ÚLTIMASSaiba quem são os 16 pré-candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte saiba mais
Atlético-MGCampeonato MineiroCruzeiro

Cruzeiro vence clássico no Horto e dispara na liderança do Mineiro

E deu Cruzeiro no primeiro clássico da temporada 2016! No Horto e com mando do Atlético, a Raposa foi mortal. Aproveitou a chance que teve, contou com o rebote do goleiro Uilson, e derrotou o maior rival por 1 a 0.

O gol que deu a vitória ao time estrelado foi marcado por Rafael Silva aos 28 minutos do segundo tempo. Oportunista e bem colocado, o atacante aproveitou rebote dado pelo goleiro Uilson após chute de Élber e so teve o trabalho para tocar para o barbante. Quinto dele no Campeonato Mineiro.

Vale ressaltar a excelente atuação do goleiro Fábio neste domingo de Páscoa no Independência. No 49º clássico dele com a camisa celeste, o capitão foi elemento de fundamental importância no triunfo. Com pelo menos cinco defesas espetaculares, Fabio fechou o gol e saiu ovacionado de campo com mais três pontos na bagagem.

Com o triunfo, o Cruzeiro disparou na liderança da primeira fase do Campeonato Mineiro. O time celeste soma 23 pontos e tem seis de vantagem para o Atlético que está em segundo, com 17.

Próximos compromissos

Um empate na próxima rodada, dará a primeira colocação e a vantagem de jogar por resultados iguais nas semifinais e finais do campeonato ao Cruzeiro. O duelo será contra o Guarani de Divinópolis, domingo, dia três de abril, às 16h, no Mineirão.

Já o Atlético tentará a reabilitação da segunda derrota sofrida no Campeonato Mineiro contra o Villa Nova. Apesar do mando ser do time de Nova Lima, a partida também acontecerá no Gigante da Pampulha. A bola vai rolar no sábado, dia, dois de abril, às 16h.

O jogo

O clássico no Horto começou quente. Com apenas 30 segundos de jogo, Allano e Marcos Rocha se desentenderam pelo lado direito do campo e, sem pestanejar, o árbitro aplicou o amarelo para os dois.

Dono da casa, o Galo teve a primeira chance de gol no clássico. Após cruzamento da direita, Pratto deixou a bola passar para Robinho que encheu o pé. A bola passou a esquerda da meta de Fábio.

O Cruzeiro tinha muita dificuldade em sair jogando do campo de defesa. O Atlético fazia marcação sob pressão na saída de bola e a Raposa tentava um contra-ataque para desafogar o sistema defensivo.

A primeira investida estrelada aconteceu aos seis minutos. Após cobrança de falta para a área, Manoel tentou o cabeceio. A bola tinha endereço certo mas Lucas Pratto, bem colocado, afastou o perigo.

Salva, Fábio!

O capitão do Cruzeiro fez uma grande defesa aos oito minutos. Marcos Rocha cobrou falta da intermediária. Fábio saltou bonito e mandou a bola pela linha de fundo.

No travessão!

Aos 16 minutos, o Cruzeiro teve a melhor chance de gol na partida. Henrique roubou a bola no meio-campo, tocou para Allano que cruzou para a área. Élber conseguiu o cabeceio no meio dos dois zagueiros alvinegros. De peixinho, ele acertou o travessão da meta do goleiro Uilson.

Fábio de novo!

Robinho travou um belo duelo com Manoel e Fábio. Melhor para a defesa estrelada. Foto: Doug Patricio

Robinho travou um belo duelo com Manoel e Fábio. Melhor para a defesa estrelada. Foto: Doug Patricio

A resposta atleticana veio aos 21. Júnior Urso tomou a bola no ataque, tocou para Pratto que serviu Robinho pela direita. Dentro da área, o atacante soltou a bomba. Fábio fez uma bela defesa com os pés e impediu a abertura do marcador no Horto.

De fora da área!

Aos 33, foi a vez de Luan aparecer bem pela primeira vez na partida. Ele recebeu no meio-campo arrancou em direção ao gol de Fábio e arriscou da entrada da área. A bola passou a esquerda da meta celeste.

Lucas Pratto tentou um voleio dentro da área estrelada aos 39. Ele recebeu de costas e pressionado pela marcação de Manoel. A única possibilidade era a tentativa do voleio. Foi o que ele fez para boa defesa de Fábio.

Bola área celeste é um perigo!

Aos 42, o Cruzeiro utilizou uma das suas armas mais fortes. Bola alçada na área, a bola passou pelo goleiro Uilson e sobrou para Rafael Silva. O atacante celeste tocou nela até Manoel que tentou mandar para o gol. A zaga atleticana conseguiu afastar o perigo.

Salva, Uilson!

A última boa chance de abertura do marcador no primeiro tempo foi do Cruzeiro. Allano invadiu a área pela esquerda. No momento da finalização, o jovem goleiro alvinegro fechou o ângulo e contou com a ajuda do zagueiro Thiago para afastar o perigo pela linha de fundo.

Mudança no Cruzeiro

Deivid mudou o Cruzeiro para a etapa complementar. Sacou Henrique para a entrada de Federico Gino na função de primeiro volante do time celeste.

