ELEIÇÕES 2020Veja os 15 nomes dos candidatos a Prefeito em Belo Horizonte saiba mais
Marcelo Harger

Opinião: Jurassic Park

Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

Levei as crianças para passear na pacata cidade de Pomerode, próximaa Joinville. Passeio ótimo para um sábado ensolarado. Visitamos o jardim zoológico aonde vimos leões, tigres, zebras, ursos, hipopótamos e outros animais.

Martina arregalava os olhos para tudo e Pedro queria ver os pinguins. Saindo do zoológico visitamos o maior ovo e a maior árvore de páscoa na “Osterfest”, festa municipal comemorativa da páscoa.

O ponto alto, no entanto, foi o parque dos dinossauros. Ponto alto, por várias razões. Em primeiro lugar porque as crianças adoraram. Em segundo lugar porque havia brinquedos daqueles nos quais as crianças sobem, e ficam andando entre obstáculos nas alturas. Pedro foi logo subindo.

A Martina, de dois anos, não ficou atrás. Quando percebi já havia subido. Como todos sabem, não basta ser pai, tem que participar. Lá fui eu subir no tal brinquedo para cuidar da pequena, que dava gritinhos de felicidade.

Eu segurava os “ai meu deus” e “minha nossa senhora” tentando acompanhar a pequenina. Embora a placa dissesse que os adultos podiam se divertir também, o brinquedo não era feito para gente grande. Era preciso andar curvado ou engatinhar. Tive dor nas costas, no ciático e até “dor de cabelo”. Há quem diga que cabelo não dói. Para mim não doía até andar naquele brinquedo. Quem nunca sentiu dor de cabelo é porque nunca se sentiu dolorido de verdade.

Brinquei com a pequena durante os trinta minutos mais longos de minha vida. Quando minha esposa fez o sinal de “vamos embora” surgiu o último problema: como descer daquela geringonça. O melhor caminho foi um escorregador de tubo verde e cheio de voltinhas. Cheguei ao chão desconjuntado, mas vivo. Isso é o que importa. Na saída do parque, ao ver as estátuas de dinossauros lembrei-me do filme Jurassic Park. Os atores faziam cara de corajosos ao enfrentar os bichos. Queria vê-los em Pomerode. Tenho certeza de que a cara seria de desespero.

71 Publicações

Sobre
Colunista da Por Dentro de Minas. Marcelo Harger advogado em Joinville, escritor, membro da Academia Joinvilense de Letras, mestre e doutor em Direito do Estado pela PUC-SP, MBA em Gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas.
Artigos
Relacionados
Marcelo Harger

Opinião: Quem queria ter sido

Na coluna de Dr. Marcelo Harger desta semana, leia: “Quem queria ter sido”
Marcelo Harger

Opinião: Abudo da Mocidade

Na coluna de Dr. Marcelo Harger desta semana, leia: “Abudo da Mocidade”
Marcelo Harger

Opinião: Um artigo para lembrar

Na coluna de Dr. Marcelo Harger desta semana, leia: “Um artigo para lembrar”

Deixe uma resposta