá dois times que estão no Z-4 e longe do melhor que podem apresentar dentro de um campeonato difícil como o Brasileirão.

Vale lembrar que, em seguida, o Cruzeiro irá ao Independência encarar o Atlético no primeiro clássico entre os dois times na edição 2015 do Brasileirão. O duelo entre os maiores rivais acontecerá no próximo sábado, às 18h30.

O jogo

Os primeiros 15 minutos de jogo no Orlando Scarpelli foi de muito respeito e estudo para ambas as equipes. Nenhuma chance clara de gol foi criada e tanto Fábio quanto Alex Muralha eram expectadores privilegiados do duelo.

Faltava criatividade e espaço no meio campo. O problema crônico do Cruzeiro neste primeiro semestre também se refletia no alvinegro catarinense. O Figueira tinha mais posse de bola porém era um domínio improdutivo. Muito mais transpiração do que inspiração.

O Cruzeiro chegou bem ao ataque apenas aos 21 minutos. Leandro Damião e Willian tabelaram até a entrada da área. No momento do chute, o atacante estrelado acabou desarmado pela defesa da casa.

Salva, Alex!

Aos 23 minutos, Mayke foi à linha de fundo pela direita e cruzou na cabeça de Arrascaeta. O uruguaio escolheu o canto e cabeceou com os olhos abertos. A bola tinha endereço certo mas Alex se esticou todo e evitou o gol da Raposa em Florianópolis.

O jogo era muito pegado, repleto de divididas ríspidas e o árbitro Elmo Alves Resende distribuiu vários cartões amarelos. Para se ter uma ideia, antes dos 35 da etapa inicial, o Cruzeiro tinha três jogadores advertidos e o Figueira um.

Gol do Figueira

Aos 35, o Figueirense aproveitou um cochilo da defesa do Cruzeiro para abrir o marcador. Após cobrança de escanteio da esquerda, o zagueiro Marquinhos se antecipou à marcação de Bruno Rodrigo e subiu livre para cabecear e fazer o primeiro gol do Figueirense no Orlando Scarpelli.

Empate celeste na mesma moeda!

O Cruzeiro não se abalou e partiu em busca do empate. E ele surgiu aos 40 minutos em um lance muito parecido com o gol dos donos da casa. Marquinhos bateu falta para a área e Marquinhos Henrique, cabeceou livre, no canto esquerdo, sem chances de defesa para Alex Muralha.

Quase a virada!

Já nos descontos, o Cruzeiro teve uma grande oportunidade para virar o marcador. Arrascaeta fez boa jogada pela direita e rolou na medida para Willian. O atacante tentou o chute de primeira mas pegou muito mal na bola e facilitou a defesa do goleiro do Figueira.

A última chance de gol da etapa inicial foi também da Raposa. Leandro Damião fez o papel de pivô e rolou para Willians que vinha de frente para o gol. O volante tentou o chute de primeira e mandou por cima do gol.

Mudança

O Cruzeiro voltou para a etapa complementar com uma mudança na equipe. Amarelado no primeiro tempo, Willians deixou o time para a entrada de Charles. Com um minuto o Cruzeiro teve uma boa oportunidade para virar o jogo. Marquinhos recebeu pela direita, invadiu a área e tentou o chute colocado. Atento ao lance, Alex Muralha não deu rebote na defesa.

Mais uma falha da defesa e outro gol sofrido

Aos quatro minutos, a defesa do Cruzeiro falhou mais uma vez e o Figueirense aproveitou para desempatar a partida. Após cobrança de falta pela esquerda, Marquinhos ganhou mais uma vez na cabeça de Bruno Rodrigo e serviu Carlos Alberto. O experiente meia teve todo o tempo do mundo para ajeitar a bola e virar para o gol. O chute saiu seco e entrou no canto esquerdo do gol de Fábio.

Vale destacar que Carlos Alberto ficou 722 dias sem marcar um gol . O último tinha sido pelo Vasco, contra o Bahia, no dia oito de junho de 2013.

Era hora de correr novamente atrás do prejuízo. Marcelo Oliveira colocou Alisson na vaga de Willian e adiantou o meio campo. Ganhou mais presença no campo de ataque mas a defesa ficou vulnerável aos contra-ataques.

Aos 19, a Raposa quase empatou. Henrique recebeu pela direita e bateu para o gol. Alex salvou mais uma vez a meta do Figueira.

Apesar do domínio celeste no meio-campo, o time não conseguia criar lances de perigo e o toque de bola era totalmente improdutivo. O Figueirense aproveitava as chances que tinha e era mais eficaz. Aos 29, foi a vez de Marcão receber na entrada da área e escolher o canto direito. Fábio conseguiu colocar a ponta dos dedos na bola e evitou o gol do Figueira.

Mudança no esquema

Faltando 15 minutos para o fim da partida, Marcelo Oliveira mudou o esquema com o objetivo de evitar a terceira rodada em quatro jogos pelo Brasileirão. Sacou o volante Charles e botou o camaronês Joel no ataque. Sem criatividade, tinha que ser na força e na base do abafa.

A Mudança não surtiu efeito. O Cruzeiro permaneceu burocrático em campo. Os atacantes se perderam na marcação da defesa do Figueira e foram facilmente neutralizados. Fim de jogo e a Raposa continua no Z-4 com apenas um pontinho em quatro rodadas disputadas.

Figueirense x Cruzeiro 

Motivo: 4ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Orlando Scarpelli, Florianópolis, às 18h30

Árbitro: Elmo Alves Resende – GO
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva – GO e Jesmar Benedito Miranda – GO

Transmissão: Sportv e PPV

Publico Pagante: 6.211 Presentes: 6.522 Renda R$ 83.140,00

Figueirense – Alex; Leandro Silva, Marquinhos, Bruno Alves e M. Pedroso, Paulo Roberto, Fabinho, Ricardinho e Rafael Bastos (Carlos Alberto); Clayton e Marcão Técnico: Argel Fucks

Cruzeiro – Fábio; Mayke, Manoel, Bruno Rodrigo e Pará; Willians, Henrique, Marquinhos, Arrascaeta e Willian; Damião. Técnico: Marcelo Oliveira

230 Publicações

Sobre
Acompanhe as principais notícias do futebol mineiro.
Artigos
Relacionados
BrasileirãoCruzeiro

Guarani x Cruzeiro: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão Série B 2020

Brasileirão Série B 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe Guarani x Cruzeiro: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais
Atlético-MGBrasileirão

Flamengo x Atlético-MG: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão 2020

Brasileirão 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe Flamengo x Atlético-MG: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais
América-MGBrasileirão

Ponte Preta x América-MG: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão Série B 2020

Brasileirão Série B 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe Ponte Preta x América-MG: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais
Power your team with InHype

Add some text to explain benefits of subscripton on your services.

Deixe uma resposta