Redes Sociais

Brasileirão

Santos quebra tabu e vence o Cruzeiro na Vila Belmiro

Geuvânio marcou no final do primeiro tempo e deu a vitória ao Santos pra cima do Cruzeiro na Vila. Foto: Ricardo Saibun/Santos FC

Geuvânio marcou no final do primeiro tempo e deu a vitória ao Santos pra cima do Cruzeiro na Vila. Foto: Ricardo Saibun/Santos FC

Sem criatividade no meio campo, o Cruzeiro sofreu a segunda derrota consecutiva no Brasileirão 2015. Com um gol de Geuvânio no final do primeiro tempo, o Santos derrotou a Raposa por 1 a 0 na Vila Belmiro e quebrou uma sequência de seis jogos sem ganhar do Cruzeiro em jogos do Brasileirão e da Copa do Brasil.

Fora de casa, o Cruzeiro não repetiu a atuação que culminou com a classificação para as quartas de final da Libertadores. Para se ter uma ideia, o time tentou jogar pelas laterais do campo especialmente no primeiro tempo e conseguiu apenas uma finalização a gol sem levar perigo à meta santista. Neutralizado pela defesa do Peixe, Henrique Dourado pouco fez em campo.

Na etapa complementar, Marcelo Oliveira tentou dar uma nova dinâmica ao time com a entrada de Gabriel Xavier na vaga de Arrascaeta e Joel no comando do ataque. O time conseguiu finalizar a gol algumas vezes e teve uma boa oportunidade no final do jogo com um peixinho de Gabriel que saiu pela linha de fundo.

Apesar disso, a defesa e o meio campo sofreram com as rápidas trocas de passes entre Lucas Lima, Robinho, Gabigol e Ricardo Oliveira que tiveram várias oportunidades para ampliar mas pararam no lateral Fabrício que, em pelo menos duas, salvou a meta estrelada em cima da linha.

O resultado mantém o Cruzeiro zerado no Campeonato Brasileiro. A Raposa buscará a primeira vitória em casa no próximo domingo, dia 24 de maio, às 18h30, quando enfrentará a Ponte Preta no Mineirão. Já o Santos chega a quatro pontos e pula para o quinto lugar na tabela de classificação do Brasileiro após duas rodadas. O Peixe vai encarar a Chapecoense no próximo domingo, em Santa Catarina, pela terceira rodada.

Que venha a Libertadores!

Agora foco do Cruzeiro está totalmente voltado para as quartas de final da Libertadores. Na quinta-feira, dia 21 de maio às 22h, o time celeste vai a Buenos Aires encarar o River Plate. O duelo no Monumental de Nuñes é o primeiro na disputa pela vaga nas semifinais do principal torneio de clubes do continente americano.

O jogo

Santos e Cruzeiro sempre fazem duelos em que os ataques tradicionalmente dão muito trabalho aos setores defensivos. Na Vila Belmiro não foi diferente. Com apenas um minuto, o s donos da casa tiveram uma bela oportunidade para abrir o marcador. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Ricardo Oliveira que encheu o pé. A bola explodiu na zaga celeste que aliviou o perigo.

No lance seguinte, o Cruzeiro respondeu. Após cruzamento de Marquinhos, Willian tentou o domínio dentro da área. A bola escapou e Werley travou o perigo.

Aos quatro minutos, o Santos teve nova oportunidade com Ricardo Oliveira. O centroavante recebeu dentro da área e bateu cruzado. Fábio acompanhou e a bola saiu pela linha de fundo.

Aos oito, após cobrança de escanteio, Werley tentou o cabeceio e se chocou com Fábio. O zagueiro do Santos sangrou pelo nariz e precisou ser atendido pelos médicos do Peixe.

O Santos era mais eficiente do que o Cruzeiro no campo de ataque. Aos 11 minutos, foi a vez de Geuvânio dar trabalho ao goleiro Fábio. O atacante recebeu livre na área e bateu firme para o gol para boa defesa do capitão celeste.

O troco celeste foi imediato. Willian Farias cruzou da direita e Willian tentou o peixinho. O goleiro Vladimir fez uma grande defesa mas o lance já estava parado pois o bandeira deu impedimento.

Aos 21 minutos, Robinho teve uma boa chance para abrir o marcador. Após cruzamento da direita, o atacante se adiantou à defesa celeste e cabeceou para o gol. Fabio já estava batido no lance mas a bola saiu pela linha de fundo.

Willian Farias Machucado

Aos 26, o técnico Marcelo Oliveira foi obrigado a fazer a primeira mudança por conta de lesão. Willian Farias sentiu a coxa direita e deu lugar no time ao jovem Eurico.

Na trave!

O Santos levava muito perigo ao gol estrelado pelos lados do campo. Aos 27, Robinho cruzou para a área, o zagueiro Werley apareceu como elemento surpresa e cabeceou no meio da defesa celeste. A bola resvalou no travessão e saiu pela linha de fundo.

No lance seguinte, Marquinhos fez boa jogada pela direita e cruzou para Henrique Dourado na área. Antes que bola chegasse no atacante estrelado a defesa se adiantou e neutralizou o bom ataque da Raposa.