Por cima!

O Atlético também foi o responsável pelo primeiro lance de perigo do segundo tempo. Aos quatro minutos, Rafael Carioca fez belo cruzamento e encontrou Lucas Pratto dentro da área. O argentino tentou encobrir Fábio mas a bola também passou por cima da meta azul.

Tempo quente!

O jogo ficou quente na etapa complementar. Hyuri e Cabral se desentenderam pela direita e o argentino pisou no tornozelo do jogador atleticano que tentou revidar. O árbitro apenas conversou com os dois. Em seguida, Allano entrou forte em Júnior Urso. Não foi expulso mas acabou substituído por Deivid que optou pela entrada de Pisano.

Salva, Bruno Rodrigo!

Aos 17, o Atlético teve um excelente contra-ataque pela esquerda. Carlos César roubou a bola no meio e lançou Robinho. O atacante arrancou livre e cruzou para a área. Atento, Bruno Rodrigo deu um leve toque na bola e impediu que ela chegasse para Luan, livre, do outro lado.

O Atlético cresceu em campo a partir deste lance. Aguirre apostou nas jogadas pelas laterais e abriu a defesa do Cruzeiro.

Salva, Fábio de novo!

Fábio salvou a meta estrelada pela terceira vez no clássico aos 23 minutos. Rafael Carioca lançou Lucas Pratto pela direita. O argentinou ganhou na corrida da defesa cruzeirense e cruzou na medida para Robinho. O atacante cabeceou como manda o figurino, de cima para baixo, arrojado, Fábio fez mais um defesaço e impediu o gol atleticano.

GOL DO CRUZEIRO!

Aos 28 minutos, o Cruzeiro abriu o placar no Horto. Depois de suportar uma grande pressão alvinegra, a Raposa foi para o ataque. Élber recebeu pela esquerda e arriscou o tiro de fora da área. Uilson não conseguiu segurar e a bola sobrou para Rafael Silva. Livre na área, o artilheiro estrelado só teve o trabalho para tocar a bola para o fundo das redes e ainda saiu comemorando imitando um Galo no Horto.

O Cruzeiro teve  uma grande oportunidade de ampliar aos 33. Pisano recebeu pela esquerda e tentou a arrancada. A zaga tentou afastar mas acabou jogando errado. A bola sobrou novamente para Rafael Bastos que não titubeou. Chutou rasteiro e quase acertou o canto esquerdo da meta de Uilson.

Salva, Fábio parte 4!

Aos 38, Luan quase deixou tudo igual no Horto. Luan recebeu nas costas de Bruno Rodrigo. Dentro da área, ele limpou o lance e, no momento do chute, foi abafado por Fábio que não deixou a finalização a gol acontecer.

Pressão pelo empate

O Atlético não desistiu da luta pelo gol da igualdade. Aos 41, Robinho lançou Pratto pela direita. O argentino invadiu a área e, no momento do chute, acabou desarmado por Manoel.

Fábio fechou o gol no Horto e foi um dos responsáveis pelos três pontos celestes do clássico. Foto: Washngton Alves / Light Press

Fábio fechou o gol no Horto e foi um dos responsáveis pelos três pontos celestes do clássico. Foto: Washngton Alves / Light Press

Salva, Fábio parte 5!

Aos 45, Fábio, outra vez, parou o ataque atleticano. Dessa vez, Robinho recebeu pela esquerda ajeitou a bola e bateu colocado. O capitão celeste fez mais uma grande defesa e salvou o empate no Horto.

ATLÉTICO 0 X 1 CRUZEIRO

Motivo: 9ª rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Independência
Data: 27 de março (domingo)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Marcus Vinícius Gomes
Renda: R$ 965.657,50 Público: 15.842
Cartões amarelos: Marcos Rocha, Leonardo Silva, Lucas Pratto (ATL); Allano, Manoel, Federico Gino, Sánchez Miño (CRU)
Gol: Rafael Silva, 28min do 2ºT

Atlético
– Uilson; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Tiago e Carlos César; Rafael Carioca e Júnior Urso; Luan, Robinho e Hyuri (Pablo); Pratto Técnico: Diego Aguirre

Cruzeiro – Fábio; Fabiano, Manoel, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño (Fabrício); Lucas Romero, Henrique (Federico Gino), Ariel Cabral e Allano (Matías Pisano) ; Elber e Rafael Silva Técnico: Deivid

Por 

230 Publicações

Sobre
Acompanhe as principais notícias do futebol mineiro.
Artigos
Relacionados
BrasileirãoCruzeiro

CSA x Cruzeiro: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão Série B 2020

Brasileirão Série B 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe CSA x Cruzeiro: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais
Atlético-MGBrasileirão

Atlético-MG x Bragantino: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão 2020

Brasileirão 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe Atlético-MG x Bragantino: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais
BrasileirãoCruzeiro

Cruzeiro x Vitória: acompanhe ao vivo pelo Brasileirão Série B 2020

Brasileirão Série B 2020 no Por Dentro de Minas – acompanhe Cruzeiro x Vitória: escalação, informações sobre o jogo, fotos e muito mais

Deixe uma resposta