Empate amargo! Cruzeiro e América empatam e Uberlândia assume a ponta do Mineiro

Casal é preso com 10,6 quilos de pasta-base de cocaína, em BH – Foto: Reprodução/Polícia Federal
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

Deu empate no primeiro clássico mineiro da temporada 2016. No Mineirão, Cruzeiro e América ficaram no 1 a 1 em um jogo de poucas emoções. Os gols aconteceram no apagar das luzes tanto do primeiro tempo quando da etapa complementar.

Arrascaeta abriu o marcador para o Cruzeiro e, Bryan, com um chutaço de fora da área, deixou tudo igual nos acréscimos do segundo tempo.

O jogo teve poucos lances de emoção. Os goleiros Fábio e João Ricardo pouco trabalharam e não tiveram culpa nos gols que tomaram. A torcida estrelada ficou insatisfeita com o resultado pois o time tentou administrar a vantagem durante praticamente todo o segundo tempo e pouco foi ao ataque para ampliar. Em consequência, viu o Coelho comemorar o empate.

Com o empate, o Cruzeiro permanece na segunda colocação na primeira fase do Estadual com 11 pontos. Já o América, aparece em quarto lugar com 10 pontos. O novo líder do Campeonato Mineiro é o Uberlândia. O Verdão do Triângulo venceu o Guarani por 2 a 0 no Parque do Sabiá e agora soma 12 pontos.

Próximos compromissos

O América deixa de lado o Campeonato Mineiro para focar mais uma vez na Primeira Liga. Na quarta-feira, dia 02 de março, às 19h30, o Coelho fará o clássico contra o Atlético. Pelo Estadual, o time de Givanildo Oliveira vai encarar o Tricordiano, às 16h, longe da Capital Mineira.

Já o Cruzeiro terá mais uma semana livre para trabalhar. O próximo compromisso acontecerá apenas no domingo, dia 06 de março, contra a Caldense, em Poços de Caldas. A bola vai rolar às 18h30 no Ronaldo Junqueira.

O jogo

Depois do temporal que caiu em Belo Horizonte durante a tarde deste domingo, Cruzeiro e América entraram em campo no Mineirão para o primeiro clássico de 2016. E foi o time celeste que começou melhor a partida.

Com mais posse de bola, a Raposa dominava o meio-campo e quase abriu o placar logo aos cinco minutos. Após cruzamento de Arrascaeta pela direita, Alisson cabeceou livre de marcação, Joao Ricardo, no reflexo, fez uma defesa sensacional.

O troco americano veio aos oito minutos. Pablo recebeu na entrada da área e encheu o pé. Fábio se esticou todo e também fez uma defesa arrojada para evitar o gol do Coelho.

Que velocidade!

Aos 11 minutos, o Cruzeiro teve um contra-ataque e quase surpreendeu a defesa americana. Lucas Romero roubou a bola no campo de defesa celeste e rapidamente fez o lançamento para Alisson pela esquerda. O garoto dominou a bola, limpou o lance e bateu cruzado. A bola passou perto da trave da meta de João Ricardo.

Do outro lado, o América buscava a abertura do placar com chutes de longa distância. Aos 16, Rafael Bastos recebeu na direita e tentou o chute. A bola passou por cima do gol estrelado.

Arrascaeta marcou o terceiro gol dele na temporada 2016. Foto: Doug Patrício
Arrascaeta marcou o terceiro gol dele na temporada 2016. Foto: Doug Patrício

O jogo foi equilibrado durante todo o primeiro tempo. No apagar das luzes da etapa inicial, a Raposa abriu o placar no Gigante da Pampulha. Aos 44, Arrascaeta recebeu passe de Willian. O uruguaio entrou livre pela direita e bateu cruzado, na saida de João Ricardo, para fazer o terceiro gol dele na temporada 2016.

Mudança no Coelho

O América precisava correr atrás do prejuízo na etapa complementar e Givanildo Oliveira mexeu no time. O comandante fez duas alterações logo de cara. Na lateral esquerda, ele sacou Danilo para a entrada de Bryan. No ataque, Victor Rangel ocupou a vaga de Bruno Sávio.

Mais ofensivo, O Coelho passou a fazer a marcação sob pressão na saída de bola do Cruzeiro e se fazia mais presente no campo de ataque. Do outro lado, o Cruzeiro tentava administrar a partida e tinha o contra-ataque na mão na busca do segundo gol.

Durante boa parte da etapa complementar, o América teve mais posse de bola. No entanto, o Coelho não conseguia furar o bom sistema defensivo montado por Deivid. O treinador estrelado ainda ampliou o poder de marcação ao trocar Sanchez Miño por Ariel Cabral.

Golaço de Bryan selou o empate no Mineirão. Foto: Doug Patrício
Golaço de Bryan selou o empate no Mineirão. Foto: Doug Patrício

No entanto, de tanto abdicar do ataque, o Cruzeiro foi castigado. No último lance de jogo, o lateral Bryan avançou livre pela direita, arriscou o chute e acertou o ângulo da meta de Fábio. Um golaço!

Não havia tempo para mais nada e o jogo, com pouca emoção, terminou empatado no Gigante da Pampulha.

CRUZEIRO 1X1 AMÉRICA

Motivo: 5ª rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Mineirão
Data: domingo, 28 de fevereiro de 2016
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Marcus Vinícius Gomes
Público: 19.622 pagantes Renda: R$ 557.045,00
Gols: De Arrascaeta, aos 43min do 1ºT (CRU); Bryan, aos 46min do 2ºT (AME)
Cartões amarelos: Lucas Romero, aos 44min do 2ºT (CRU); Danilo, aos 32min, e Alison, aos 41min do 1ºT (AME)

CRUZEIRO – Fábio; Fabiano, Dedé, Bruno Rodrigo e Fabrício; Henrique, Lucas Romero e Sánchez Miño (Ariel Cabral, aos 23min do 2ºT); De Arrascaeta; Willian (Rafael Silva, aos 32min do 2ºT) e Alisson (Elber, aos 28min do 2ºT) Técnico: Deivid

AMÉRICA – João Ricardo; Jonas, Alison, Sueliton e Danilo (Bryan, no intervalo); Leandro Guerreiro e Pablo; Osman, Rafael Bastos (Tiago Luís, aos 32min do 2ºT) e Tony; Bruno Sávio (Victor Rangel, no intervalo) Técnico: Givanildo Oliveira

Por

Total
0
Shares
Reportagem Anterior

Mamoré vence Patrocinense por 1 a 0 e conquista primeira vitória

Próxima Reportagem

Crianças morre em acidente de carro na MGC-497 perto de Uberlândia


Postagens Relacionadas