No apagar das luzes!

O Santos abriu o marcador na Vila Belmiro aos 44 minutos. Robinho deu passe açucarado para Geuvânio na direita, o meia atacante percebeu Fábio adiantado e bateu por cobertura. A bola entrou no ângulo. Um golaço!

O time celeste sentiu o gol e o Peixe foi pra cima no final do primeiro tempo. O último lance de perigo da partida foi uma bela tabelinha entre Robinho e Lucas Lima. O meia serviu o atacante que bateu forte e obrigou Fábio a fazer uma grande defesa.

Mudança no Cruzeiro

Com o objetivo de dar mais mobilidade e eficiência ao ataque do Cruzeiro que finalizou apenas uma vez na etapa inicial, o técnico Marcelo Oliveira mudou o time. Sacou Arrasceta, apagado no jogo, para a entrada do garoto Gabriel Xavier.

Quase, Marquinhos!

Aos cinco minutos, o Cruzeiro deve uma boa chance para empatar o clássico. Gabriel Xavier e Marquinhos trocaram passes rápidos na entrada da área. Marquinhos foi derrubado na entrada da área e o árbitro deu falta. Na cobrança, o próprio Marquinhos bateu pelo lado de fora da barreira e obrigou a Wladimir a fazer uma grande defesa.

Dos pés de Marquinhos, o Cruzeiro teve mais uma oportunidade de gol. Aos 17 minutos, o meia recebeu lançamento pela direita e bateu cruzado. O chute saiu rasteiro e passou rente ao poste direito da meta santista.

Marcelo Oliveira mudou o ataque do Cruzeiro mais uma vez aos 18. O comandante celeste sacou o centroavante Henrique Dourado do time, que não conseguiu sair da marcação imposta pela zaga santista, para a entrada de Joel.

Salva, Manoel!

O Santos esteve bem próximo de fazer o segundo gol aos 30 minutos. Após cruzamento de Chiquinho da esquerda, Robinho recebeu dentro da área, livre de marcação. O atacante teve tempo até para escolher o canto e bateu na saída de Fábio. A bola tinha endereço certo mas Fabrício, em cima da linha, evitou o segundo gol do Peixe.

A presssão santista continuava. No lance seguinte, Lucas Lima deu um belo passe para Gabigol. Dentro da área, o atacante bateu cruzado e, por pouco, não acertou o cantinho direito da meta de Fábio.

Aos 37 minutos, o Santos fez uma bela linha de passe pra cima da defesa do Cruzeiro. Lucas Lima, Gabigol e Robinho trocaram passes de primeira até que Robinho finalizou. A bola passou por Fábio e Eurico salvou o que era o segundo gol do Peixe.

Perdeu, Gabriel Xavier!

Depois da blitz do Santos, o Cruzeiro quase empatou aos 41 minutos. Marquinhos cruzou da direita e encontrou Gabriel Xavier livre na área. Livre, o meia tentou o peixinho mas pegou mal na bola e perdeu a melhor oportunidade de gol da Raposa em toda a partida.

Após esse lance o Santos administrou a vantagem na Vila e não deu oportunidades ao Cruzeiro para chegar ao empate. O time celeste sofreu com a falta de criatividade no meio campo o que culminou com um ataque que pouco perigo levou à meta do goleiro Vladimir durane os 90 minutos.

SANTOS X CRUZEIRO

Motivo: 2ª rodada do Campeonato Brasileiro 2015
Local: Vila Belmiro, em Santos
Horário: 16h
Árbitro: Péricles Bassols (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Rodrigo Pereira Joia (RJ)
Gol: Geuvânio aos 44 min do primeiro tempo.
Cartões amarelos: Willians, Bruno Rodrigo (Cruzeiro), Chiquinho (Santos)
Público pagante: 7.246 Renda: R$ 250.060,00

Santos: Vladimir; Victor Ferraz, David Braz, Werley e Chiquinho; Lucas Otávio (Thiago Maia), Renato e Lucas Lima; Geuvânio (Gabriel), Ricardo Oliveira e Robinho (Elano). Técnico: Marcelo Fernandes.

Cruzeiro: Fábio; Willian Farias (Eurico), Manoel, Bruno Rodrigo e Fabrício; Henrique, Willians e Arrascaeta (Gabriel Xavier); Marquinhos, Henrique Dourado (Joel) e Willian. Técnico: Marcelo Oliveira.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atlético-MG

Atlético-MG x Palmeiras: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão 2018

Brasileirão 2018 no Por Dentro de Minas – acompanhe Atlético-MG x Palmeiras: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais

Continua lendo

América-MG

América-MG x Paraná: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão 2018

Brasileirão 2018 no Por Dentro de Minas – acompanhe América-MG x Paraná: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais

• atualizado em 10/11/2018 às 16:49

Continua lendo

América-MG

América-MG x Cruzeiro: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão 2018

Copa do Brasil 2018 no Por Dentro de Minas – acompanhe América-MG x Cruzeiro: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais

Continua lendo